A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
19 pág.
HISTOLOGIA DO SISTEMA URINÁRIO

Pré-visualização | Página 1 de 2

HISTOLOGIA DO SISTEMA
URINÁRIO
Introdução
» dois rins, dois ureteres, a bexiga e a uretra
» urina é produzida nos rins e sai dele para passar pelos ureteres até a bexiga ( onde é
armazenada temporariamente ) e é lançada ao exterior pela uretra
» funções gerais :
- contribui para a manutenção da homeostase: produzindo a urina, por meio da
qual são eliminados diversos resíduos do metabolismo e água, eletrólitos e não
eletrólitos em excesso no meio interno por meio da :
+ filtração
+ absorção ativa
+ absorção passiva
+ secreção
- secreção hormonal , como a renina que controla a pressão sanguínea e o
hormônio eritropoetina que estimula a produção de eritrócitos
- regulação da pressão sanguínea
- estimula produção de hemácias
Partes do Rim
» Hilo: região onde entram e saem vasos sanguíneos , entram nervos e saem o
ureteres
- possui tecido adiposo
- possui cálices : quando reunidos formam a pélvis renal
» Cápsula: formado de tecido conjuntivo denso
» Córtex renal: onde tem corpúsculo renal e néfrons
» Medula renal: ausência de corpúsculo renal
- formada por pirâmides medulares ( de malpighi )
- as pirâmides possuem saliências conhecidas como : papilas
- as papilas são perfuradas por orifícios : área crivosa
» lobo: formado por uma pirâmide + tecido cortical
» lóbulo : raio medular + tecido cortical
» tubúlo irinífero : néfron + túbulo coletor
Partes do Néfron: em ordem por onde a urina passa.
» Corpúsculo renal ou de malpighi
- parte dilatada
- formado pelo glomérulo que é envolvido pela cápsula de bowman :
+ os capilares glomerulares são do tipo : fenestrado , sem diafragmas nos
poros das células endoteliais
+ a membrana glomerular é constituída por 3 camadas :
1) lâmina rara interna : aparece clara nas lâminas e próxima as
células endoteliais
2) lâmina densa : possui colágeno tipo 4
3) lâmina rara externa : aparece clara e externamente ao ao lúmen
capilar fazendo contato com os podócitos
+ o filtrado glomerular forma-se pela pressão hidrostática do sangue que
se opõe a pressão osmótica . possui concentrações de cloreto , glicose
ureia e fosfato
+ células encontradas no glomérulo
1) podócito
2) mesangiais : localizada entre os capilares , são contráteis e
possuem receptores para
- angiotensina II,a ativação desses receptores reduz o
fluxo sanguíneo glomerular.
- o hormônio ou fator natriurético : é um vasodilatador e
relaxa as células mesangiais, aumentando o volume de
sangue nos capilares e a área disponível para filtração.
- a outras funções: garantem suporte estrutural ao
glomérulo, sintetizam a matriz extracelular, fagocitam e
digerem substâncias normais e patológicas
- a cápsula de bowman possui dois folhetos e entre eles existe o espaço capsular
- folheto:
+ externo/parietal da cápsula de bowman : epitélio simples pavimentoso
apoiado na lâmina basal e em uma fina camada de fibras reticulares
+ interno : modifica-se durante o período embrionário possuindo
características próprias . células conhecidas como : podócitos
↪ podócitos :
1) possuem prolongamentos primários
2) possuem prolongamentos secundários : entre eles possui
espaços conhecidos como fendas de filtração que são fechados
por uma membrana rica na proteína nefrina
3) possuem actina e , consequentemente , apresentam mobilidade
4) se localizam na membrana basal por meio de proteínas
integrinas
- o corpúsculo possui :
+ o polo vascular : penetra a arteríola aferente que se ramifica em vários
capilares formando alças e sai a eferente
+ polo urinário : início do túbulo contorcido proximal
» Túbulo contorcido proximal;
- folheto parietal da cápsula de Bowman se continua com o epitélio cuboide ou
colunar baixo do túbulo contorcido proximal
- maior que o distal
- As células do túbulo proximal têm o citoplasma basal fortemente acidófilo em
razão de numerosas mitocôndrias alongadas.
- citoplasma apical com microvilos : formam a orla em escova
- três a quatro núcleos esféricos.
- lumens amplos e são circundados por muitos capilares sanguíneos
- O citoplasma apical das células dos túbulos proximais contém canaliculos que
partem da base dos microvilos e aumentam a capacidade de o túbulo proximal
absorver macromoléculas.
- Na sua parte basal, essas células apresentam abundantes mitocôndrias
» Alça de Henle espessa (túbulo reto proximal);
» Alça de Henle delgada descendente;
» Alça de Henle delgada ascendente;
» Alça de Henle espessa (túbulo reto distal);
imagens :
células justaglomerulares
bexiga urinária
ureter
» Túbulo contorcido distal;
» Túbulo conector;
» Ducto coletor.
Tipos de Néfrons;
» Subcapsular
» Intermediário
».Justamedular
Lobo Renal: pirâmide renal + região cortical; equivale à quantidade de pirâmides
» Pirâmide renal;
» Papila renal: ápice da pirâmide invertida, presença de grande quantidade de ductos
coletores
» Ápice da papila renal (Área Cribiforme): cheia de perfurações; armazenamento
temporário de urina; epitélio de revestimento de transição (urotélio- ta em todo o
sistema urinário)
» Cálice menor: primeiro lugar que a urina chega quando sai do rim
»presente dentro dos lobos; porção central com ducto coletor (raios medulares);
perifericamente corpúsculos renais.
Corpúsculo Renal: folheto parietal do corpúsculo –mais externo 7.1. Cápsula de
Bowman (Camada Parietal + Camada Visceral)
» Espaço da cápsula de Bowman (Espaço Urinário): o resto que não é aproveitado
» Pólo vascular (Artérias aferentes e eferentes)
» Pólo Urinário (Presença de Urina inicial)
» Glomérulo renal: rede de capilares; onde é filtrado
» Capilares sanguíneos
» Podócitos: revestem os capilares, ou seja, constituem o folheto visceral 7.5.3. Células
Mesangiais
Os túbulos contorcidos proximais se caracterizam pelo lúmen amplo e corado pela
eosina. No meio, é um glomérulo e as células mais volumosas e clarinhas em volta
são os podócitos. O asterisco representa a fenda por onde o sangue passa
Aparelho Justaglomerular
» Células mesangiais justaglomerulares: ficam entre um capilar e outro e nas porções
centrais do glomérulo porque são responsáveis pela estrutura do glomérulo renal.
Fazem a comunicação entre os capilares ou entre um podócito e um capilar. É uma
célula de sustentação e também fazem fagocitose.
» .Célulasjustaglomerulares: células que estão fora do corpúsculo, compondo o
sistema renina angiotesina, etc
Funções dos Túbulos renais
» Túbulo contorcido proximal
- .Realiza absorção intensa e transporte de líquidos;
- Apresenta borda ou orla em escova na porção apical da célula e lúmen
“sujinho”
- Presença de estrias basais (Mitocôndrias).
Porção espessa da Alça de Henle descendente (Túbulo reto proximal) 9.5.Borda em
escova menos desenvolvida e não tem lúmen sujinho 9.6.Menor quantidade de
mitocôndrias;
- Recupera sódio e glicose.
Porção delgada da Alça de Henle
- Ramo descendente delgado (Absorção de água/ Permeável a água); 9.9. Ramo
ascendente delgado (Permeável ao sódio e cloro);
- Captação da Ureia.
- Sempre vai ser na região medular
- Parece um grampo de cabelo
- Núcleos redondos diferem dos capilares
Porção espessa da Alça de Henle ascendente (Túbulo reto distal)
» Reabsorção de muitos íons (Ca; Mg; Cl; K)
9.16. Tem uma porção na medular e outra na cortical
nesta imagem pode-se observar os
dois tipos de alças, a mais espessa tem endotélio mais espesso e a delgada tem mais
fino.
Túbulo Contorcido Distal
» Secreção de Amônia;
» Reabsorção de Na, íons bicarbonato, Cl.
se identificar o corpúsculo renal e próximo tiverem esses túbulos mais claros, é o
túbulo contorcido distal. Se encosta no corpúsculo renal
Túbulo Conector:
» liga o distal ao coletor
» Secreção de Potássio;
» Conecta o túbulo contorcido distal ao ducto coletor.
Ducto Coletor
»Determina a osmolaridade final da urina
separação entre uma célula e outra e lúmen amplo
Vias excretoras
» Cálice Menor;
» Cálice Maior;
» Pelve renal;
» Ureteres;
» Bexiga.
Ureteres e Bexiga
» Camada Mucosa (Epitélio de transição + Lâmina Própria);
» Camada Muscular lisa (Longitudinal interna e Circular