Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
33 pág.
A INCLUSÃO DO SURDO NA SOCIEDADE GLOBALIZADA - SEMINARIO INTERDISCIPLINAR VIII - COMPLETO

Pré-visualização | Página 1 de 3

CENTRO UNIVERSITÁRIO INTA - UNINTA 
CURSO: PEDAGOGIA 
SEMINÁRIO INTERDISCIPLINAR VIII
LARU ANA MAIARA MARTINS
A INCLUSÃO DO SURDO NA 
SOCIEDADE GLOBALIZADA
Surdez é o nome dado a impossibilidade de ouvir, o que dificulta a comunicação desses indivíduos principalmente com pessoas ouvintes. O que para muitos que se dizem “normais da sociedade”, serve de principal motivo para a exclusão, como se as pessoas surdas também não fossem seres humanos possuidores de sentimentos e direitos na saúde, educação e na vida em sociedade.
SOCIEDADE GLOBALIZADA
A INCLUSÃO DO SURDO NA
Levando em conta uma retrospectiva histórica sobre os surdos, podemos citar por exemplo os gregos e romanos que segundo eles os surdos nem eram considerados humanos, pois para os mesmos a fala era o resultado dos pensamentos. E logo se não pensavam, não eram humanos. E não tinham direito a testamentos, à escolarização e a frequentar os mesmos lugares que os ouvintes. Até o século VIII, os surdos eram privados até mesmo de se casarem (SILVA, 1998).
SOCIEDADE GLOBALIZADA
A INCLUSÃO DO SURDO NA
Durante a Idade Média a igreja católica era um dos principais pivôs para a discriminação das pessoas com deficiência, já que para a mesma o homem é criado a “imagem e semelhança de Deus”, e os que não se encaixavam a esse paradigma, eram postos a margem, não sendo considerados humanos, mas isso acabava incomodado a igreja, principalmente quando se tratava de famílias abastadas (LACERDA, 1998).
SOCIEDADE GLOBALIZADA
A INCLUSÃO DO SURDO NA
“Na Idade Moderna experiências educacionais com crianças surdas começaram a ser notificadas. Alguns autores daquela época se destacaram, como: Giralano Cardano (1501 – 1576), Ponce de Léon (1520 – 1584), Juan Bonet (1579 – 1653), Charles L’Epée (1712 – 1789) entre outros. Embora as concepções sobre a educação possam ser consideradas desatualizadas para os padrões atuais, estes estudiosos promoveram a perspectiva da inclusão de sujeitos com particularidades que precisavam de uma atenção diferenciada para atingir os objetivos escolares (GOLDFELD, 1997)”.
SOCIEDADE GLOBALIZADA
A INCLUSÃO DO SURDO NA
“Segundo Goldfeald (1997), em 1993 acontece no Brasil a criação da comissão de luta pelos direitos dos surdos, no ano de 1987, a Criação da Fundação Nacional de Educação e Integração dos Surdos (FENEIS), em 16 de maio de 1987, sob a direção de surdos. No ano de 1991 a libras é reconhecida oficialmente pelo governo do estado de Minas Gerais/Lei n°10.397 de 10/01/91”.
SOCIEDADE GLOBALIZADA
A INCLUSÃO DO SURDO NA
“Em 2006 surge o Exame de Certificação Tradutor Interprete de Libras – Prolibras, Instrutor de Libras, e o curso de Letras – Libras Bacharelado e Licenciatura EaD. Em 2010 surge o curso superior de Letras – Libras Bacharelado e Licenciatura Presencial na UFSC. Já no ano de 2010, é promulgada a Lei nº12.219 de 01 de setembro, que regulamenta o exercício da profissão de Tradutor e Interprete da Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS (REPOLI, 2010)”.
SOCIEDADE GLOBALIZADA
A INCLUSÃO DO SURDO NA
A verdade é que a preocupação com a educação de surdos no Brasil vem sendo levantada por muitos autores, porque mesmo utilizando diferentes práticas pedagógicas envolvendo os sujeitos surdos, não vem surtindo muitos efeitos, pois os mesmos acabam a escolarização básica sem conseguir ler ou escrever com fluência ou ter domínios dos conteúdos pedagógicos apresentados.
SOCIEDADE GLOBALIZADA
A INCLUSÃO DO SURDO NA
“Segundo Lacerda (1998) cada país tem seus estudos aprofundados sobre a língua de sinais, e só em alguns, os estudos são bastante desenvolvidos. Em diversos países, como o nosso, as experiências bilíngues ainda são restritas há poucos centros, por causa de algumas dificuldades já citadas e também pela resistência de muitos em considerar a língua de sinais como língua verdadeira ou aceitá-la como educação no trabalho com pessoas surdas. Dessa forma, a maioria das práticas de educação de surdos ainda hoje é o oralismo ou se enquadra dentro do âmbito da comunicação. Apesar de não existir dados oficiais no Brasil, pode-se dizer, por observações assistemáticas, que a comunicação total continua em desenvolvimento, enquanto as práticas oralistas tendem a diminuir. O surgimento da comunicação total trouxe uma principal mudança pedagógica, a entrada de sinais em sala de aula. O uso dos sinais pode ser bastante variado, depende muito da opção feita no trabalho de comunicação total.
SOCIEDADE GLOBALIZADA
A INCLUSÃO DO SURDO NA
Diante dessas questões é possível constatar que, de alguma forma, as três principais abordagens de educação de surdos (oralista, comunicação total e bilinguismo) coexistem, e com simpatizantes de todo o mundo. Cada país com seus prós e contras; essas abordagens abrem espaços para reflexões em uma busca por um caminho educacional que realmente favoreça o desenvolvimento pleno dos sujeitos surdos, afinal, isso que importa; e que automaticamente contribua para que sejam cidadãos em nossa sociedade”.
SOCIEDADE GLOBALIZADA
A INCLUSÃO DO SURDO NA
É uma cultura em que há o desenvolvimento e o orgulho de ser como é, sem considerar a surdez uma deficiência que precisa ser curada por médicos, em que potencializa o ser surdo como parte da identidade, mas não significa que são todos iguais, pois cada um possui suas particularidades. Sendo assim, o que faz parte da cultura surda é os componentes como: o uso de Libras: sensibilidade visual e às vibrações; visão aguçada; e o uso de tecnologias como campainha de luz.
A INCLUSÃO DO SURDO NA SOCIEDADE GLOBALIZADA
A CULTURA SURDA
Dentro dessa cultura também há a valorização da literatura, poesia, teatro, história e outros componentes que valorizam a língua de sinais, não é porque não ouvem, que não possam apreciar, interagir e vivenciar.
A INCLUSÃO DO SURDO NA SOCIEDADE GLOBALIZADA
A CULTURA SURDA
Alguns médicos chegam a repudiar a língua de sinais e consideram o uso de Libras um atraso, pois com o avanço da tecnologia poderiam através de cirurgias voltarem a ouvir, sendo assim, segundo suas opiniões, a surdez era algo a ser corrigido e a Libra era retrógrada. 
A INCLUSÃO DO SURDO NA SOCIEDADE GLOBALIZADA
A CULTURA SURDA
Pensando nisso que a cultura surda vem se desenvolvendo e incentivando a pessoa surda a ter orgulho de si e aceitar sua identidade, pois ser surdo não é um defeito, mas um modo de vida legítimo, um modo próprio de ser e com língua própria reconhecida por lei. Isso não significa que desvalorizem a cirurgia, sendo assim a decisão pessoal de cada um, mas que de modo algum isso diminua a língua de sinais e a surdez.
A INCLUSÃO DO SURDO NA SOCIEDADE GLOBALIZADA
A CULTURA SURDA
“Assim, a cultura surda é um modo de mostrar como o preconceito contra as pessoas surdas é um etnocentrismo, pois trata-se de uma intolerância a um grupo cultural diferente do seu”.
A INCLUSÃO DO SURDO NA SOCIEDADE GLOBALIZADA
A CULTURA SURDA
São inúmeras as dificuldades enfrentadas pelos surdos e precisam se fazer conhecidas, pois é somente a partir daí, pode-se envolver ações afetivas que favoreçam melhores condições de vida para os mesmos. Podemos destacar dificuldades na educação, na saúde, no emprego e renda.
A INCLUSÃO DO SURDO NA SOCIEDADE GLOBALIZADA
AS DIFICULDADES ENFRENTADAS PELOS SURDOS NO DIA A DIA
DIFICULDADES NA EDUCAÇÃO: As escolas não disponibilizam cursos e profissionais que sejam formados em Libras e que incluam os surdos juntamente com os demais alunos. Mesmo com o avanço que vem ocorrendo nos últimos anos, principalmente na área de Libras, há muita coisa ainda a se fazer.
É importante que tanto escolas públicas quanto particulares desenvolvam projetos inclusivos, porque apesar de Libras ser registrada como a segunda língua brasileira, poucas pessoas de fato a exercem com perfeição, a maioria desconhece e muitos nem se importam em aprender e com isso acabam fazendo salas de aulas exclusivas para surdos, o que deveria ser uma inclusão, transforma-se em exclusão.
A INCLUSÃO DO SURDO NA SOCIEDADE GLOBALIZADA
AS DIFICULDADES
Página123