Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
avaliação 2 de fundamentos históricos do direito

Pré-visualização | Página 1 de 2

Acadêmico:
	Camila Clara dos Santos Custodio 
	
	Disciplina:
	Fundamentos Históricos do Direito 
	Avaliação:
	Avaliação II - Individual ( Cod.:676364) 
	Prova:
	29808124
	Nota da Prova:
	10,00
	
	
Legenda:  Resposta Certa   Sua Resposta Errada  
Parte superior do formulário
	1.
	Ao longo da história, as religiões serviram a diferentes necessidades sociais, políticas e econômicas, influenciando comportamento e provocando fortes interferências na cultura vigente. Sobre as principais características do cristianismo, classifique V para as sentenças  verdadeiras e F para as falsas:
(    ) O cristianismo encontra um fértil terreno entre os empobrecidos por ser portador de ideais e formas de comportamento que uniam pessoas divididas e fragmentadas pelo poder imperial romano, que privava as pessoas de qualquer esperança.
(    ) O cristianismo foi visto pelos indivíduos mais cultos da época como uma espécie de reavivamento da relação entre o divino e o humano.
(    ) As práticas "pagãs" sobreviveram ao cristianismo adaptando-se a ele, a exemplo de rituais como procissões, invocação de santos, festas religiosas que substituíram as pagãs.
(    ) Os rituais adotados pelos convertidos - era adoração por vários deuses - faziam com que houvesse desconfiança. Era uma crença aberta a escravos e senhores, homens e mulheres, que pregava a igualdade.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	V - V - V - F.
	 b)
	V - V - F - V.
	 c)
	F - V - F - F.
	 d)
	V - F - V - V.
	2.
	As manifestações do direito e as formas de sanção são marcadas por fortes ritualismos e atos simbólicos que acabam confundindo
justiça com magia, e desde aí as práticas vão avançando de forma dinâmica até a identificação de direito com lei. Existem algumas características do direito dos povos sem escrita, uma vez que as religiões serviam a diferentes necessidades sociais, políticas e econômicas. Sobre as principais características dos povos sem escrita, analise as sentenças a seguir:
I- A marca do direito dos povos antigos é a diversidade, uma vez que cada comunidade possuía seus costumes próprios e o isolamento.
II- A transmissão das regras de convivência pela tradição oral.
III- Por não ser escrito, o direito antigo é bastante limitado quanto à abstração e generalidade, sendo, em geral, reproduções de casos concretos.
IV- A relação de justiça e religiosidade eram independentes.
Assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	As sentenças I e IV estão corretas.
	 b)
	As sentenças I, III e IV estão corretas.
	 c)
	As sentenças I, II e IV estão corretas.
	 d)
	As sentenças I, II e III estão corretas.
	3.
	Foram inúmeras as contribuições do Cristianismo à tradição da cultura jurídica ocidental, podendo-se destacar valores morais e fundamentos de direito de família. Entretanto, é no campo dos Direitos Humanos que vamos encontrar valores e ideais cristãos como a igualdade e a fraternidade. Ainda, na esfera do direito penal a lei judaica do Talião ("olho por olho dente por dente"), presente no chamado Velho Testamento até a Modernidade, esteve presente no sistema punitivo que admite o aprisionamento como um tipo de condenação ao inferno para os que escolhem o mal. Sobre o exposto, assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	A inserção do Cristianismo no pensamento jurídico permanece presente ainda nos dias atuais destacadamente nos institutos relacionados com direito de família.
	 b)
	O Cristianismo elaborou o conceito de punitivismo penal moderno.
	 c)
	O Cristianismo não influenciou o conceito de Direitos Humanos já que tal concepção surge somente no século XX.
	 d)
	O Cristianismo não foi incorporado no direito moderno uma vez que houve a separação entre Estado e Igreja.
	4.
	A Idade Média é um período da história europeia que se estendeu por cerca de mil anos (entre os séculos V e XV). O mundo medieval era marcado por laços pessoais entre os nobres através da concessão de feudos. Sobre as principais características do sistema feudal, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) Era um mundo em que estava estabelecido um sistema de vassalagem que se define como pactos de fidelidade entre um cavaleiro (vassalo) para com um nobre (suserano).
(    ) Esse sistema de pactos mútuos deu origem ao sistema servil.
(    ) As terras eram divididas em: manso senhorial (terras destinadas ao cultivo do senhor); manso servil (terras destinadas à produção dos servos); e manso comunal (terras para uso comum).
(    ) Não havia fidelidade mútua entre os nobres e destes com os servos e a descentralização política é a grande característica dessa etapa histórica.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	V - F - V - V.
	 b)
	F - V - F - F.
	 c)
	V - V - F - V.
	 d)
	V - V - V - F.
	5.
	O positivismo jurídico é uma concepção de direito que pressupõe a aceitação da fictícia figura do legislador. Trata-se de uma idealização que limita o uso arbitrário do poder. Sobre essa idealização, assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	Centraliza a criação da lei nas mãos do poder judiciário.
	 b)
	Pressupõe a concepção política de contratualismo ou vontade geral.
	 c)
	Funda-se no princípio da legalidade autorizada pelo judiciário.
	 d)
	O legislado é uma mera figura de retórica judicial e não existe politicamente.
	6.
	Portugal, no século XV, juntamente aos demais países europeus, como Espanha e Inglaterra, haviam reunido condições técnicas, bem
como interesses econômicos e políticos que permitiram o processo de expansão do domínio europeu. Seguramente, por esta razão, as terras brasileiras já eram alvo de interesse, sobretudo, de Espanha e Portugal, o que explica a existência de Tratados. Sobre o Tratado de Tordesilhas, assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	Tratado de Tordesilhas, firmado em 13 de janeiro de 1750 entre os reinos de Portugal e Espanha, dividia as terras conquistadas no Novo Mundo, estabelecendo assim, novas fronteiras de exploração.
	 b)
	Tratado de Tordesilhas, de 4 de maio de 1493, expedida pelo Papa Alexandre VI, que conferia à Espanha o direito exclusivo sobre todas as terras que estivessem a oeste de uma linha imaginária a 100 léguas de Açores e Cabo Verde.
	 c)
	Tratado de Tordesilhas, celebrado em 6 de março de 1480, dava a Portugal a exclusividade sobre as terras e águas ao sul das Ilhas Canárias.
	 d)
	Tratado de Tordesilhas, de 7 de junho de 1494, estabeleceu um meridiano divisório a 370 léguas a oeste das Ilhas de Cabo Verde, sendo a leste pertencente a Portugal e oeste a Espanha.
	7.
	O Estado Liberal se dedica prioritariamente a garantir e legitimar as relações jurídicas da esfera privada. Este é, sem dúvida, um importante marco para a clara separação da ordem pública da privada. Na esfera privada, o marco deste novo momento político e jurídico é a autorregulação dos negócios particulares. Sobre através de que instrumento essa regulação é feita, assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	Procedimentos concorrenciais.
	 b)
	Contratos.
	 c)
	Atos Legais.
	 d)
	Forais Reais.
	8.
	O mundo medieval era marcado por laços pessoais entre os nobres através da concessão de feudos. A mútua fidelidade entre os nobres e destes com os servos e a descentralização política é a grande característica dessa etapa histórica. Assinale a alternativa CORRETA que apresenta a denominação do sistema utilizado entre os nobres e os servos:
	 a)
	Um sistema de vassalagem que se define como pactos de fidelidade entre um cavaleiro (vassalo) para com um nobre (suserano).
	 b)
	Um sistema absolutista que se define como pactos de fidelidade somente ao rei.
	 c)
	Um sistema escravista que se define como pactos de fidelidade somente aos escravos.
	 d)
	Um sistema aristocrático que se define como pactos de fidelidade somente aos ricos.
	9.
	O modelo político liberal moderno é resultado histórico da formação de um tipo de poder estruturado na Europa durante os séculos XV, XVI e XVII, trata-se de uma forma política moldada dentro de um processo de centralização
Página12