A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
Ação Anulatória

Pré-visualização | Página 1 de 1

@dicasjuridicas.val 
Ação anulatória. 
É uma demanda judicial em que o advogado irá requerer ao juízo no interesse de seu 
cliente a anulação (desconstituição) de um ato lançamento, auto de infração visto que estão 
viciados em razão de uma ilegalidade ou inconstitucionalidade. 
 
 
Como identifico? 
 Após o lançamento/ auto de infração / notificação 
 
 
 
 
 
 
Ação Anulatória 
 Rito Comum: art 38 da Lei 6830/80 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
HI FG OT Lançamento 
Não 
paga ICDA CDA 
Execução 
fiscal 
Ação anulatória. 
 
Ocorre após o lançamento. 
 
Ação anulatória 
 
Mandado de segurança repressivo 
 
Não tem dilação probatória 
Não tem condenação em 
honorários sucumbenciais 
Prazo de 120 dias 
 
Tem prova 
Tem honorários sucumbenciais 
Não tem prazo 
 
 
Art. 38 - A discussão judicial da Dívida Ativa da Fazenda Pública só é admissível em 
execução, na forma desta Lei, salvo as hipóteses de mandado de segurança, ação de 
repetição do indébito ou ação anulatória do ato declarativo da dívida, esta precedida do 
depósito preparatório do valor do débito, monetariamente corrigido e acrescido dos 
juros e multa de mora e demais encargos. 
Súmula Vinculante 28 STF. É inconstitucional a exigência de depósito prévio como 
requisito de admissibilidade de ação judicial na qual se pretenda discutir a exigibilidade 
de crédito tributário. 
@dicasjuridicas.val 
Casos mais cobrados (caiu mais de uma vez) 
 
 
 
 
 
 
 
Consequências da ação anulatória 
 Causa de pedir é anular/desconstituir 
Que a demanda seja julgada procedente para DESCONSTITUIR um lançamento, um auto 
de infração ou um ato. 
 
 
 
 
 
Suspenção da exigibilidade do crédito tributário. 
 
 
 
 
 
 
 
Primeiro passo verificar a possibilidade de deposito. O enunciado trará de forma 
expressa: 
 
 
 
 
 
 
Segundo passo verificar a possibilidade de tutela de evidencia. O enunciado fala de forma 
expressa: 
 
 
 
 
 
 
Terceiro passo. Não tem nenhuma as suspenções acima mencionadas. 
Faça: TUTELA DE URGÊNCIA 
 
 
 
 
 
 
Anular ato Administrativo 
 
Anular lançamento/auto de infração 
 
Houve uma apreensão 
Houve uma interdição 
 
Não ocorrência do fato gerador 
Não observância das normas da 
CF/CTN 
Se for procedente: vai anular o ato 
Se for improcedente: continua a linha do tempo 
 
Regra 
TUTELA DE URGÊNCIA 
 
Exceção 
Tutela de evidência. 
Deposito 
 
O contribuinte que depositar 
O contribuinte não quer incorrer no risco de 
indeferimento da tutela 
O contribuinte quer evitar os efeitos da mora 
 
O direito da parte está todo documentado 
+ 
O direito está todo evidenciado em súmula 
vinculante. 
 
Probabilidade do direito 
+ 
Perigo de dano. 
 
@dicasjuridicas.val 
 
 
Estrutura. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Endereçamento: 
Primeiro verificar: o artigo 109 I da CF 
Segundo verificar : se é o caso de juizados especiais 
Terceiro verificar: se é o município. 
Qualificação do Requerente. 319 II CPC 
Fundamento da Peça 
Art. 38 Lei 6830/80 
Nome da Peça . 
Ajuizar> Ação anulatória 
 
Qualificação do requerido 
 (ente competente) Art. 319 I, CPC neste ato representado por seu representante 
legal Art. 75 CPC. 
 
Cabimento 
Art. 38 Lei 6830/80 
Fatos 
Direitos 
Tutela/ Deposito 
Art. 294, 300 CPC 
Art. 294 , 311 II CPC 
Art. 151 I CTN + S 112 STJ 
Pedidos 
Valor da Causa 
Local ... Data ... 
Advogado... OAB .... 
 
A) Concessão da suspensão da exigibilidade 151 
II/V CTN 
B) Não realização de audiência de 
conciliação/mediação 319 VII CPC 
C) Produção de provas 319 VI CPC 
D) Citação da parte contraria 
E) Julgada procedente para 
DESCONSTITUIR/ANULAR .... 
F) Custas art 82 §2 CPC + Honorários art 85 §3 
CPC 
 
@dicasjuridicas.val 
Peças Processuais 
Reaplicação (Porto Alegre). Exame XXV. 2018 
Por ocasião da importação de equipamentos eletrônicos realizada pela pessoa jurídica PJ, a 
União entendeu que o recolhimento do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) por parte 
da contribuinte havia sido realizado de forma incorreta. De acordo com a União, no caso de 
desembaraço aduaneiro, o IPI deveria incidir sobre o valor correspondente a 200% do preço 
corrente dos equipamentos no mercado atacadista da praça do remetente, acrescido do 
Imposto de Importação (II), das taxas exigidas para a entrada do produto no país e dos 
encargos cambiais efetivamente pagos pelo importador. 
 Assim, considerando equivocado o recolhimento do tributo, a União determinou a apreensão 
dos equipamentos, bem como a interdição do estabelecimento da pessoa jurídica, até 
pagamento integral do montante devido. 
Lavrado auto de infração para a cobrança dos valores supostamente devidos, a pessoa jurídica 
PJ, inconformada com esta situação, decide apresentar medida judicial para a desconstituição 
do crédito tributário e, nesse sentido, contestar as medidas adotadas pela Fazenda Nacional. 
Diante dos fatos narrados, sabendo que as medidas adotadas pela Fazenda Nacional datam 
de mais de 120 dias e estão causando prejuízos irreparáveis e que não há processo judicial em 
trâmite a respeito desse caso, redija a peça processual adequada para a garantia dos direitos 
da pessoa jurídica PJ, que pretende ver a União condenada em honorários de sucumbência. 
(Valor: 5,00) 
Obs.: a peça deve abranger todos os fundamentos de Direito que possam ser utilizados para 
dar respaldo à pretensão. A simples menção ou transcrição do dispositivo legal não confere 
pontuação. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Endereçamento: Douto Juízo Federal da ... Vara 
(Federal Fazenda Pública) da Subseção da Seção 
Judiciaria 
 
Qualificação do Requerente: PJ, pessoa jurídica de 
direito privado, inscrita no CNPJ nº, com endereço 
eletrônico, estabelecido ..., neste ato representado por 
seu advogado (com produção em anexo) este 
estabelecido ... local onde recebe intimações, vem 
perante Vossa Excelência com fundamento no art. 38 da 
Lei 6830/80, ajuizar 
AÇÃO ANULATÓRIA COM PEDIDO DE TUTELA DE 
URGÊNCIA 
 
Em Face da União, pessoa jurídica de direito publico, 
inscrita no CNPJ nº, com endereço eletrônico..., 
estabelecido ..., neste ato representado por seu 
representante legal Art. 75 CPC. 
 
Cabimento 
Art. 38 Lei 6830/80 
Fatos 
Direito 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Tutela de Urgência 
Art. 294, 300 CPC art. 151 CTN 
Pedidos 
 
Valor da Causa 
Local ... Data ... 
Advogado... OAB .... 
 
A base de cálculo do imposto é o preço 
normal do produto, acrescido do Imposto 
de Importação (“II”), das taxas exigidas 
para a entrada do produto no país e dos 
encargos cambiais efetivamente pagos 
pelo importador ou dele exigíveis 
conforme Art. 47, inciso I, alíneas a, b e c, 
do CTN. 
S 70 e 323 STF