A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
60 pág.
04_Nocoes_de_Criminalistica

Pré-visualização | Página 8 de 27

plásticos. No caso de sangue seco, deve-se embrulhar o item em papel 
limpo e colocar o artigo em um saco de papel marrom ou caixa, lacrar e etiquetar. 
Em pequenos objetos sólidos, coletar todo o objeto e encaminhar para o laboratório depois de rotular 
e embalar adequadamente. Em grandes objetos sólidos, cobrir a área manchada com papel limpo e selar 
as bordas para baixo com fita adesiva para evitar a perda ou contaminação. Quando impraticável entregar 
toda a peça ao laboratório, raspe a mancha sobre um pedaço de papel limpo, que poça ser dobrado e 
colocado em um envelope. (DOREA, 1989; HORSWELL, 2004). 
 
Manchas de esperma 
 
Na concepção de Guilherme Oswaldo Arbenz (1988, p. 57): “Manchas são sinais deixados pela 
deposição ou impugnação de substancias sólidas, líquidas e eventualmente gasosas, de origem animal, 
vegetal ou mineral, humanas ou não, num suporte de qualquer espécie.” 
Nesse sentido, as manchas são úteis por servirem como vestígios para esclarecimento de um ato 
delituoso quando analisadas sua forma, origem e local. 
Para a medicina-legal, as manchas que merecem maior atenção são as de sangue, esperma, muco 
vaginal, saliva, vômito, leite, urina, fezes, líquido-amniótico, muco nasal e pulmonar, dentre outras. 
Também são de crucial importância as manchas deixadas pelas armas de fogo como a orla de enxugo, 
zonas de esfumaçamento e tatuagem do orifício de entrada de um projétil. 
1374611 E-book gerado especialmente para PETRUCCIO TENORIO MEDEIROS
 
. 16 
Além dessas, também pode ter interesse para perícia os vestígios formados a partir de terra, barro, 
areia, farinha entre outros, na medida em que indicam as circunstâncias do crime e evidenciam pegadas 
ou impressões digitais. 
Os suportes/objetos sobre as quais se depositam as manchas são dos mais variados, podendo ser 
paredes, piso, roupas, automóveis, bem como os corpos das vítimas ou suspeitos. 
Em geral, as manchas têm a capacidade de armazenar diversos tipos de informação, sendo um 
importante elemento na perícia criminal. A análise dessas machas por vezes pode ser prejudicada a 
depender da superfície em que for depositada, dependendo nessas hipóteses de iluminação especial 
para que a mancha se torne perceptível. 
Analisando mais detidamente o esperma sabe-se que este pode ser encontrado seco ou úmido, em 
indivíduos ou cadáveres e em local variado como por exemplo, vagina, ânus, pele, peças íntimas, roupa 
de cama, toalhas ou outros objetos. 
As manchas de esperma depositadas em tecidos não absorventes formam escamas ou películas 
brilhantes. Já aquelas deixadas sobre tecidos absorventes apresentam formato irregular semelhante a 
um mapa geográfico com coloração branca ou amarelada quando recentes e acinzentadas quando 
antigas. Por fim, o esperma encontrado sobre a pele dá origem a películas brilhantes com aspecto 
envernizado. 
A perícia realizada em uma mancha de esperma ainda recente pode identificar características como o 
odor, o formato e fluorescência verde-esbranquiçada à luz ultravioleta (lâmpada de Wood), elementos 
que servem de orientação ao perito. 
Como se vê, a perícia envolvendo manchas espermáticas deve pautar-se em um observação rigorosa 
do material com a completa descrição da superfície em que foi encontrado, bem como sua forma, 
aparência, odor, consistência, coloração e reação às luzes aplicadas. 
Nos casos de suspeita de crimes sexuais, as machas de esperma devem ser pesquisadas na região 
abdominal, pubiana, genital e membros inferiores da vítima, assim como suas vestes. 
Segundo Odon Maranhão, para o diagnóstico genérico de esperma existem dois tipos de provas, com 
diversas técnicas: provas de orientação (empregadas em manchas muito antigas) e provas de certeza. 
 
Manchas de leite 
 
O encontro de manchas produzidas por secreção mamária humana (leite e colostro) normalmente está 
associado a problemas médico-legais ligados ao parto e ao aborto. 
As manchas têm coloração amarelo-acinzentada, mais escura nas bordas. Quando secas, dão ao 
tecido um aspecto engomado, similar às de esperma. 
Os exames químicos de orientação podem ser realizados fazendo-se um macerado da amostra e 
utilizando-se reativos diversos: 
a) guaiacol – amarelo-alaranjado; 
b) hidroquinona – rosa; 
c) pirocatequina – amarelo-escuro. 
 
Manchas de colostro 
 
O colostro é um líquido amarelado, secretado pelas glândulas mamárias, alguns dias antes e depois 
do parto, rico em anticorpos e leucócitos e essencial para a saúde do neonato. 
As manchas de colostro são similares às de leite, mas de coloração mais amarelada. 
O exame de certeza é o microscópico. 
 
Líquido amniótico 
 
O líquido amniótico é a substância contida na cavidade amniótica e tem por função precípua a proteção 
do feto contra choques e dessecação. O encontro de manchas desse líquido está sempre relacionado 
com casos de aborto, partos clandestinos e infanticídio. 
As manchas apresentam dimensão relativamente grande e sua coloração oscila entre a amarela e a 
esverdeada. 
 
Induto sebáceo 
 
As manchas de unto sebáceo relacionam-se, quase sempre, com casos de aborto, partos clandestinos 
ou infanticídios e comumente vêm acompanhadas de sangue, líquido amniótico, mecônio e matéria fecal. 
1374611 E-book gerado especialmente para PETRUCCIO TENORIO MEDEIROS
 
. 17 
O unto sebáceo é uma substância esbranquiçada e untuosa que recobre o corpo do feto, sendo 
especialmente abundante nas pregas inguinais e axilas. 
As manchas são de grandes dimensões, lembrando o contorno do feto. Têm aspecto esbranquiçado 
e intensidade variada, na dependência da parte do corpo que esteve em contato com o suporte. 
 
Mecônio 
 
Dá-se o nome de mecônio à substância pastosa, de cor esverdeada, algumas vezes estriada de 
amarelo, aderente e inodora, formada pelo conjunto de líquidos orgânicos procedentes de diversas partes 
do aparelho digestivo e que se acumulam, durante a gestação, no tubo intestinal do feto, constituindo as 
primeiras evacuações dos recém-nascidos. 
O mecônio começa a ser eliminado de 6 a 12 horas após o nascimento e prolonga-se por 2 a 3 dias, 
mas é possível se expelido durante o parto, particularmente se ocorre sofrimento fetal. 
A pesquisa de mecônio é importante para os casos de aborto, partos clandestinos e infanticídios. As 
manchas têm um aspecto untuoso de coloração amarelo-esverdeada. Com frequência, em razão das 
circunstâncias que envolvem o seu encontro, as manchas de mecônio podem vir acompanhadas de 
sangue, líquido amniótico, unto sebáceo e restos placentários. 
 
Matéria fecal 
 
Deposições de tamanho e consistência variável de fezes humanas são achados mais ou menos 
frequentes em locais de crime. Esse fato pode indicar o estado de excitação nervosa do criminoso, a 
demonstração de desprezo para com a vítima, um gesto de impunidade, superstição ou simples 
necessidade. 
As manchas de fezes passam a ter maior importância quando mescladas com outras, como sangue, 
líquido amniótico ou sêmen. 
 
Saliva 
 
As manchas de saliva têm coloração variada que vão de amareladas a esbranquiçadas a acinzentadas, 
de contornos mal definidos e não oferecem fluorescência à luz ultravioleta (lâmpada e wood). 
As manchas de saliva apresentam uma importância médico-legal muito grande. Podem estar 
relacionadas com uma extensa variedade de delitos e ser encontradas sob a forma de restos deixados 
por beijos ou mordidas, nos crimes contra a liberdade sexual, peças de vestuário utilizadas para 
amordaçar a vítima, lenços esquecidos pelo autor e outros materiais. 
 
Urina 
 
Como a urina é meio de excreção de uma grande quantidade de substâncias, notadamente restos do 
metabolismo, medicamentes e substâncias tóxicas, sua análise assume grande importância médico-legal, 
particularmente para a toxicologia forense. 
As manchas de urina geralmente vêm associadas a outras substâncias como esperma, matéria fecal 
e mecônio. Quando em tecidos, são reveladas facilmente em razão de sua fluorescência, de amarela à 
alaranjada,