A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
14 pág.
Resumo - Metodologia Científica

Pré-visualização | Página 2 de 3

proporcionar maior familiaridade com o problema para torná-lo mais explícito ou viabilizar a construção de uma hipótese.
Explicativa: identifica os fatores que determinam ou contribuem para a ocorrência dos fenômenos.
Os procedimentos estão relacionados à maneira de agir, ao modo de fazer a pesquisa.
Pesquisa bibliográfica: consiste no levantamento, seleção, fichamento e arquivamento de informações relacionadas à pesquisa.
Pesquisa documental: realizada através de certos documentos.
Pesquisa de campo: é a investigação baseada na experiência, realizada no local onde ocorreu um fenômeno.
Pesquisa histórica: descreve o que já aconteceu, sob a forma de investigação, registro, análise e interpretação de fatos ocorridos no passado, para poder compreender o presente.
Pesquisa comparada: procura estabelecer semelhanças e diferenças entre situações, fenômenos e coisas, por meio de relações entre os elementos que são comparados.
Estudo do caso: é o estudo restrito a uma ou poucas unidades entendidas, como uma pessoa, família, empresa, etc.
Aula 4: Diferentes Técnicas de Estudo
Passo a passo de como escolher um livro...
1. Título
2. Ficha catalográfica
3. Sumário
4. Prefácio
5. Orelha
6. Contracapa
O fichamento, configura um aperfeiçoamento da pesquisa bibliográfica, porque contém comentários pessoais sobre a leitura e algumas citações-chave. Ou seja, trata-se de uma técnica de estudo que ajuda na organização do conhecimento.
O fichamento é um meio de desenvolver as técnicas de redação como resumo e resenha dependendo de sua finalidade. Auxilia a treinar a elaboração de referências, redação científica, identificação de assuntos, pesquisa em centros de informação e bibliotecas e práticas de arquivamento.
O meio mais utilizado para armazenagem das fichas é em papel, porém existem programas que auxiliam na confecção e armazenagem eletrônica de fichamentos.
Como elaborar fichamentos?
O fichamento inicia com a escolha do seu tipo que pode ser: de transcrição ou citação, de resumo ou conteúdo e de comentário ou crítico.
Após escolher o tipo de fichamento deve-se inserir o assunto geral do fichamento e caso deseje o assunto mais específico também de forma que facilite o aprendizado e a localização posterior do livro ou documento.
Identificando o tipo de fichamento e os assuntos da ficha é inserida a referência bibliográfica. As regras para elaboração de referências se encontram na norma NBR/ABNT 6023 (2002). Basicamente os itens que as compões são:
· Autor
· Título
· Local da edição
· Editora
· Data e número de páginas
O fichamento do texto de resumos ou conteúdo utiliza as mesmas regras e normas de um resumo que podem ser revisadas no módulo resumo.
O fichamento de comentário ou crítico utiliza as mesmas regras e normas de um resumo que podem ser revisadas no módulo resenha.
Terminando o texto do fichamento, caso a finalidade deste seja para estudo ou pesquisa utiliza a identificação da ficha que pode ser alfabético, numérico ou alfanumérico, conforme facilitar a busca posterior pelas fichas.
Para o fichamento de transcrição ou citação utilizam-se no início e no final do texto as aspas, pois o fichamento de transcrição é a passagem do texto original diretamente para a ficha.
Resenha
É a apresentação do conteúdo de uma obra. Consiste na leitura, no resumo e na crítica, formulando, o resenhista, um conceito sobre o valor do livro.
O que uma resenha deve conter?
· Referência da obra
· Informações sobre o autor
· Nome do resenhista e titulação
· Perspectiva teórica da obra
· Breve síntese e principais argumentos do autor
· Reflexão crítica da obra
Resumo
É uma síntese sob forma de redação do fichamento de leitura, buscando compreender o sentido do texto. Uma apresentação sucinta e ordenada das ideias centrais do texto lido, sem a utilização de citação.
Aula 5: Planejamento e tipos de trabalho científico
A primeira fase de qualquer trabalho de pesquisa é a definição do que será estudado.
Antes de iniciar uma pesquisa você deverá seguir os seguintes passos:
1. Escolha o tema
2. Originalidade
3. Revisão de literatura
4. Justificativa
5. Formulação do problema: levantamento das questões norteadoras
6. Determinação de objetivos
Problematizar consiste em formular questões sobre o tema, ou seja, apresentar um questionamento que envolve o tema da pesquisa.
Um problema é considerado de natureza científica quando envolve variáveis que podem ser tidas como testáveis, podem ser observadas e manipuladas.
Tipos de trabalhos acadêmicos mais comuns:
Relatório: é a parte final de uma pesquisa. Seu objetivo consiste em dar ao leitor o resultado completo do estudo, apresentando fatos, dados, procedimentos utilizados, resultados obtidos, chegando a certas conclusões e recomendações.
Comunicação científica ou paper: é um pequeno artigo científico elaborado sobre determinado tema ou resultados de um projeto de pesquisa. A finalidade de um paper é formar um problema, estudá-lo, adequar hipóteses, cotejar dados, prover uma metodologia própria e concluir ou recomendar.
Seminário: é um procedimento didático que consiste em levantar o aluno a pesquisar a respeito de um tema, a fim de apresentá-lo e discutí-lo cientificamente.
Anteprojeto de pesquisa: apresenta os pontos principais que revelam a definição de um problema, a revisão sucinta da bibliografia e a metodologia.
Projeto de pesquisa: apresenta os pontos principais que revelam a definição de um problema, a revisão sucinta da bibliografia e a metodologia.
Artigo científico: é um pequeno estudo que trata de uma questão científica e destina-se a publicações em revistas ou periódicos. Difere-se da monografia pela sua reduzida dimensão e conteúdo.
Monografia: é um trabalho científico que se caracteriza pela especificação, ou seja, a redução da abordagem a um só assunto, a um só problema.
Subtipos de monografia:
TCC: significa Trabalho de Conclusão de Curso. Trata-se de um documento que representa o resultado de um estudo, devendo expressar conhecimento do assunto escolhido e elaborado sob a coordenação de um orientador.
Dissertação: é um tipo de trabalho que requer defesa pública, apresentado no final do curso de pós-graduação stricto sensu, visando obter o título de mestre.
Tese: é o trabalho científico, escrito, original, sobre um tema específico, cuja contribuição amplia os conhecimentos do tema escolhido. Também apresentado no final do curso de pós-graduação stricto sensu e confere ao seu escritor o título de doutor.
Aula 6: Estrutura e formatação
Fundada em 1940, a ABNT é o órgão responsável pela normalização técnica no país, fornecendo a base necessária ao desenvolvimento tecnológico brasileiro.
Muitos trabalhos acadêmicos são compostos pelos chamados elementos pré-textuais e pós-textuais.
Textuais: introdução, desenvolvimento, metodologia, embasamento teórico e conclusão.
Pré-textuais: capa, folha de rosto, dedicatória, agradecimentos, folha de aprovação, resumo e sumário.
Pós-textuais: referências, anexos, apêndices, etc.
Entende-se por formatação a ação de dar forma, de organizar a disposição dos elementos visuais em um arquivo gráfico ou de texto. Ela nos ajudará a adaptar o conjunto de formas visuais próprias do texto, como o itálico, sublinhado, negrito, tamanho da fonte, etc.
Fonte
Recomenda-se utilizar em todo o trabalho a fonte arial ou times new roman, normal, tamanho 12. A utilização do itálico é feita apenas nas palavras em outro idioma. Nas legendas das tabelas, figuras, ilustrações, citações longas e nos textos das notas de rodapé o tamanho da fonte a ser utilizada é 11.
Espaço
O espaçamento a ser adotado é o de 1,5 cm nas entrelinhas, com recuo de primeira linha do parágrafo e texto justificado.
Margem
O papel deve ser branco, com formato A4. As páginas devem apresentar margem esquerda e superior de 3 cm, direita e inferior de 2cm.
Capa
A ABNT normatiza que seja usada a fonte Times New Roman ou Arial, tamanho 14, e o espaço entre as linhas deve ser simples. Ela deverá conter as seguintes informações:
1. Identificação da instituição de ensino superior;

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.