A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
11 pág.
A2 - PROCESSOS BIOLÓGICOS - GABARITO

Pré-visualização | Página 1 de 3

· Pergunta 1
1 em 1 pontos
	
	
	
	Os ribossomos são organelas eletrodensas formadas por RNA ribossômico e proteínas. Nas células eucariontes, têm um diâmetro um pouco maior em relação aos das células procariontes, como das bactérias.
 
A estrutura da organela conta com duas subunidades de tamanhos diferentes, que se associam somente na presença dos filamentos de RNA mensageiro. Como os ribossomos se associam a um único filamento de RNA mensageiro, formam-se polirribossomos dispersos no citoplasma ou aderidos à superfície externa do retículo endoplasmático rugoso.
 
JUNQUEIRA, J. C.; CARNEIRO, J. Biologia celular e molecular. 9. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2012.
 
Assim, depreende-se que as proteínas são sintetizadas especificamente nos ribossomos através de mecanismos já bem definidos.
 
Dessa forma, de acordo com nossos estudos a respeito do assunto, analise as afirmativas a seguir e as ordene corretamente.
 
I. Ligação da subunidade pequena e da metionina-acil tRNA no sítio AUG
II. Polipeptídeo é alongado pela associação com outros aminoácidos por ligações peptídicas.
III. Formação do aminoacil-t RNA.
IV. Ocorre uma interrupção no alongamento (códon de parada).
V. Processamento pós-tradicional do polipeptídeo.
 
Agora, assinale a alternativa com a sequência correta.
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
III, I, II, IV, V.
	Resposta Correta:
	 
III, I, II, IV, V.
	Comentário da resposta:
	Está correta a sua resposta! Os mecanismos que envolvem a síntese de proteínas nos ribossomos incluem a inserção de aminoácidos às cadeias polipeptídicas nascentes por ligações peptídicas. Por esta lógica, ficam claras as etapas de iniciação, alongamento e terminação na síntese de proteínas.
	
	
	
· Pergunta 2
1 em 1 pontos
	
	
	
	Junqueira e Carneiro (2012) nos explicam, com base no modelo da molécula de DNA proposto por Watson e Crick, que o mecanismo básico de replicação envolve a separação das cadeias de DNA, obtida pelo desenrolamento da dupla hélice, seguido pela cópia de cada cadeia, que serve como um molde para a síntese de uma nova cadeia complementar.
 
A sequência de nucleotídeos da nova cadeia é fixada pelas regras de pareamento de bases. O correto pareamento das bases assegura uma replicação acurada da dupla hélice original. Durante a replicação, as duas fitas do DNA original, também chamadas de parentais, são copiadas, originando duas moléculas-filhas, cada qual com somente uma das fitas recém-sintetizada. Diz-se, portanto, que a replicação é semiconservativa, sendo a nova molécula de DNA uma cópia perfeita de outra preexistente.
 
JUNQUEIRA, J. C.; CARNEIRO, J. Biologia celular e molecular. 9. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2012.
 
Sendo assim, analise a figura a seguir.
Fonte: HARVEY e FERRIER, 2015, p. 396.
 
HARVEY, A. R.; FERRIER, R. D. Bioquímica ilustrada. 5. ed. Porto Alegre: Artmed, 2015.
 
Após a leitura do texto e análise da ilustração que esquematiza a polimerização do DNA, analise as afirmativas a seguir e marque V para as verdadeiras e F para as falsas.
 
I. (   ) No esquema, a ligação entre os nucleotídeos está representada entre o carbono 5’ e o fosfato de um nucleotídeo e o carbono 3’ do nucleotídeo seguinte. Pela lógica, a polimerização forma sequências lineares sempre da extremidade 5’ para 3’.
II. (   ) Os nucleotídeos estão covalentemente associados por ligações fosfodiéster. Além disso, os fragmentos das duas cadeias são complementares e antiparalelas, ou seja, enquanto as moléculas de DNA são polimerizadas, as fitas complementares seguem direções opostas.
III. (   ) Nas cadeias complementares do DNA, observa-se as pentoses e os fosfatos dos nucleotídeos unidos, formando um arcabouço das moléculas de DNA e as bases nitrogenadas, voltadas uma para as outras e associadas por ligações hidrogênio.
IV. (   ) As bases se ligam de forma complementar através de fosfodiéster fracas. As bases purinas A e G estabelecem estas ligações com as bases pirimidinas C e T, sendo a estrutura química a justificativa para o pareamento.
 
Agora, assinale a alternativa com a sequência correta.
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
V, V, V, F.
	Resposta Correta:
	 
V, V, V, F.
	Comentário da resposta:
	Isso mesmo, sua resposta está correta! Na síntese das fitas de DNA, os nucleotídeos são inseridos sempre da extremidade 5’ para 3’, sendo associados por ligações fosfodiéster. Estas fitas são complementares e antiparalelas, estando as pentoses e os fosfatos unidos como um esqueleto  do DNA e as bases nitrogenadas associadas por ligações hidrogênio.
	
	
	
· Pergunta 3
1 em 1 pontos
	
	
	
	As proteínas são moléculas abundantes e diversas quanto às suas funções. Praticamente todos os processos vitais dependem de proteínas. Enzimas e hormônios proteicos controlam e regulam o metabolismo, enquanto proteínas contráteis permitem a realização dos movimentos musculares. No tecido ósseo, o colágeno forma uma estrutura para a deposição de cristais de fosfato de cálcio. No sangue, a hemoglobina e a albumina plasmática transportam moléculas essenciais para a vida, enquanto as imunoglobulinas combatem microrganismos causadores de infecções.
 
HARVEY, A. R.; FERRIER, R. D. Bioquímica ilustrada. 5. ed. Porto Alegre: Artmed, 2015.
 
No texto anterior fica evidente a importância das proteínas para o organismo. Porém, para serem sintetizadas, é necessária a ingestão de alimentos de origem proteica, fonte de suas unidades constitutivas, os aminoácidos.
 
Dessa forma, associe as estruturas relacionadas com a síntese de proteínas nas células a seguir com suas respectivas funções.
 
I. Ribossomos
II. RNAm
III. RNAt
IV. aminoacil-RNAt
    
(   ) Molécula transcrita no DNA, responsável pela codificação de proteínas.
(   ) Enzima que associa o RNAt com seus aminoácidos específicos.
(   ) Locais de síntese de proteínas nas células.
(   ) Se associa aos aminoácidos que irão compor as proteínas.
 
Agora, assinale a alternativa com a sequência correta.
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
II, IV, I, III.
	Resposta Correta:
	 
II, IV, I, III.
	Comentário da resposta:
	Está correta a sua resposta! As proteínas são sintetizadas nos ribossomos, organelas que codificam o RNAm transcrito a partir do DNA. Os códigos gerados (códons) no RNAm são complementares (anticódons) aos existentes no RNAt, que carrega o aminoácido correspondente para cadeia polipeptídica nascente.
	
	
	
· Pergunta 4
1 em 1 pontos
	
	
	
	Utilizando microscopia simples, há muito tempo está claro que os organismos vivos podem ser classificados em dois grupos com base na estrutura celular: eucariotos e procariotos. Os eucariotos mantêm seu DNA em um compartimento intracelular envolto por membrana, chamado núcleo, cujo nome vem do grego e significa “realmente nucleado”, das palavras “eu”, “bem” ou “verdadeiro”, e “karyon”, “centro” ou “núcleo”. Já os procariotos não possuem um compartimento nuclear distinto para abrigar seu DNA. As plantas, os fungos e os animais são eucariotos, enquanto as bactérias são procariotos, assim como as Arqueas, uma classe à parte de células procarióticas.
 
ALBERTS, B. et al. Biologia molecular da célula. 6. ed. Porto Alegre: Artmed, 2017.
 
Sendo assim, a respeito do núcleo das células eucarióticas, observe as estruturas apontadas pela figura a seguir.
Fonte: Elaborada pelo autor, baseada em Shutterstock, 2019.
 
Agora, assinale a alternativa que apresenta a característica correta de determinada estrutura mencionada na ilustração.
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
O nucleoplasma é a matriz fluídica que reúne íons, enzimas, RNA, DNA e nucleotídeos solubilizados em água.
	Resposta Correta:
	 
O nucleoplasma é a matriz fluídica que reúne íons, enzimas, RNA, DNA e nucleotídeos solubilizados em água.
	Comentário da resposta:
	Está correta a sua resposta! As funções básicas da cariteca são delimitar o núcleo; do nucléolo é originado o RNAr; dos poros nucleares temos o transporte bidirecional entre núcleo e citoplasma; da cromatina temos o armazenamento de informações genéticas; e no nucleoplasma