A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
269 pág.
RESUMAPAS OAB

Pré-visualização | Página 48 de 50

HABITAÇÃO 
» Local onde a pessoa permanece 
ACIDENTALMENTE, 
temporariamente, SEM o intuito 
de ficar. 
⤷ Caso a pessoa viva em várias 
residências, cada uma delas será 
considerada seu domicílio. 
 
 
1) Vícios da vontade ou consentimento: 
» ERRO 
» DOLO 
» COAÇÃO 
» LESÃO 
» ESTADO DE PERIGO 
 
2) Vícios sociais: 
» FRAUDE CONTRA CREDORES 
» SIMULAÇÃO 
NULO: 
» Art. 166 
» Celebrado por pessoa absolutamente incapaz. 
Ilícito 
Impossível ou indeterminado 
Motivo ilícito 
Fraude como objeto 
Lei taxar nulo 
ANULÁVEL: 
Incapacidade relativa do agente 
Vício resultante de erro, dolo, coação, estado de 
perigo, lesão ou fraude contra credores. 
VÍCIO NA 
FORMAÇÃO DA VONTADE 
 
PREJUDICADO É UM DOS 
CONTRATANTES 
 
VÍCIO NA 
VONTADE EXTERIORIZADA 
 
PREJUDICADO É UM 
TERCEIRO 
 192
Prescrição x Decadência 
Regulam a perda de um direito pelo decurso de tempo em função da inércia ou 
desinteresse do titular do direito 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Diferenças 
PRESCRIÇÃO DECADÊNCIA 
 
⤷ Interesse PRIVADO 
⤷ RENUNCIÁVEL 
⤷ Pode ser alegada em qualquer grau de jurisdição 
⤷ Juiz PODE conhecer de ofício 
⤷ Prazos admitem suspensão e interrupção 
 
⤷ Interesse PÚBLICO 
⤷ Não admite renúncia 
⤷ Conhecida a qualquer tempo 
⤷ Juiz DEVE conhecer de ofício 
⤷ Não admitem suspensão e interrupção 
» Perde/interrompe a possibilidade de exigir 
judicialmente um direito por causa da inércia do 
titular durante lapso de tempo. 
 
EXTINGUE A PRETENSÃO 
 
1) Prescrição EXTINTIVA: 
Perda da reinvindicação do direito, faz desaparecer 
os direitos. 
2) Prescrição INTERCORRENTE: 
O processo fica parado no decurso, sem justa 
causa, caracterizando o desinteresse do autor 
3) Prescrição AQUISITIVA: 
Corresponde à usucapião (necessária a posse do 
novo dono) 
4) Prescrição ORDINÁRIA: 
Art. 205, CC. 
10 anos quando a lei não fixar outro prazo 
5) Prescrição BIENAL: 
Art. 206, CC 
O prazo prescricional é previsto pontualmente em 
lei. 
Pode ser arguida: Pelas partes, Juiz, MP ou curador. 
 
 
» Perda do direito pelo decurso do prazo: PERDEU O 
PRAZO, EXTINGUIU O DIREITO. 
 
EXTINGUE O DIREITO 
 
1) Decadência LEGAL: 
Prazo fixado em lei, reconhecido pelo juiz, de ofício. 
IRRENUNCIÁVEL. 
2) Decadência CONVENCIONAL: 
Prazo eleito e fixado pelas partes. 
Não pode ser alegado pelo juiz 
RENUNCIÁVEL 
 
 
 
193
Obrigações 
Modalidades 
 
 
 
 
 
 
 
 
Transmissão 
 
 
 
 
 
» FONTES: 
a) Imediatas = lei 
b) Mediatas = negócio jurídico bilateral (contrato), unilateral (promessa de recompensa) e atos ilícitos 
 
» CLASSIFICAÇÃO: 
a) Positivas: DAR Coisa Certa = coisa individualizada = entrega (tradição) 
 Coisa Incerta = coisa indeterminada 
 FAZER Fungível = Ex: obrigação de pintar um muro 
 Infungível = Ex: contratar cirurgião famoso para fazer uma cirurgia 
b) Negativas: 
NÃO FAZER Ex: inquilina se obriga a não trazer animais domésticos para o cômodo do alugado. 
 
1) Obrigação de dar coisa certa: 
Perecimento sem culpa: resolução 
 com culpa: equivalente + perdas e danos 
Deterioração sem culpa: resolução ou abatimento 
 Proporcional 
 com culpa: resolução + perdas e danos 
 ou 
 abatimento propor. + perdas 
 e danos. 
 
 
2) Coisa incerta = gênero + quantidade 
 Coisa certa = gênero + quantidade + qualidade 
 
3) Fazer infungível sem culpa: resolução 
 com culpa: tutela específica + 
 perdas e danos ou perdas e danos 
4) Não fazer 
⤷ sem culpa: resolve 
⤷ com culpa: desfazimento + perdas e danos ou perdas 
e danos. 
 
CESSÃO DE CRÉDITO: 
Negócio jurídico bilateral, o 
credor transfere a outrem 
seus direitos da obrigação. 
Partes: 
1) Cedente: credor que 
transfere 
2) Cessionário: terceiro 
que recebe 
3) Cedido: devedor 
Espécies: 
1) Convencional 
2) Legal 
3) Judicial 
ASSUNÇÃO DE DÍVIDA: 
Negócio jurídico bilateral, o devedor, com 
consentimento expresso ou tácito de credor, 
transfere a um terceiro os encargos da 
obrigação. 
SUBSTITUIÇÃO DO DEVEDOR: 
Casos: 
1) Por expromissão: 
O novo devedor assume a dívida por vontade 
própria, o devedor originário não fica sabendo. 
2) Por delegação: 
O devedor primitivo transfere o débito a 
terceiro, mediante consentimento do credor. 
CESSÃO DE CONTRATO: 
É a transferência da inteira posição 
ATIVA e PASSIVA, do conjunto de 
direitos e obrigações de que uma 
pessoa é titular, vindos de um 
contrato não executado. 
 
Cedente transfere ao cessionário 
créditos e débitos 
 
» Circulação do contrato 
» Estranho ingressa na relação 
contratual 
» Substituição dos primeiros 
contratantes. 
 194
Adimplemento 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
PAGAMENTO EM CONSIGNAÇÃO: 
Depósito, pelo devedor, da coisa devida, 
para liberar-se da obrigação. 
⤷ Dinheiro / Depósito extrajudicial / 
Ajuizamento da ação. 
 
 
PAGAMENTO COM SUB-ROGAÇÃO: 
Substituição de uma pessoa ou de coisa 
por outra a relação jurídica. 
⤷Espécies: 
Pessoal/Real/Legal/Convencional 
⤷ Efeitos: Liberatório/Translativo 
⤷ Sub-rogação parcial: crédito dividido 
em 2 partes. 
 ⤷ Paga ou não paga 
 
IMPUTAÇÃO AO 
PAGAMENTO: 
Um devedor obrigado por 2 ou 
mais débitos a um só credor, 
puder indicar a qual deles 
oferece pagamento. 
1) Por indicação do devedor 
2) Vontade do credor 
3) Legal 
*O pagamento cobre um dos 
débitos 
⤷ Requisitos: 
I) Pluralidade de débitos 
II) Identidade de partes 
III) Natureza igual das dívidas 
IV) Débitos líquidos e vencidos 
 
DAÇÃO EM PAGAMENTO: 
Acordo de vontades. 
Credor concorda em receber 
quantia diversa do devedor. 
⤷ Extingue a obrigação 
⤷ Substituição poder ser: 
I) Dinheiro por bem móvel ou imóvel 
II) Uma coisa por outra 
III) Dinheiro por título de crédito 
IV) Coisa por obrigação de fazer 
COMPENSAÇÃO: 
Duas ou mais pessoas forem, ao 
mesmo tempo, credoras e 
devedoras ou mais das outras. 
Forma: Total ou Parcial 
 
Espécies: Legal, Convencional ou 
Judicial. 
NOVAÇÃO: 
Criação de obrigação nova para 
extinguir uma anterior. 
I) Extingue obrigação antiga 
II) Cria uma nova obrigação 
 
⤷ Requisitos: 
Existência de obrigação anterior 
Constituição de nova obrigação 
Acordo de vontades 
 
⤷ Espécies: 
Objetiva ou real 
Subjetiva ou pessoal 
Mista 
 
CONFUSÃO: 
Quando em uma mesma pessoa se 
confundam as qualidades de credor 
e devedor. 
⤷ Extinção do crédito 
 
⤷ Espécies: Total ou Parcial 
 
⤷ Características: 
Ato inter vivos: cessão de crédito 
Causa mortis: herdeiro é, ao 
mesmo tempo, credor e devedor 
do falecido. 
REMISSÃO DA DÍVIDA: 
⤷ Perdão do débito 
⤷ Direito exclusivo do credor 
⤷ Ato bilateral, depende de 
aceitação do devedor 
 
⤷ Espécies: 
Objeto: Total ou Parcial 
⤷ Forma: Expressa, tácita ou 
presumida. 
 
⤷ É possível a remissão em caso 
de solidariedade passiva, que é 
concedida a um dos codevedores. 
195
Inadimplemento 
 
 
 
 
 
 
 
 
Contratos (Parte geral) 
Negócio jurídico, que por acordo de vontades, tem a finalidade de adquirir, resguardar, 
modificar ou extinguir relações jurídicas. 
 
 
 
 
 
⤷ Formas: 
a) Culposo 
b) Fortuito 
⤷ Espécies: 
a) Absoluto 
b) Relativo ou mora 
 
1. MORA: 
Atraso do cumprimento da 
obrigação. 
 
⤷ Espécies: 
» Mora ex re 
» Mora ex persona (mora 
do devedor) 
 
Mora solvendi 
Mora accipiendi (mora do 
credor) 
 
⤷ Purgação da norma: 
purgar a mora é neutralizar 
os seus efeitos. 
2. PERDAS E DANOS: 
O equivalente em dinheiro referente ao 
dano suportado pelo

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.