A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
A Teoria Bioecológica De Urie Bronfenbrenner

Pré-visualização | Página 1 de 3

1 
 
UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SANTOS 
 
 
 
Arlinda Gomes Carvalho 
Gabriela Rodrigues de Oliveira 
Leonardo Pedroza Rezende 
Mariana Lopes Wagenska de Almeida 
 
 
 
 
 
A TEORIA BIOECOLÓGICA DE URIE BRONFENBRENNER 
APLICADA AO MEIO AMBIENTE DO ACOLHIMENTO 
INSTITUCIONAL 
 
 
 
 
 
SANTOS/SP 
2019 
 
2 
 
UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SANTOS 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
A TEORIA BIOECOLÓGICA DE URIE BRONFENBRENNER 
APLICADA AO MEIO AMBIENTE DO ACOLHIMENTO 
INSTITUCIONAL 
 
 
 
 
Trabalho realizado para a disciplina de Direito 
da Criança e do Adolescente II pelos discentes 
da turma 4º DC, do curso de Direito da 
Unisantos, para a obtenção de nota parcial. 
 
 
 
 
SANTOS/SP 
2019 
Gabriela Rodrigues de Oliveira 
Leonardo Pedroza Rezende 
Mariana Lopes Wagenska de Almeida 
Arlinda Gomes Carvalho 
 
 
7504792 
4770422 
2647737 
3891041 
 
 
3 
 
SUMÁRIO 
 
1. INTRODUÇÃO ............................................................................................................ 4 
2. HISTÓRICO E O DESENVOLVIMENTO DA TEORIA BIOECOLÓGICA DO 
DESENVOLVIMENTO HUMANO DE BRONFENBRENNER ................................... 5 
2.1Interligações das Estruturas: Microssistema, Mesossistema, Exossistema e 
Macrossistema............................................................................................................... 5 
3. IMPACTO DOS RESULTADOS DAS PESQUISAS NA RECUPERAÇÃO DE 
CRIANÇAS E ADOLESCENTES QUE COMETERAM CRIMES ............................... 7 
4. CONCLUSÃO ............................................................................................................ 10 
5. REFERÊNCIAS ......................................................................................................... 11 
 
 
4 
 
1. INTRODUÇÃO 
O presente trabalho tem como objetivo demonstrar pelo 
meio mais didático cabível, o desenvolvimento da Teoria Bioecológica de Urie 
Bronfenbrenner, vez que esta se mostra de grande importância nos dias atuais quando o 
assunto é o desenvolvimento da criança e do adolescente. 
No aspecto sociológico, a teoria tem grande impacto e 
revela, de modo técnico, a aplicação de tais termos e estudos se comprovando quando 
aplicados em campo. 
Requer demonstrar, a seguir, o surgimento de tal pesquisa 
desenvolvida pelo Autor supracitado, a interligação das estruturas de microssistema, 
mesossistema, exossistema e macrossistema, assim como a aplicação da teoria nos 
tempos modernos, de cunho social e técnico. 
Há diversos estudos acerca de como a criança ou o 
adolescente chega ao ponto de ser levada ao acolhimento institucional, porém agora 
também está sendo levando em conta a importância de sua saída, com foco na sua 
reinserção no meio social, isto é, como elas vão para as ruas ou para suas novas 
famílias, se há de fato uma real mudança, ou se muitas posteriormente são obrigadas a 
voltar. 
Uma nova tendência nestes estudos é a que engloba a 
Teoria Bioecológica do Desenvolvimento Humano, desenvolvida por Urie 
Bronfenbrenner em conjunto com outros pensadores, na qual se compreende o ambiente 
ecológico como uma série de estruturas encaixadas, em que cada peça contém ou está 
contida na outra. A interação da pessoa com o ambiente é caracterizada pela 
reciprocidade e a pessoa em desenvolvimento adapta-se, muda e recria o meio no qual 
está inserida. “O ambiente também exerce influência no desenvolvimento da pessoa, 
constituindo este um processo de mútua interação (Bronfenbrenner, 1979/1996).” 
 
 
5 
 
2. HISTÓRICO E O DESENVOLVIMENTO DA TEORIA 
BIOECOLÓGICA DO DESENVOLVIMENTO HUMANO DE 
BRONFENBRENNER 
Urie Bronfenbrenner desenvolveu sua teoria consoante ao 
seu desenvolvimento humano e cientifico. Percebe-se isso ao acompanhar tal evolução. 
Em sua vida adulta, escreveu o livro A Ecologia do 
Desenvolvimento Humano: experimentos naturais e planejados, esteque é considerado 
pelos cientistas do desenvolvimento, como um marco mundial sobre os estudos desta 
área. Nele se encontram os principais preceitos de seus modelos e teoria ecológicos. 
Mas ao final, já na velhice, faz a evolução de suas pesquisas anteriormente feitas ao 
ponto de chegarem no que chamam de Teoria Bioecológica. Neste contexto, 
demonstrou sua preocupação com as gerações futuras ante ambiente cada vez mais 
caótico na sociedade mundial. 
Seus estudos deixaram de ser voltados a justificar a 
mudança e desenvolvimento dos seres pela idade, e passou a ser um fenômeno de 
continuidade e de mudança das características biopsicológicas dos seres humanos como 
indivíduos e grupos. 
Explica André de Carvalho Barreto, 2016: 
“O desenvolvimento humano e familiar são faces de uma 
mesma moeda, estendendo-se ao longo do curso de vida e 
do desenvolvimento humano, englobando as várias 
gerações e a história da humanidade.” 
 
2.1 Interligações das Estruturas: Microssistema, Mesossistema, Exossistema e 
Macrossistema 
Urie Bronfenbrenner propõe o estudo de relação pessoa-
contexto, ou seja, o quanto o âmbito externo, fatores nem mesmo diretamente ligados ao 
indivíduo em questão, interferem no desenvolvimento da criança ou do adolescente, em 
seu âmbito interno. 
6 
 
Para compreender o estudo realizado por Bronfenbrenner, 
é necessário entender os conceitos dos 4 sistemas apontados por ele, sendo estes o 
Microssistema, Mesossistema, Exossistema e Macrossistema. 
Inicialmente, nos deparamos com o Microssistema. 
O Microssistema do qual o Autor fala, refere-se ao âmbito 
mais interno do ser. Situações, pessoas, ambientes completamente ligados a criança ou 
adolescente. O Autor se refere a este como sendo o “centro de gravidade” de toda sua 
teoria. 
Neste sistema, a pessoa experimenta posições, atividades e 
relacionamentos em relações que o colocam face a face à outras pessoas também em 
pleno desenvolvimento, pessoa esta que se situa em um ambiente diferente, com suas 
próprias características. Para que esse sistema promova mudanças no seu curso de vida, 
as pessoas presentes devem ter temperamentos, personalidades e sistemas de crenças 
distintas. Portanto, fica exposto de modo claro que o ciclo se inicia nesta posição, já 
indicando os próximos passos dos seguintes sistemas. 
No sistema seguinte, o Mesossistema, trata-se das relações 
de âmbito um pouco mais externo, porém ainda colocando o ser humano frente a frente 
com situações diferentes. Trata-se das relações casa-escola, casa-trabalho. São 
ambientes que influenciam diretamente em seu desenvolvimento. 
O sistema posterior, o Exossistema, refere-se a mesma 
situação ao sistema anterior, porém neste, em sua última fase, o indivíduo não está 
presente, mas, ainda assim, a situação interfere indiretamente no microssistema no qual 
a pessoa está. 
Vale ressaltar que, devido a posteriores estudos, a partir da 
Teoria Biológica de Urie Bronfenbrenner, foi constatada a transição ecológica, vez que 
não há uma rigidez imposta aos sistemas, visto que estes são completamente dinâmicos. 
A transição ecológica diz respeito à transição que pode 
ocorrer de um ambiente para outro, de microssistema para o mesossistema através do 
exossistema, e vice-versa. André de Carvalho Barreto cita o exemplo em seu artigo: 
7 
 
“(...) uma criança vítima de violência no seu 
microssistema familiar teve no abrigo seu exossistema, 
pois, apesar de ela nunca ter estado nele antes da 
denúncia de violência, ele interferiu indiretamente no seu 
desenvolvimento, pois tinha profissionais que forneciam 
apoio social à criança. No momento, contudo, em que ela 
passa a viver no abrigo, ocorre uma mudança de sistema 
na qual o abrigo passa a ser seu microssistema, e a 
família, o mesossistema. (...)” 
Ademais, após o Exossistema, encontra-se o 
Macrossistema, que se trata do nível mais amplo do sistema ambiental. Este sistema é 
uma combinação de todos os outros explanados anteriormente, pois trata-se de 
influencias