A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
Embriologia - 1ª 2ª e 3ª semanas

Pré-visualização | Página 1 de 2

RESUMO DE EMBRIOLOGIA
Quais as três camadas uterinas? Camada mais externa chamada perimétrio, miométrio (musculo liso responsável pelas contrações uterinas sob influência da prostaglandina) e endométrio.
Subdivisões do endométrio: em duas partes -> camada basal (está em contato com o miométrio e é responsável pela regeneração da parte funcional) e camada funcional (descama durante a menstruação)
Fases do endométrio: são três -> menstrual, estrogênica ou proliferativa (essa fase acompanha o crescimento dos folículos ovarianos e nela o endométrio está quase todo descamado havendo, sob influencia do estrógeno, proliferação de células) e secretora (as glândulas e artérias uterinas se tornam espiraladas e o tecido fica espessado).
Diga, de forma geral, a atuação hormonal: Alto nível de estrógeno, sendo uma parte liberada na corrente sanguínea e outra fica armazenada no folículo -> inibe a liberação do FSH -> LH 2ª onda -> estímulo a produção de progesterona e à retomada da meiose pelo ovócito estacionando na metáfase II.
Fale sobre o estrógeno: o estrógeno, secretado pelo ovário a medida que o folículo amadurece, estimula o crescimento do endométrio e a produção de LH, que, por sua vez, estimula a secreção de progesterona pelo corpo lúteo e eleva as concentrações de FPM.
Hormônio HCG: mantém o corpo lúteo, de modo que as taxas de progesterona e estrógeno não diminuam, garantindo assim a manutenção da gravidez e ausência de nova ovulação. 
O que significa PGC: é a sigla para células germinativas primordiais 
Em qual anexo embrionário as PGC’s são encontradas? Localizam-se na camada endodérmica da porção da vesícula vitelínica e, posteriormente, na parede dorsal do corpo do embrião, espaço chamado esboço gonadal, onde se diferenciam em espermatogônia e ovogônia.
Qual a ploidia da espermatogonia e da ovogonia? Ambas são diploides.
Onde e em qual período ocorre a espermatogênese? Ela acontece nos túbulos seminíferos dos testículos após a puberdade.
Onde ocorre a fertilização? A união dos gametas acontece na região ampular das tubas uterinas.
O que é trofoblasto? Camada externa da mórula
O que é embrioblasto? Massa celular interna da mórula
Em qual fase a meiose do gameta feminino estaciona? É interrompida 1° na prófase I e depois na metáfase II
Qual o processo de transformação de PGC em Ovócito I e sua fase de acontecimento? Ainda na vida intra uterina, as PGCs chegam às gônadas, se diferenciam em ovogônias, que sofrem divisões mitóticas e, em seguida, se dispõe em grupos cercados por células epiteliais achatadas, chamadas células foliculares. As ovogonias entram em divisão meiótica, estacionando na fase de prófase e formam os ovócitos I.
Qual o nome do 1° estágio de repouso? A pausa em prófase I (diplóteno) chama-se período dictióteno.
O que é folículo primordial? É um ovócito primário junto com suas células foliculares circunjacentes
O que é IMO? O inibidor de maturação dos ovócitos é um peptídeo secretado pelas células foliculares que impede a continuação da meiose pelos ovócitos primários antes da puberdade.
Descreva o processo de ovogênese a partir da puberdade: As células foliculares passam de achatadas a cuboides e proliferam-se para produzir um epitélio estratificado, formando os folículos primários, que começam a secretar a zona pelúcida e acumulam liquido no antro (estágio antral) e, então, quando bem inchados, passam a se chamar Folículos de Graaf.
Quais as diferenças entre espermatogênese e ovogenese? Na ovogenese cada ovócito origina apenas 1 gameta maduro e na espermatogênese cada espermatocito origina 4
Por quais processos os espermatozoides passam dentro da mulher para conseguirem fertilizar o ovócito? Eles sofrem capacitação e reação acrossômica (liberação de enzimas para penetrar a zona pelúcida).
Ação do FSH em mulheres: o hormônio folículo estimulante estimula a maturação dos folículos.
Consequências da produção de estrógenos na mulher: endométrio uterino entra na fase proliferativa, o muco servical torna-se menos espesso e a adeno-hipófise é estimulada a secretar LH. 
Qual a constituição básica da zona pelúcida? A zona pelúcida consiste principalmente em 4 glicoproteínas (ZP1, ZP2, ZP3 e ZP4)
Resuma a fertilização: série de processos que se iniciam quando os espermatozoides começam a penetrar a corona radiata e termina com o entrelaçamento dos cromossos maternos e paternos.
Descreva a fase 1 da fertilização: Na fase chamada de “penetração da corona radiata”, os espermatozoides, após terem a camada de glicoproteínas e proteínas seminais removida da da cabeça do espermatozoide (capacitação), passam pelas células da corona radiata através da ação da enzima hialuronidase.
Descreva a fase de penetração da zona pelúcida: O processo de fecundação é espécie-específico e depende do reconhecimento das glicoproteínas da zona pelúcida por parte dos espermatozoides. Os espermatozoides possuem uma proteína denominada Sp56 que se liga a ZP3, levando ao aumento dos níveis dos ions no interior da cabeça do espermatozoide, o que resulta na fusão da vesícula acrossômica à membrana plasmática da cabeça do espermatozoide, liberando enzimas na zona pelúcida, onde então, o espermatozoide pode penetrar, ligando-se a membrana do ovócito. As proteínas da zona pelúcida são modificadas pelo conteúdo exocitado dos grânulos corticais, a dita reação cortical, logo após a penetração do espermatozóide fertilizador, mecanismo importante de prevenção da polispermia.
Reação da zona pelúcida: Quando a cabeça do espermatozoide contata a superfície do ovócito ocorre liberação das enzimas lisossomais dos grânulos corticais, as quais alteram as propriedades da zona pelúcida evitando a polispermia.
Qual a importância da barreira espécie-específica? Assegurar que a interação gamética esteja restrita a células de animais da mesma espécie.
O que é separado na meiose I e na meiose II: a meiose I separa os homólogos e a II separa as cromátides
Surgimento das células de Sertoli: As células germinativas masculinas são cercadas por células de suporte derivadas do epitélio superficial dos testículos, as quais evoluem para células de Sertoli.
Funções das células de Sertoli: sustentam e protegem as células germinativas, participam de sua nutrição e ajudam na liberação de espermatozoides maduros.
Ação do hormônio LH e FSH no homem: O LH se liga a receptores nas células de Leydig e estimula a produção de testosterona, que se liga as células de Sertoli para promover a espermatogênese. Enquanto isso o FSH estimula 
Explique a espermiogênese: série de transformações nas espermátides que originam os espermatozoides que incluem a formação do acrossomo, que contem enzimas importantes no processo de fertilização, condensação do núcleo, formação do colo, porção média e cauda, além da perda de citoplasma.
Segunda e terceira semanas
Como surge o sincíciotrofoblasto? As células da camada externa do trofoblasto se fusionam p/ formar o sinciciotrofob.
Qual acontecimento é confundido com menstruação? As projeções do sincício trofoblasto envolvem as paredes dos vasos sanguíneos endometriais maternos, escavam a parede desses vasos e o sangue da mão enche as lacunas anteriormente formadas no interior do sinciciotrofoblasto. O vazamento de sangue no útero nesse estágio é confundido com mestruação
Explique a implantação: 
A implantação começa com a perda da zona pelúcida aproximadamente 3 dias depois que o blastocisto se encontra na cavidade uterina. Pequenas projeções do sinciciotrofoblasto se inserem entre as células do epitélio uterino e se espalham pela superfície epitelial da lâmina basal para formar a placa trofoblástica. O sinciciotrofoblasto se expande e invade o estroma endometrial. Conforme a implantação continua, as projeções do sinciociotrofoblasto envolvem partes dos vasos sanguíneos endometriais maternos, escava a parede desses vasos e o sangue da mãe começa a encher as lacunas que foram formadas no interior do sincício trofoblasto. Com 11 a 12 dias de desenvolvimento, começam a ser notadas projeções do citotrofoblasto para dentro do sinciociotrofoblasto,