A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
269 pág.
RESUMAPAS OAB

Pré-visualização | Página 49 de 50

credor, em virtude 
do descumprimento da obrigação. 
 
I) Dano positivo ou emergente 
II) Lucros cessantes 
 
⤷ Nexo de causalidade: inexecução da 
obrigação e prejuízo ao credor. 
 3. JUROS: 
Frutos ou rendimentos do capital 
empregado. 
⤷ Espécies: Juros compensatórios 
Juros moratórios 
Convencionais 
Legais 
Simples 
Compostos 
4. CLÁUSULA PENAL: 
Obrigação acessória, reforça o 
cumprimento por acarretar punição ao 
inadimplente. 
⤷ Multa contratual ou pena 
convencional 
⤷ Funções: coercitiva ou ressarcitória 
⤷ Espécies: compensatória ou moratória 
⤷ Limite: não pode ultrapassar o valor 
da obrigação. 
 5. ARRAS: 
Quantia ou coisa entregue por um dos 
contraentes ao outro para: 
I) Arras confirmatórios 
II) Arras penitenciais 
⤷ Funções: 
» Garantir o cumprimento do contrato 
(I) 
» Pré-estipulação das perdas e danos (II) 
» Atuar como começo de pagamento 
(ambos os feitos). 
VALIDADE 
» Requisitos: 
1) Capacidade das partes: 
 
 
2) Objeto: 
 
 
 
3) Forma: Regra livre 
 Quando a lei exigir solene 
 
4) Consentimento: recíproco entre partes (2 ou mais pessoas) isentas de vícios 
 
Genérica: capacidade plena entre partes de contratar 
Especial: capacidade exigida por lei em certos casos 
1) Lícito 
2) Possibilidade física ou jurídica do objeto 
3) Determinação de seu objeto 
4) Economicamente apreciável 
196
Princípios 
 
 
 
 
 
 
 
Classificação dos contratos 
 
 
 
 
 
 
 
1) AUTONOMIA DE VONTADE: 
» Liberdade de contratar 
» Liberdade contratual: estipular conteúdo 
e características. 
 
2) SUPREMACIA DA ORDEM 
PÚBLICA: 
O interesse privado NÃO pode prevalecer 
sobre o interesse público. 
 
3) CONSENSUALISMO: 
Acordo de vontades 
 
4) OBRIGATORIEDADE: 
Uma vez firmado, se torna obrigatório. 
INTERPRETAÇÃO 
DO CONTRATO: 
Precisar o sentido e 
alcance das cláusulas 
pactuadas. 
 
I) Declaratória: 
intenção comum 
 
II) 
Construtiva/integrativ
a: 
Aproveitamento do 
contrato. 
5) RELATIVIDADE DOS EFEITOS DOS 
CONTRATOS: 
» O contrato não produz efeitos contra todos. 
» Não beneficia e nem prejudica TERCEIROS. 
⤷ Exceções: interpartes e eficácia erga 
omnes. 
 
6) REVISÃO DOS CONTRATOS: 
» Exceção a obrigatoriedade 
» Admitida nos casos de execução continuada 
ou diferida em ração de imprevistos ou 
acontecimentos extraordinários. 
 
7) BOA-FÉ: 
1) Subjetiva: concepção psicológica 
Atos conforme regras do direito 
2) Objetiva: comportamento socialmente 
esperado 
⤷ Lealdade/Honestidade, etc... 
 
 
1) EFEITOS: 
I) Unilaterais: não há 
contraprestação 
II) Bilaterais: obrigações para 
ambos 
III) Plurilaterais: mais de duas 
partes 
IV) Gratuitos: benéficos (Ex: 
doação, depósito, comodato). 
V) Onerosos: contraentes 
obtêm proveito (Ex: compra e 
venda; Locação). 
 
2) FORMAÇÃO: 
I) Paritários: igualdade de forças 
entre os contratantes 
II) Adesão: preponderância de 
vontade de um dos 
contratantes. 
3) RISCOS: 
1) Comutativos: 
Todas as obrigações são certas e 
determinadas. 
Ex: compra e venda 
2) Aleatórias: 
Não há certeza quanto ao valor da 
obrigação. 
Ex: Seguro. 
4) EXECUÇÃO: 
I) Instantâneo: 
Contratos de execução única. 
II) Diferidos: 
Cumpridos em um só ato, mas 
futuro. 
III) Trato sucessivo: 
Contratos de execução 
continuada. 
Ex: Locação. 
4) FORMA: 
I) Solenes: forma especial, prevista em lei. 
II) Não solenes: livre formação 
III) Consensuais (não solenes): 
Formam-se unicamente pelo acordo de 
vontades. 
⤷ Independem de entrega da coisa ou 
forma especial. 
IV) Reais: 
Apenas se aperfeiçoam com a entrega da 
coisa. 
Ex: Depósito; Comodato; Mútuo e Penhor . 
5) VÍNCULO: 
I) Principais: existem por si. 
Ex: Locação imobiliária; Compra e venda. 
II) Acessórios: existência é subordinada à 
do principal. 
Ex: Fiança para garantir a locação. 
III) Derivados: subcontratos. 
Ex: Contratos de sublocação. 
 
 
197
Formação dos contratos 
Pressupõe a ocorrência de duas manifestações de vontades 
 
 
 
 
 
 
Vícios Redibitórios 
 
 
 
 
 
 
 
1) PROPOSTA: 
» Oferta, policitação ou oblação 
» Negócio jurídico unilateral 
⤷ Receptícia: só produz efeitos ao ser recebida. 
⤷ Vinculação das partes: vincula o proponente. 
⤷ Proposta não obrigatória: sujeita a confirmação. 
⤷ Oferta ao público: art. 429, CC. 
 
2) CONCLUSÃO: 
I) Entre presentes: 
Com ou sem prazo. 
 
II) Entre ausentes: teoria da expedição. 
Adotada pelo Código Civil, prevê que é necessário 
que a resposta seja expedida. 
3) ACEITAÇÃO: 
Concordância com os termos da proposta. 
» Expressa ou tácita. 
» Inexistência de força vinculante de aceitação. 
» Contraproposta: art. 431, CC. 
 
4) CELEBRAÇÃO: 
» Art. 435, CC. 
» Considera-se celebrado o contrato no lugar em que 
foi proposto. 
 ⤷ As partes podem dispor de modo diverso. 
 
» Partes podem eleger foro competente. 
» Defeito oculto na coisa recebida em razão de contrato comutativo que (art. 441, CC): 
1) Torna a coisa imprópria ao uso que se destina 
2) Diminui-lhe o valor 
» Requisitos: 
1) Coisa recebida por contratos comutativos ou doação onerosa 
2) O defeito seja oculto 
3) O vício exista no momento da celebração do contrato 
4) Desconhecidos do adquirente 
5) O vício seja grave 
» Efeitos (art. 442, CC): devolver coisa defeituosa ou abatimento do preço. 
⤷ Ação redibitória ou estimatória 
» Prazos (art. 445, CC): 
1) Ações edilícias decadenciais bem móvel: 30 dias e bem imóvel: 1 ano 
2) Contados da entrega da coisa Tradição adquirente na posse reduz metade 
3) Vício reconhecido após, conta-se da ciência bem móvel: 180 dias e bem imóvel: 1 ano 
4) Os prazos não correrão na constância de cláusula de garantia (art. 446, CC) 
» Responsabilidade do alienante: 
1) Boa-fé (art. 443, CC) 
2) Perecimento da coisa (art. 444. CC) 198
Evicção 
 
 
 
 
 
 
 
Extinção dos contratos 
Normal: o cumprimento libera o devedor e satisfaz o credor. 
Anormal: os contratos são extintos sem o cumprimento. 
 
 
 
 
 
 
» Perda da coisa por força de decisão judicial que 
atribui a terceiro direito sobre a coisa, em virtude de 
causa jurídica preexistente ao contrato. 
» Partes: alienante, evicto ou evictor. 
» Requisitos: 
1) Perda total ou parcial da propriedade 
2) Onerosidade na aquisição da coisa 
3) Ignorância pelo adquirente, de que a coisa era 
alheia 
4) Anterioridade do direito do terceiro 
5) Diminuição da lide ao alienante 
6) Perda da coisa em virtude de sentença judicial 
transitada em julgado 
» Espécies: 
Total: Perda total do bem 
Parcial: considerável (rescisão ou restituição da parte) 
ou não considerável (indenização) 
 
» Direitos do evicto: 
1) Restituição integral do preço 
2) Indenização dos frutos 
3) Indenização das despesas dos contratos 
4) Ressarcimento de custas e honorários 
5) Demais prejuízos ressarcidos ou indenizados. 
 
» Responsabilidade pela evicção: 
⤷ Ausência de cláusula de exclusão de garantia. 
⤷ Cláusula expressa de exclusão de garantia. 
 
 
1) RESILIÇÃO: 
Dissolução do vínculo 
contratual por acordo de 
vontades dos 
contratantes. 
⤷ Bilateral: distrato 
⤷ Unilateral: denúncia 
 
*Em caso de óbito, se for 
personalíssima, também 
é causa de extinção. 
2) RESOLUÇÃO: 
Inadimplemento culposo 
por um dos 
contratantes que gere 
prejuízo à contraparte. 
 
3) RESCISÃO: 
Dissolução de contratos 
em que: 
 
I) Ocorreu lesão 
II) Foram celebrados em 
estado de perigo. 
4) SEM CUMPRIMENTO: 
Causas anteriores ou durante: 
⤷ Nulidades 
⤷ Cláusula resolutiva 
⤷ Direito do arrependimento 
 
Causas supervenientes: 
⤷ Resilição 
⤷ Morte de um dos 
contratantes 
⤷ Rescisão 
199
Contratos em espécie 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
1) COMPRA E VENDA (art. 481 a 532, CC): 
Coisa 
Preço 
Consenso 
 
2) DOAÇÃO: (art. 538 a 554, CC) 
⤷ Transferência gratuita

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.