A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Nervo trigêmio

Pré-visualização | Página 1 de 1

Nervo trigêmio (V)
• Possui três ramos que formam a porção
maior ou sensitiva
• Nervo misto
1º RAMO: NERVO OFTÁLMICO 
- Se encaminha em direção a órbita
- Fibras sensitivas
- Deixa o crânio pela fissura orbital superior 
2º RAMO: NERVO MAXILAR
- Se encaminha em direção a maxila
- Fibras sensitivas 
- Deixa o crânio pelo forame redondo 
3º RAMO: NERVO MANDIBULAR
- Se encaminha em direção a mandíbula
- Possui fibras sensitivas e motoras
- Porção menor → motora
- Deixa o crânio pelo forame oval
OBS: 
• Motora: Músculos da mastigação, tensor
do tímpano, tensor do véu do paladar, 
milo-hioideu, ventre anterior do 
digástrico 
• Sensitiva: Face, boca, articulação 
temporomandibular 
OBS: TRAJETO DO NERVO SENSITIVO 
centro para periferia 
GÂNGLIO TRIGEMINAL 
• Onde fica a maioria nos nervos da 
porção maior do trigêmio (parte 
sensitiva)
• Único gânglio localizado no interior do 
crânio: localiza-se na fossa média do 
crânio (depressão no ápice da parte 
petrosa do osso temporal, chamada de 
impressão trigeminal) 
CONEXÕES CENTRAIS 
• Prolongamentos periféricos recebem 
estímulos pelos 3 ramos e os 
Prolongamentos centrais transmitem 
esses estímulos para o interior do tronco
encefálico (onde estão os núcleos 
sensitivos) 
• Impulsos proprioceptivos são 
transmitidos para os neurônios que ficam
no tronco encefálico (núcleo do tracto 
mesenfálico) – característica que 
diferencia o trigêmio dos demais nervos 
OBS: 
• As extensas áreas de distribuição dos 
ramos de conexões centrais fazem com 
que o nervo trigêmio tenha importância 
enorme do diagnostico de doenças da 
face. 
DISTRIBUIÇÃO PERIFÉRICA 
• Nervo Oftálmico
- Primeira divisão do nervo trigêmio
- Sensitivo
- Sai da extremidade superior do gânglio
trigeminal (de dentro da cavidade 
craniana) para alcançar a órbita pela 
fissura orbital superior 
- É dividido em três ramos: Nervo 
nasociliar, nervo frontal e nervo 
lacrimal – posições medial, intermédia e
lateral - 
- Possui um ramo meníngico responsável
pela sensibilidade da dura-máter 
encefálica 
• Nervo maxilar 
- Segunda divisão do nervo trigêmio 
- Sensitivo 
- Abandona o crânio pelo forame 
redondo e depois alcança o alto da 
fossa pterigopalatina 
- Nervo palatino: ramo descendente 
do nervo maxilar 
- Nervo nasopalatino: se dirige a 
mucosa da região anterior do palato 
duro – entre canino e incisivo central -
- e da mucosa região anterior do septo 
nasal 
 
OBS: 
nervo palatino atravessa o gânglio 
pteriogopalatino → se divide em ramos nasais 
posteriores superiores que penetram a cavidade 
nasal → destes um deles é um nervo 
nasopalatino que percorre o septo nasal e 
atravessa o canal e forame incisivo → passa 
pelo gânglio pterigopalatino → desce pela fossa 
pterigopalatina → penetra no canal palatino 
maior e divide-se em 3 ramos: nasais posteriores
inferiores e os nervos palatinos maior e menores
→ nervo palatino maior se divide em 2 ramos 
…
- Gânglio pterigopalatino
- Nervo infra- orbital: continuação anatômica do
nervo maxilar
- Nervo alveolar superior médio: inerva a polpa 
e o periodonto de dentes pré molares e a raiz 
mesiovestibular do primeiro molar superior, 
inerva a mucosa do seio maxilar na região do 
processo zigomático da maxila
- Nervos alveolares superiores anteriores: se 
dividem em ramos que atingem a polpa (ramos 
dentais), papila interdental e periodonto e osso 
alveolar vizinho dos dentes incisivos e canino 
superiores do mesmo lado (ramos peridentais)
OBS: OS RAMOS DOS TRÊS NERVOS 
ALVEOLARES SUPERIORES FORMAM UM 
PLEXO SOBRE OS ÁPICES DOS 
DENTES:
Incisivos e caninos → alveolares superiores 
anteriores 
Pré molares e raiz mesiovestibular do primeiro 
molar → alveolar superior médio
Molares → posteriores 
• Nervo Mandibular 
- Nervo misto 
- Porção sensitiva: gânglio trigeminal 
- Porção motora: identificada 
medialmente próxima a origem aparente 
do nervo trigêmio – inferiormente ao 
gânglio trigeminal - 
- Ramos sensitivos do nervo 
mandibular são mais calibrosos que os
motores e possuem uma distribuição 
mais ampla
- Nervo auriculotemporal: ramo 
sensitivo, sensibilidade extenoceptiva de
uma extensa área da região temporal
- Nervo bucal: ramo que da sensibilidade
a mucosa e pele da bochecha e gengiva 
vestibular dos dentes molares inferiores 
OBS: Os ramos mais calibroso do nervo 
mandibular são o nervo alveolar inferior – mais 
posterior e lateral - e o nervo lingual – mais 
anterior e medial - 
- Nervo alveolar inferior: sensibilidade 
da polpa dos dentes, das papilas 
interdentais, periodonto // é um nervo 
misto
- Nervo mentoniano: sensibilidade para a
pele do mento, mucosa e pele do lábio 
inferior, mucosa e gengiva vestibular dos
dentes anteriores 
- Nervo milo-hióideo
- Nervo lingual: compõem o tronco do 
nervo mandibular juntamente com o 
nervo alveolar inferior (ele não tem nada
a ver com as inervações do dente)