A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
15 pág.
Código de Ética Profissional do Psicólogo | Mapa Mental

Pré-visualização | Página 1 de 3

Autora: Ilani Mangueira 
 
CÓDIGO DE ÉTICA PROFISSIONAL DO PSICÓLOGO 
ARTIGOS: 1º, 2º, 3º 
RESOLVE 
APROVAR − Código de Ética Profissional do Psicólogo 
ENTRARÁ: 
VIGOR 
data 
− 27/08/2005 
REVOGAM-SE 
disposições: contrário 
especialmente 
− resolução CFP 002/87 
APRESENTAÇÃO 
TODA PROFISSÃO 
DEFINE-SE 
corpo de práticas 
busca 
− atender: demandas sociais 
norteado 
1. elevados: padrões técnicos 
2. normas éticas 
• garantam: adequada relação 
− profissional: seus pares e sociedade 
CÓDIGO DE ÉTICA PROFISSIONAL 
ESTABELECER: 
PADRÕES 
ESPERADOS 
pela 
− categoria profissional 
− sociedade 
referente 
− práticas referendadas 
FOMENTAR: 
AUTORREFLEXÃO 
exigida 
− cada indivíduo: acerca de sua práxis 
de modo 
• responsabilizá-lo: pessoal e coletivamente 
por: ações e suas consequências 
− exercício profissional 
MISSÃO 
assegurar 
• padrão de conduta 
valores relevantes 
− sociedade e práticas desenvolvidas 
Autora: Ilani Mangueira 
 
• objetivo 
fortalecer 
− reconhecimento social: daquela categoria 
não é: normatizar 
− natureza técnica: trabalho 
 
 
 
EXPRESSAM 
 
concepção: homem e sociedade 
determinando 
− relações: entre os indivíduos 
VALORES 
1. universais 
constantes 
− Declaração Universal dos Direitos Humanos 
2. socioculturais 
refletem 
− realidade: país 
3. estruturam 
− profissão 
TRADUZEM-SE 
princípios e normas 
pautar-se 
− respeito: sujeito humano e seus direitos fundamentais 
NÃO PODE 
ser visto 
− conjunto: normas fixas e imutável 
sociedades e profissões: transformam-se 
exigindo 
− reflexão contínua: código de ética 
CÓDIGO DE ÉTICA PROFISSIONAL DO PSICÓLOGO 
CONSTRUÇÃO 
TERCEIRO − profissão de psicólogo: Brasil 
 
RESPONDE 
 
• contexto organizativo: psicólogos 
• momento do país 
• estágio de desenvolvimento: Psicologia 
− enquanto: campo científico e profissional 
 
NECESSIDADE 
 
sentida 
pela 
− categoria 
− suas entidades representativas 
atender 
evolução: contexto institucional-legal do país 
• ocorreu: promulgação 
Autora: Ilani Mangueira 
 
− Constituição Cidadã (1988) 
− legislações dela decorrentes 
 
A PARTIR 
 
múltiplos espaços: discussão da profissão 
sobre 
• ética 
• responsabilidades e compromissos 
− promoção: cidadania 
consoante 
− conjuntura democrática vigente 
DURAÇÃO − 3 anos 
LOCALIDADE − todo o país 
 
PARTICIPAÇÃO 
 
direta 
− psicólogos 
aberto 
− sociedade 
 
 
 
 
 
 
PAUTOU-SE 
 
princípio geral 
aproximar-se: instrumento de reflexão 
o ao invés 
− conjunto de normas: serem seguidas pelo psicólogo 
buscando-se 
1. valorizar: princípios fundamentais 
grande eixo 
• orientador 
o relação do psicólogo 
− sociedade 
− profissão 
− entidades profissionais 
− ciência 
• atravessa: práticas 
o demandam 
− contínua reflexão: contexto social e institucional 
2. limites e interseções: direitos individuais e 
coletivos 
abrir espaço de discussões: pelo psicólogo 
relações estabelecidas 
− sociedade 
− colegas de profissão 
− usuários/beneficiários: seus serviços 
3. contemplar 
• diversidade 
− exercício: profissão 
• crescente inserção: psicólogo 
Autora: Ilani Mangueira 
 
− contextos institucionais 
− equipes multiprofissionais 
4. estimular reflexões 
considerem: profissão como um todo 
− não: práticas particulares 
• principais dilemas éticos 
− não se restringem: práticas específicas 
− surgem: quaisquer contextos de atuação 
 
APROVAR E DIVULGAR 
EXPECTATIVA: 
SER UM 
INSTRUMENTO 
capaz 
delinear: para a sociedade 
− responsabilidades e deveres: psicólogo 
− oferecer diretrizes: sua formação 
− balizar os julgamentos: suas ações 
contribuindo 
fortalecimento e ampliação 
− significado social: profissão 
PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS 
PSICÓLOGO 
 
 
 
1. BASEARÁ: SEU 
TRABALHO 
 
• respeito 
• promoção 
− liberdade 
− dignidade 
− igualdade 
− integridade 
apoiado 
− valores: Declaração Universal dos Direitos Humanos 
2. TRABALHARÁ 
 
promoção: saúde e qualidade de vida 
− pessoas 
− coletividades 
eliminando 
− negligência 
− discriminação 
− exploração 
− violência 
− crueldade 
− opressão 
ser humano 
Autora: Ilani Mangueira 
 
3., 4. ATUARÁ 
responsabilidade social 
analisando: crítica e historicamente 
o realidade 
− política 
− econômica 
− social 
− cultural 
responsabilidade 
• através 
− contínuo: aprimoramento profissional 
• contribuindo: desenvolvimento da Psicologia 
− campo científico: conhecimento e prática 
5. CONTRIBUIRÁ 
promover 
universalização: acesso da população 
− informações 
− conhecimento: ciência psicológica 
− serviços 
− padrões éticos: profissão 
6. ZELARÁ 
exercício profissional 
• efetuado 
− dignidade 
• rejeitando 
− situações: Psicologia esteja sendo aviltada 
7. CONSIDERARÁ 
 
relações de poder: contextos em que atua 
• impactos 
− suas atividades profissionais 
• posicionando-se 
− forma crítica 
− consonância: demais princípios deste Código 
DAS RESPONSABILIDADES DO PSICÓLOGO 
ARTIGO 1º 
DEVERES FUNDAMENTAIS 
A) ESTE 
CÓDIGO 
− conhecer 
− divulgar 
− cumprir e fazer cumprir 
Autora: Ilani Mangueira 
 
B) ASSUMIR: 
RESPONSABILIDADES 
PROFISSIONAIS 
somente atividades 
esteja capacitado 
pessoal 
− teórica 
− tecnicamente 
 
C) PRESTAR 
SERVIÇOS 
PSICOLÓGICOS 
1. qualidade 
2. condições de trabalho 
− dignas 
− apropriadas 
3. utilizando: princípios, conhecimentos e técnicas 
fundamentados 
− ciência psicológica 
− ética 
− legislação profissional 
D) CALAMIDADE 
PÚBLICA OU 
EMERGÊNCIA 
prestar: serviços profissionais 
− sem visar: benefício pessoal 
 
 
 
E, F, G, H) 
PRESTAÇÃO: 
SERVIÇOS 
PSICOLÓGICOS 
ESTABELECER: ACORDOS 
respeitem 
direitos 
− usuário/beneficiário: serviços de Psicologia 
FORNECER INFORMAÇÕES: QUEM DE 
DIREITO 
• sobre 
− trabalho: ser realizado 
− objetivo profissional 
• resultados 
transmitindo: necessário 
− decisões: afetem o usuário/beneficiário 
ENCAMINHAMENTOS APROPRIADOS 
• orientar 
− quem de direito 
• documentos pertinentes: bom termo do trabalho 
− fornecer: sempre que solicitado 
 
I) MATERIAL 
PRIVATIVO: 
PSICÓLOGO 
zelar 
− comercialização 
− aquisição 
− doação 
− empréstimo 
− guarda 
− forma de divulgação 
feitas 
conforme 
− princípios deste Código 
Autora: Ilani Mangueira 
 
 
J) TRABALHO: 
PSICÓLOGOS E 
OUTROS 
PROFISSIONAIS 
 
ter 
− respeito 
− consideração 
− solidariedade 
colaborar 
− solicitado 
• exceto 
− impedimento: motivo relevante 
K) SUGERIR: 
SERVIÇOS DE 
OUTROS 
PSICÓLOGOS 
motivos justificáveis 
não puderem: ser continuados 
− pelo: profissional que assumiu inicialmente 
fornecendo: substituto 
− informações necessárias: continuidade do trabalho 
L) LEVAR: 
CONHECIMENTO ÀS 
INSTÂNCIAS 
COMPETENTES 
 
1. exercício ilegal/irregular: profissão 
2. transgressões 
princípios e diretrizes 
− deste Código 
− legislação profissional 
Art. 2º 
VEDADO 
 
A) PRATICAR OU 
SER CONIVENTE 
− negligência 
− discriminação 
− exploração 
− violência 
− crueldade 
− opressão 
 
 
B) INDUZIR 
 
durante: exercício profissional 
• convicções 
− políticas 
− filosóficas 
− morais 
− ideológicas 
− religiosas 
− orientação sexual 
• preconceito 
− qualquer tipo 
Autora: Ilani Mangueira 
 
C) CONHECIMENTO E 
PRÁTICAS 
PSICOLÓGICAS 
utilizar/favorecer 
como instrumentos 
− castigo 
− tortura 
− qualquer forma: violência 
D) ACUMPLICIAR-SE: 
PESSOAS OU 
ORGANIZAÇÕES 
exerçam ou favoreçam 
exercício/ilegal 
− profissão de psicólogo 
− qualquer outra atividade profissional 
E) SER CONIVENTE 
erros, faltas éticas, violação de direitos, crimes ou 
contravenções penais 
praticados: psicólogos 
− durante: prestação de serviços profissionais 
F) PRESTAR 
SERVIÇOS