A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Resposta th2

Pré-visualização | Página 1 de 1

Th2 / Paulinho 
Um dos tipos de resposta imune adquirida
Quando o linfócito t evolui para um linfócito t 
helper (ativado) o macrófago vai apresentar o 
antígeno para o linf tcd4 e vai atingir uma fase 
chamada de th1. O linfócito th1 é um linfócito 
produtor de citocinas pró inflamatórias 
ativadoras de linfócito tcd8 e macrófago. Como 
ativa linfócito tcd8 a resposta th1 é muito boa 
para combate aos microrganismos 
intracelulares. As citocinas produzidas pelo th1 
são também citocinas que podem causar danos 
teciduais. Quando a célula que apresenta o 
antígeno para o linfócito tcd4 não for o 
macrófago e for o linfócito b o linfócito tcd4 vai
evoluir para uma resposta th2.
O linfócito b vai induzir o linfócito tcd4 a 
evoluir para um linfócito th2 que seja capaz de 
produzir as citocinas que o linfócito b precisa 
para virar plasmócito. 
Vai ter a produção de anticorpos e o 
desenvolvimento de uma imunidade humoral 
Resposta th2
Na resposta th2 quem vai ser a célula apt vai ser
o linfócito b 
O linfócito b tem a capacidade de pegar 
antígenos solúveis e apresentar para os 
linfócitos t presentes normalmente nos tecidos 
linfáticos. Quando ocorrer essa apresentação 
não vai ser os mesmo mediadores químicos 
inflamatórios que quando ele é apresentado por 
um macrófago ou uma célula dendrítica 
Obs: o macrófago precisa de citocinas para 
estimular sua fagocitose 
O linfócito b precisa de citocinas para estimular 
a sua expansão global e a sua maturação por 
afinidade 
O linfócito b ele vai estimular o linfócito tcd4 a 
se diferenciar no padrão th2 
Normalmente o linfócito b e os linfócitos t naive
ficam armazenados nos tecidos linfoide 
secjndarios (linfonodos e baço) // amígdalas. 
Esse processo de distribuição é estratégico pois 
os linfócitos ficam mais próximos próximos dos
sítios de infecção/onde pode ocorrer infecção 
- quando os antígenos começam a chegar nos 
linfonodos os linfócitos b começam a apresentar
esses antígenos para os linfócitos t e os 
linfócitos tcd4 quando começam a amadurecer 
eles vão desenvolver uma resposta chamada de 
th2
Quando os antígenos começam a chegar nesses 
locais e o linfócito t começa a sair do seu estado
naive e começa a ir para o seu estado efetor e 
quando o linfócito tcd4 começar a evoluir para 
um padrão th2 ele começa a produzir um 
conjunto de citocinas: 
Obs: na resposta th1 quando o linfócito t 
aparece no sítio de infecção já vai ter lá tnf, il1 e
il6 
- o tnf e o il1 já estão lá devido a resposta imune
inata 
- Quando o linfócito T aparece os macrófagos 
apresentam os antígenos para eles e esses 
linfócitos t começam a produzir interferon(serve
para superativar o processo de fagocitose por 
parte de macrofagos) e il-12(estimula 
citotoxidade por parte do linfócito tcd8) 
- Resposta th1 é agressiva e causa um processo 
inflamatório intenso
Nos linfonodos quando o linfócito B apresenta 
antígenos para o linfócito T o padrão de 
citocinas é diferente. A produção de citocinas é 
entendida para que o linfócito B evolua para 
plasmócito. Começa a produção de il-
2(potencializa expansão clonal),il-5(potencializa
a maturação por afinidade), il-4, li-10 (citocina 
anti inflamatória), il-13(estimula a diferenciação
de linfócito b em plasmócito) -> essas citocinas 
servem para estimular o linfócito B a virar um 
plasmócito 
As citocinas th2 possuem um padrão de 
bloquear as citocinas th1 (são antagonicas), ou 
seja, no local da infecção nós vamos ter 
predominantemente uma resposta th1 é lá no 
linfonodo, na medula ou no baço vai ter uma 
resposta th2. (Normalmente não vai ter as duas 
respostas ocorrendo ao mesmo tempo e no 
mesmo local, pois as citocinas th2 são citocinas 
que antagonizam as citocinas th1) 
Th1: no local da infecção
Th2: nos órgãos linfoides secundários (onde os 
linfócitos b ficam armazenados) 
Obs: il6 é a principal citocina dual, pois quando 
ela aparece como il-1 ela estimula a inflamação 
mas quando ela aparece como il10 ela bloqueia 
o processo inflamatório. (ela é a principal 
citocina que chama linfócito)
Th2
É um padrão de resposta mais tranquilo, menos 
danoso e lesivo
São citocinas anti inflamatórias 
Nos órgãos linfoides vai ter a produção de iGg 
que possui a função de opsonizar os antígenos. 
O antígeno vai está no fab e a parte fc vai se 
ligar aos receptores celulares (como o receptor 
celular do macrófago) // o macrófago tem um 
receptor para igg (receptor do fragmento 
constante para o igg que tem função de se ligar 
no fragmento constante da igg) Nesse momento 
o macrófago vai fagocitose o antígeno -> igg é 
bom para estimular a fagocitose de 
microrganismos extracelulares (th2 é bom para 
microrganismos extracelulares já que estimula 
muito a fagocitose) 
Obs: a ligação antígeno + anticorpo é muito 
maior do que a ligação pamp + rpamp, pois a 
ligação antígeno + anticorpo foi feita por 
afinidade. Então a fagocitose mediada por 
anticorpos é muito mais eficaz do que a 
fagocitose mediada por citocinas 
- já que na th2 é muito melhor a interação 
antígeno + anticorpo ocorre menor produção de 
citocinas o que diminui os danos teciduais 
Um dos principais objetivos da resposta th2 é 
produzir anticorpo que é importante para a 
opsonizacao 
Obs: fagocitose mediada por anticorpos - th2 
Fagocitose mediada por citocinas - th1 
- a fagocitose mediada por citocinas aparece 
primeiro (fagocitose clássica)
Fagocitose clássica x fagocitose alternativa 
Fagocitose clássica
- th1 
- Fagocitose estimulada por citocinas e 
receptores de pamps 
- é a que inicia primeiro 
- Mediada por citocinas ou pela interação de 
pamp com o rpamp 
- É o que liga a resposta imune inata
- É a que dá início ao processamento de 
antígenos 
- Está associada a dano tecidual devido ao 
excesso de mediadores inflamatórios que tem no
local 
Obs: quando tem dano tecidual tem apoptose de 
células infectadas 
- a apoptose é mediada pelas próprias citocinas 
causando estresse inflamatório e pelo linfócito 
tcd8 
Fagocitose alternativa
- th2
- fagocitose que não depende mais de citocinas e
depende de anticorpos 
- Baixa quantidade de dano decidual
Obs: objetivo do anticorpo-> opsonizacao do 
antígeno