A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
269 pág.
RESUMAPAS OAB

Pré-visualização | Página 4 de 50

de direção, chefia e assessoramento. 
6. Direito de greve 
Assegurado ao servidor público, devendo ser 
exercido de acordo com lei ESPECÍFICA, não 
complementar. 
 
20
Poder Legislativo 
Art. 44, CF. 
» Imunidades: 
⤷ Formal: membros do Congresso NÃO 
Poderão ser presos, salvo em flagrante de crime 
Inafiançável (autos são enviados à Casa em 24h). 
NÃO SE APLICA AOS VEREADORES. 
⤷ Material: Deputados e Senadores são 
 INVIOLÁVEIS, civil e penalmente por suas 
opiniões, palavras e votos. 
Vereadores também gozam dessa imunidade! 
(no exercício do mandato e no Município vinculado). 
» Deputados Estaduais possuem as mesmas imunidades 
dos parlamentares federais. 
» Restrição do foro de prerrogativa funcional 
» STF não precisa de licença da Casa Legislativa para 
processar um de seus membros. 
 
Processo Legislativo 
1. Fase INICIAL: 3. Fase COMPLEMENTAR: Promulgação Publicação 
 ⤷ Iniciativa legislativa (REGRA (art. 61, CF) 
⤷ Membros: 
Câmara dos Deputados 
 Senado Federal 
Congresso Nacional 
Presidente da República 
Procurador Geral da República 
STF e Tribunais Superiores 
Cidadãos (iniciativa popular) 
 
 
2. Fase CONSTITUTIVA: 
Deliberação parlamentar 
(discussão e votação) 
» Atividade Legislativa do Congresso Nacional 
⤷ LEGISLATURA: 4 anos de atividade legislativa. 
⤷ SESSÃO LEGISLATIVA: Períodos 
 2 de fevereiro a 17 de julho 
 1 de agosto a 22 de dezembro 
⤷ SESSÃO CONJUNTA: Reunião da Câmara + Senado 
Para conhecer do veto presidencial e deliberar sobre ele. 
⤷ SESSÃO EXTRAORDINÁRIA: Convocação do 
 Presidente do Senado ou 
 Presidente da Câmara ou 
 Presidente da República. 
Urgência ou interesse público, será por requerimento da 
maioria das Casas acima. 
 
Cabe ao P.R 
 
48h 
48h 
*Se P.R. não 
fizer* 
Pres. do Senado 
Vice-Pres. do Senado 
TÁCITA EXPRESSA 
(Sanção) 
Presidente da República 
Aprova Projeto de Lei 
 ☛ 
 
 ☛ 
Casa inicial ☛ rejeitado ☛ ARQUIVA (art. 67) 
 
Casa revisora ☛ rejeitado ☛ ARQUIVA (art. 67) 
 
Emenda Aprova 
VETO ☛ 1. Político ☛ 48h para comunicar ☛ Presidente do Senado 
 2. Jurídico motivos 
 3. Total 
 4. Parcial 
 
 Congresso Nacional 
☛ Rejeita veto ☛ FASE COMPLEMENTAR 
☛ Mantém veto ☛ ARQUIVA 
 
21
Emenda à Constituição 
Art. 60, CF. 
 
 
 
 
 
 
 
Medidas Provisórias 
 
 
 
 
 
 
 
Aprovação: 
Discutida e votada em cada 
Casa do Congresso Nacional em 
2 turnos e se obtiver 3/5 dos votos. 
Proposta: 
⤷ 1/3 no mínimo dos membros da Câmara 
Dos Deputados ou Senado Federal. 
⤷ Presidente da República 
⤷ Assembleias Legislativas, mais da metade 
(maioria RELATIVA) 
 
OBS: Matéria rejeitada ou havida por prejudicada 
NÃO PODE ser objeto de nova proposta na 
mesma sessão legislativa. 
⤷ Será arquivada e só pode ser proposta 
novamente na próxima sessão do outro ano. 
NÃO PODE ABOLIR: 
1. Forma federativa de Estado 
2. Voto direto, secreto, universal e 
periódico. 
3. Separação de Poderes 
4. Direitos e garantias fundamentais 
Promulgada: 
Mesas da Câmara dos Deputados e do Senado. 
(não pelo Presidente da República)! ☛ Em caso de relevância e urgência, adota Medidas Provisórias 
 ⤷ perdem a eficácia, se não 
 convertidas em lei em 60 dias. 
Em caso de relevância e urgência, 
Serão adotadas pelo Presidente da 
República., com força de lei.. 
⤷ Devem ser submetidas ao Congresso. 
VEDAÇÕES 
1. Sobre matéria relativa à nacionalidade, 
cidadania, direitos políticos e direito ambiental. 
2. Matéria já disciplinada em projeto de lei 
em projeto de lei já aprovado pelo Congresso, 
pendente sanção ou veto do Presidente. 
3. Reedição, na mesma sessão legislativa de 
MP já rejeitada ou sem eficácia pelo tempo 
decorrido. 
 
NÃO É VEDADA: 
⤷ Abertura de crédito extraordinário, 
criação de normas de licitações e 
contratos administrativos ou aumento 
de alíquota de impostos. 
 
STF: 
Revogação de MP por outra MP 
 ⬇ 
Suspende a eficácia da norma 
ab-rogada, mas pode voltar a 
vigorar. 
Perderão eficácia se: 
Não forem convertidas em lei 
no prazo de 60 dias. Prorrogáveis 
por mais 60 dias. 
⤷ Congresso Nacional disciplina por 
Decreto legislativo. 
 
Regime de urgência: 
A não apreciação pela Câmara dos 
deputados e após, pelo Senado 
Federal, em 45 dias da publicação. 
 
. 
Aumento de despesa: 
⤷ Não permitido em projeto de 
Iniciativa exclusiva do Presidente e 
Nos de organização da Câmara, 
Senado, Tribunais Federais e 
Ministério Público. 
 
22
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Lei 
Delegada 
Medida 
Provisória & 
Art. 68, §1º 
Art. 62 
⤷ Elaborada pelo Presidente da República 
 ⤷ Autorizado e limitado pelo Poder 
Legislativo. 
 ⤷ Procedimento: 
P.R. » Congresso Nacional » Votado pelas 
2 casas » Sessão conjunta ou separadamente 
» se aprovada por maioria simples » resolução 
(especifica atos do Presidente) » Congresso (se 
necessário) » se extrapolar os limites » Decreto 
(susta os efeitos) » não afasta ADIn. 
⤷ Modalidades de delegação do C.N: 
1. Atípica ou imprópria: com 
RETORNO 
2. Típica ou própria: sem 
RETORNO. 
 
⤷ Ato normativo primário 
⤷ Requisitos: Relevância e urgência 
 ⤷ Presidente pode editar com força de lei 
e submeter ao Congresso. 
⤷ Prazo: 60 dias, prorrogáveis por mais 60. 
 ⤷ Aprovada: Converte em LEI ORDINÁRIA, 
Promulgada pelo Presidente do Senado » 
Remete ao Presidente para publicação. 
 ⤷ Rejeitada: 
1. EXPRESSA: arquivada » Presidente do 
Senado declara ineficaz. 
2. TÁCITA: se não terminar em 120 dias, 
perda da ineficácia. 
⤷ Não podem regulamentar assuntos 
reservados à L.C. » Emenda 32. 
⤷ M.P. nos E e M: previsão na CE e LI do 
Município. 
 
 
Lei 
Complementar 
Lei 
Ordinária 
x 
⤷ Legislador Constituinte entende que algumas 
matérias, ainda que importantes, não devem ser 
tratadas na Constituição (no texto dela). 
⤷ OBJETO: Matéria expressamente prevista na 
CF. 
⤷ Processo Legislativo na fase de votação: 
Quórum de maioria ABSOLUTA. 
 
 
⤷ O seu campo material é alcançado por 
exclusão, se a CF não exigir LC, será, então, 
por lei ordinária. 
⤷ Processo Legislativo: Ordinário ou Comum. 
FASES 
 
 
 
Quórum de maioria RELATIVA ou SIMPLES. 
 
INTRODUTÓRIA 
⬇ 
Iniciativa 
COMPLEMENTAR 
⤷ Promulgação 
⤷ Publicação CONSTITUTIVA 
⤷ Debate 
⤷ Votação 
⤷ Sanção/Veto 
23
Imunidades Parlamentares 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
MATERIAL FORO POR 
PRERROGATIVA 
DE FUNÇÃO 
AFASTAMENTO DO 
PODER LEGISLATIVO 
FORMAL 
(PROCESSUAL) » Deputados e 
Senadores são 
invioláveis CIVIL e 
PENALMENTE. 
⤷Opiniões/Palavras/
Votos. 
» Obrigatória 
vinculação: 
⤷ Manifestação 
Parlamentar 
⤷ Exercício do 
mandato eletivo 
» Desde a 
DIPLOMAÇÃO: 
⤷ Vereadores: 
imunidades no 
limite do Município. 
 
» Direito de não ser ou não 
permanecer preso e 
possibilidade de suspensão do 
processo penal. 
1. PRISÃO: NÃO PODE. 
- exceção: 
Flagrante delito inafiançável 
Sentença judicial transitada 
em julgado. 
- Crime praticado: 
Diplomação (os autos 
enviados em 24h à Casa). 
2. PROCESSO: 
Crime praticado: Diplomação. 
ANTES: NÃO IMUNIDADE . 
APÓS: HÁ IMUNIDADE. 
- STF: processa e julga sem 
autorização/ciência

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.