A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
TESTE TEORIAS DO CONSENSO

Pré-visualização | Página 1 de 1

Pergunta 1 
DE ACORDO COM A TEORIA DA ANOMIA, PODE-SE AFIRMAR QUE: 
 
a. O delito é compreendido como uma anomalia. Por tal motivo há preocupação com 
as suas consequências. 
 
 
b. É perceptível uma disfunção orgânica articulada da sociedade, que, para 
se ter a eficácia perfeita no funcionamento é mister que todos os seus 
membros interajam mutuamente e cooperadamente em um ambiente 
saudável, ou seja, buscando sempre dar a devida importância aos 
valores e regras comuns. 
 
c. é classificada como uma das “teorias de conflito” e teve, como autores, 
Erving Goffman e Howard Becker. 
 
 
 
d. A situação social surge pela existência da ordem, normas e valores sociais. 
 
e. Quando há uma disfunção, isto é, uma falha no sistema de funcionamento 
do corpo social, haverá uma reação. Quando esta reação por meio dos 
mecanismos reguladores da vida em sociedade for plenamente capaz de 
sanar a disfunção, tem-se instalada a anomia. 
 
Pergunta 2 
CONSIDERE AS SEGUINTES ALTERNATIVAS E ASSINALE A 
ALTERNATIVA QUE PREEENCHE RESPECTIVAMENTE AS LACUNAS: 
 
I- A ________ parte da análise crítica das estruturas sociais, determinadas pelos alicerces 
de classes e pelas relações de produção, que informam e definem o programa e a ideologia dos 
sistemas de controle social e punitivo. A base da criminalidade é o capitalismo e o Direito Penal 
funciona, em verdade, como fator de opressão e marginalização das classes mais pobres e como meio de se 
manter a estabilidade da produção capitalista. 
 
II- Na ________ o crime é tido como um fenômeno biopsicológico e o criminoso como 
um indivíduo que usa erroneamente a sua liberdade, sendo visto com um pecador que 
escolheu o mal apesar de poder optar pelo bem. 
 
III - A ________ coloca no centro de seu estudo apenas o indivíduo criminoso chamado de 
"desviante" por diversos fatores, e aponta as contradições inerentes do sistema no qual o 
indivíduo está inserido e os fundamentos e embasamentos que permitem a criminalização de 
certos indivíduos estigmatizados, a partir de interesses de classe. 
 
 
a. Criminologia Radical, Criminologia Tradicional e Criminologia Positivista 
respectivamente. 
 
 
b. Criminologia Radical, Criminologia da Vitimologia e Criminologia Científica 
respectivamente. 
 
 
c. Criminologia do Garantismo Penal, Criminologia Clínica e Criminologia 
Tradicional respectivamente. 
 
 
d. Criminologia Clínica, Criminologia Positivista e Criminologia Científica 
respectivamente. 
 
 
e. Criminologia Positivista, Criminologia Tradicional e Criminologia Radical 
respectivamente. 
Pergunta 3 
SOBRE AS TEORIAS DO CONSENSO É CORRETO AFIRMAR QUE É 
EXEMPLO DESSA TEORIA: 
 
 
a. Teoria da Criminologia Humanista examina a pessoa do infrator como 
um sujeito determinado pelas estruturas econômicas excludentes, 
sendo uma vítima do sistema capitalista. 
 
 
b. Para a Teoria da Anomia o comportamento desviado pode ser 
considerado, no plano sociológico, um sintoma de dissociação entre as 
aspirações socioculturais e os meios desenvolvidos para alcançar tais 
aspirações. 
 
 
c. A Teoria do Sub cultura delinquente, em que a criminalidade não é uma 
propriedade inerente a um sujeito, mas uma “etiqueta” atribuída a certos 
indivíduos que a sociedade entende como delinquentes. 
 
d. A Teoria da Desorganização Social, rejeita à perturbação da cultura 
existente por uma mudança social e nega as confusões de papel, 
códigos morais conflitantes e confiança em declínio nas instituições. 
 
 
e. A Teoria rotulação social sustentada na ideia de que a criminalidade da 
classe pobre é investigada, no entanto, na classe alta isso não 
aconteceria. Parte da ideia de que exista uma certa seletividade por 
parte do controle social para com os crimes cometidos e seus autores. 
 
Pergunta 4 
CONSIDERANDO A AFIRMAÇÃO A SEGUIR, ASSINALE A QUAL TEORIA ELA 
CORRESPONDE: 
“O COMPORTAMENTO CRIMINOSO É RESULTADO DE UM APRENDIZADO POR PARTE 
DO INDIVÍDUO SOBRE DETERMINADA CONDUTA CRIMINOSA. QUALQUER PADRÃO DE 
COMPORTAMENTO PODE SER APRENDIDO, SEJA ELE VIRTUOSO OU CRIMINOSO, E 
SERÁ ASSIMILADO DE ACORDO COM O CONTATO QUE O INDIVÍDUO TEM COM ESSE 
COMPORTAMENTO.” 
 
 
a. Teoria da Conformidade Diferencial, em que a comunidade produz 
estímulos e pressões que impulsionam o indivíduo à conduta criminal, 
porém tais impulsos são impedidos por fatores internos (como a 
personalidade forte) e externos (como a coação normativa exercida pela 
sociedade). 
 
 
b. Teoria da anomia que estabelece que o capitalismo é a base da 
criminalidade, na medida em que promove o egoísmo, o qual, por sua 
vez, leva os homens a delinquir. 
 
c. Teoria do autocontrole que sustenta que as falhas da educação familiar 
não são causa do crime. 
 
 
d. Teoria do Etiquetamento que afirma ser o socialismo a base do 
comportamento criminoso. 
 
 
e. Teoria da Associação Diferencial que inclusive discutiu os crimes de 
colarinho branco.