A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Questões sobre os Anti-inflamatórios + gabarito

Pré-visualização | Página 1 de 1

Anti-inflamatórios
1. Após jogar golfe, um homem de 64
anos sente dor musculosquelética de leve
a moderada nas costas. Ele tomou
paracetamol, mas não melhorou. Sua
anamnese revela diabetes, hipertensão,
hiperlipidemia, úlcera gástrica (resolvida)
e doença arterial coronariana. Qual dos
seguintes regimes com AINEs é o mais
apropriado para tratar a dor desse
paciente?
A. Celecoxibe.
B. Indometacina e omeprazol.
C. Naproxeno e omeprazol.
D. Naproxeno.
3. Um homem de 64 anos apresenta sinais
e sintomas de gota aguda. Seu médico
deseja tratá-lo de modo a diminuir os
sintomas. Qual das seguintes estratégias
seria a MENOS provável de melhorar os
sintomas de gota e a dor?
A. Naproxeno.
B. Colchicina.
C. Probenecida.
D. Prednisona.
4. Qual dos seguintes fármacos para
cefaleia é contraindicado para pacientes
com doença vascular periférica?
A. Ergotamina.
B. AAS.
C. Paracetamol.
D. Naproxeno
E. Ibuprofeno.
5. Qual o mecanismo de ação dos anti-
inflamatórios não esteroidais (AINE)? E
quais efeitos eles causam?
____________________________________
____________________________________
____________________________________
____________________________________
____________________________________
____________________________________
____________________________________
____________________________________
____________________________________
____________________________________
6. Qual a diferença dos AINES seletivos e
não-seletivos?
____________________________________
____________________________________
____________________________________
____________________________________
____________________________________
____________________________________
____________________________________
____________________________________
____________________________________
7. Por que os AINE não seletivos causam
reações gástricas?
____________________________________
____________________________________
____________________________________
____________________________________
____________________________________
8. Qual o mecanismo de ação dos anti-
inflamatórios esteroidais e quais seus
efeitos colaterais?
____________________________________
____________________________________
____________________________________
____________________________________
____________________________________
____________________________________
____________________________________
____________________________________
9. Os anti-inflamatórios não esteroidais
(AINES) representam uma classe de
fármacos de uso amplamente difundido
ao redor do mundo. Sua principal
indicação é para o tratamento da dor nos
processos inflamatórios agudos e
crônicos causando analgesia e agindo
Anti-inflamatórios
como antipirético. Considere as
afirmativas a seguir sobre a ação dos
AINES:
I Os inibidores seletivos da COX-2, além
de inibirem a cicloxigenase, também
apresentam ação sobre a lipoxigenase
aumentando sua eficácia terapêutica.
II O naproxeno, a nimesulida, o meloxicam
são inibidores seletivos da COX-2, mas
também apresentam ação sobre a COX-1.
III A inibição da COX-1 pelos AINES não
seletivos apresenta como principal efeito
adverso lesão à mucosa gástrica pela
inibição da síntese de PGI2 e PGE2.
IV Os coxibes são anti-inflamatórios muito
seguros pois não atuam na COX-1, não
provocam lesão na mucosa gástrica nem
apresentam risco cardiovascular e vêm
substituindo os AINES tradicionais.
Estão corretas as afirmativas
A. II e III.
B. I e II.
C. III e IV.
D. I e IV.
Texto para as questões 10 e 11
A inflamação é uma reação do tecido
vascularizado a uma injúria local causada por
agentes físicos, como trauma mecânico,
radiação, calor e frio; químicos, como
substâncias irritantes, álcalis e outros; e
biológicos, como fungos, bactérias, vírus ou
protozoários. Muito embora esse mecanismo
de defesa seja geralmente benéfico, efeitos
maléficos indesejáveis são comuns. Esses
efeitos indesejáveis são ocasionados por
uma resposta excessiva que pode causar
lesão tecidual progressiva. Nesses casos,
fármacos anti-inflamatórios ou
imunossupressivos podem ser necessários
para modular o processo inflamatório.
10. Com base no texto acima, assinale a
opção correta, a respeito dos
anti-inflamatórios não-esteroidais (AINEs).
A. Os AINEs atuam na biossíntese das
prostaglandinas, agindo diretamente na
inibição de enzimas da via da ciclooxigenase.
B. Os fármacos anti-inflamatórios não-
esteroidais constituem um grupo de
substâncias relacionadas quimicamente entre
si.
C. O paracetamol é um exemplo de AINE
com alta atividade anti-inflamatória.
D. A aspirina possui efeitos anti-inflamatório,
antipirético e analgésico na sua forma de
ácido acetilsalicílico.
11. Ainda com base no texto, assinale a
opção correta quanto aos anti-
inflamatórios esteroidais.
A. A prednisona pode ser administrada na
forma de uma pró-droga, como é o caso da
prednisolona, que é rapidamente convertida
em prednisona no organismo.
B. A diferença na atividade anti-inflamatória
dos corticosteroides sintéticos e naturais
decorre da baixa metabolização no fígado e
consequentemente do aumento da meia vida
dos compostos sintéticos.
C. A hidrocortisona e a dexametasona são
exemplos de corticosteroides endógenos.
D. Moléculas são classificadas como esteróis
devido à presença de grupamentos - NH3
nas cadeias laterais.
Gabarito
1 – C
2 – C
3 – A
4 – D
5 – Os AINES agem inibindo a enzima
ciclooxigenase (COX), interrompendo o
metabolismo do AA em prostanoides, logo,
reduzindo a resposta inflamatória e também
a dor.
Anti-inflamatórios
6 – AINES seletivos: terão ação significativa
apenas as enzimas COX-2 ou para COX-1
AINES não seletivos: terão ação tanto na
COX-1 quanto na COX-2
7 – Os AINES não seletivos ligam-se apenas
na isoenzima COX-2, evitando assim as
reações adversas vindas da ação inibitória
dos receptores na COX-1, enzima muito
importante na proteção gástrica
8 – Os anti-inflamatórios esteroidais irão agir
na enzima fosfolipase-A2, suprimindo a
reposta inflamatória, reduzindo produção de
vários mediadores da inflamação.
Seus efeitos colaterais são preocupantes, por
isso deve ser administrado com cautela,
entre esses efeitos adversos, temos:
hiperglicemia, insônia, nervosismo, fraqueza
muscular, hipertensão, atraso no crescimento
e risco de ulcera pépticas
9 – A
10 – A
11 – B