A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
92 pág.
DISJUNTOR SF6

Pré-visualização | Página 4 de 10

seja possível a 
introdução dos quatro parafusos de 
fixação do mecanismo de operação nos 
respectivos furos do chassis. 
 
- Colocar as arruelas U e as porcas M e 
apertá-las com a mão até o fim. 
 
 
 
 
 
Fig. 1
Fig. 2
 
 
 
Emissão nº 04 42.020.087P/27 
MONTAGEM 
 
Fig. 3 
 
- Abaixar o dispositivo de suspensão até 
que o mecanismo de operação seja 
sustentado unicamente pelos quatro 
parafusos de fixação. 
 
- Apertar as porcas M sucessivamente, na 
seguinte ordem: I, II, III, IV. 
 
- Não retirar a trava K da alavanca de rolo 
70.14, mas, ao contrário, tensioná-la 
com força para manter o mecanismo de 
operação a mola 70.00 na posição 
“disjuntor aberto.” 
 
 
 
 
 
 
Fig. 3
 
 
 
Emissão nº 04 42.020.087P/28 
MONTAGEM 
 
Montagem dos Pólos 
 
Fig.1 
 
- Montar as telas 61.03 na alavanca de 
transmissão 70.01 do mecanismo de 
operação 70.00. O lado A visto do 
mecanismo, com a haste 61.02 acoplada 
à direita e, o lado B à esquerda. 
Introduzir o pino 61.04. engraxado. 
- Fixar as cupilhas P no pino. 
 
Fig. 2 
 
- Montar os pinos com olhal W 134 nas 
superfícies de conexão do polo 10.00 
com a identificação “b”, fixar o 
dispositivo de suspensão w133 e 
suspender o pólo, cuidadosamente, com 
o auxílio de um guincho. 
 
- Limpar, cuidadosamente, a superfície de 
apoio do polo 10.00 e chassi 60.00. 
Proteger a superfície contra corrosão, 
de acordo com as “INSTRUÇÕES PARA 
LUBRIFICAÇÃO”, em anexo. 
 
- Quando o pólo 10.00 estiver próximo de 
sua posição de montagem, girá-lo de 
maneira a evitar que a alavanca de 
acionamento 40.05 bata no chassi 60.00. 
Baixar o pólo “b” lentamente sobre o 
chassi 60.00 e atrás do mecanismo de 
operação 70.00 tomando muito cuidado 
para evitar danos à tubulação de gás 
montada no chassi 60.00. Prender o 
pólo com 4 parafusos previamente 
lubrificados, mas não apertá-los ainda. 
 
 
Fig. 2
Fig. 1
 
 
 
Emissão nº 04 42.020.087P/29 
MONTAGEM 
 
Fig. 1 
 
- Conectar as talas 61.03, a alavanca de 
acionamento 40.05 e a haste de 
acionamento 61.01, com o pino 61.05 
lubrificado. Para isso, movimentar o 
pólo 10.00 sobre o chassi 60.00 para 
uma posição tal que o pino 61.05 possa, 
facilmente, ser inserido nos furos de 
trás, para a frente. Colocar as cupilhas P. 
 
- Apertar os parafusos S de fixação do 
pólo 10.00. Assegurar-se que os pinos 
61.04 e 61.05 estejam girando 
livremente após o aperto do parafusos 
S. 
 
Fig. 2 
 
- Montar os pinos com olhal W134 nas 
superfície de conexão do pólo 10.00 
com a identificação “a”, fixar o 
dispositivo de suspensão W133 e 
suspender o pólo, cuidadosamente, com 
o auxílio de um guincho. 
 
- Limpar, cuidadosamente, a superfície de 
apoio do pólo 10.00 e chassi 60.00. 
Proteger a superfície contra corrosão, 
de acordo com as “INSTRUÇÕES PARA 
LUBRIFICAÇÃO”, em anexo. 
 
- Quando o pólo 10.00 estiver próximo de 
sua posição de montagem, girá-lo de 
maneira a evitar que a alavanca de 
acionamento 40.05 bata no chassi 60.00. 
Baixar o pólo “a” lentamente sobre o 
chassi 60.00, tomando muito cuidado 
para evitar danos á tubulação de gás 
montada no chassi 60.00. Prender o 
pólo com 4 parafusos S, previamente 
lubrificados, mas não apertá-los ainda. 
 
- Conectar a haste de acionamento 61.01 
à alavanca de acionamento 40.05 com o 
pino lubrificado 61.05. Para isso, 
movimentar o pólo 10.00 sobre o chassi 
60.00 para uma posição tal que o pino 
61.05 possa, facilmente ser inserido nos 
furos de trás para frente. Colocar com 
travas a cupilhas P. 
- Apertar os parafusos S de fixação do 
pólo 10.00. assegurar-se que os pinos 
 
 
 
Emissão nº 04 42.020.087P/30 
61.05 estejam girando livremente após 
o aperto dos parafusos S. 
 
 
 
 
Emissão nº 04 42.020.087P/31 
MONTAGEM 
 
Fig. 1 
 
- Montar os pinos com olhal W134 nas 
superfícies de conexão do pólo 10.00 
com a identificação “c” fixar o 
dispositivo de suspensão e suspender 
W133 pólo, cuidadosamente, com o 
auxílio de um guincho. 
 
- Limpar, cuidadosamente, a superfície de 
apoio do pólo 10.00 e chassi 60.00. 
Proteger a superfície contra corrosão, 
de acordo com as “INSTRUÇÕES PARA 
LUBRIFICAÇÃO”, em anexo. 
 
- Quando o pólo 10.00 estiver próximo de 
sua posição de montagem, girá-lo de 
maneira a evitar que a alavanca de 
acionamento 40.05 bata no chassi 60.00. 
Baixar o pólo lentamente sobre o chassi 
60.00, tomando muito cuidado para 
evitar danos à tubulação de gás 
montada no chassi 60.00. Prender o 
pólo com 4 parafusos S previamente 
lubrificados, mas não apertá-los ainda. 
 
- Conectar a haste de acionamento 61.02 
à alavanca de acionamento 40.05 com o 
pino lubrificado 61.05. Para isso, 
movimentar o pólo 10.00 sobre o chassi 
60.00 para uma posição tal que o pino 
61.05 possa, facilmente, ser inserido nos 
furos de trás para a frente Colocar e 
travar as cupilhas P. 
 
- Apertar os parafusos S de fixação pólo 
10.00. Assegurar-se que os pinos 61.05 
estejam girando livremente após o 
aperto dos parafusos S. 
 
 
Fig. 2 
 
- Retirar o arame de travamento K da 
alavanca de rolo 70.14 do mecanismo 
de operação 70.00. 
 
Dessa maneira, o disjuntor está ajustado na 
posição “DESLIGADO”. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Emissão nº 04 42.020.087P/32 
MONTAGEM 
 
Montagem de Sistema de Supervisão de Gás 
 
Fig. 1 
 
- Remover os bujões 80.22 das válvulas 
dos três pólos 10.00. A válvula de 
retenção R impede que o gás sob 
pressão de transporte escape. Verificar 
se cada pólo está efetivamente sob 
pressão, empurrando a válvula de 
retenção R com o dedo. 
 
Fig. 2 
 
- Retirar as capas protetoras V dos tubos 
de gás 80.05, 80.06 e 80.07, controlando 
a presença e o bom estado dos orings 
80.16, em todas as conexões 
rosqueadas. 
 
Fig. 3 
 
- Conectar o tubo de gás 80.05 ao pólo 
“a”. O gás purga pelo tubo 80.05 e flui 
através do densímetro 80.01 e os tubos 
80.06 e 80.07. 
 
- Conectar imediatamente o tubo 80.06 
ao pólo “b” e o tubo 80.07 ao pólo “c” 
durante o vazamento de gás. 
 
Caso um dos pólos 10.00 não esteja mais 
com sua pressão de transporte, proceder 
da seguinte maneira : 
 
- Terminar a montagem do disjuntor 
- Carregar o pólo abrigando-se de forma 
própria, uma pressão de 2 bar (0,2Mpa) 
e verificar sua estanquiedade através do 
detetor de vazamento W51 (ver capítulo 
“MONTAGEM - Enchimento de Gás”) 
 
 
 
 
 
- Entrar em contato com a ALSTOM T&D 
LTDA, para receber instruções. 
- Preparar novos adsorventes 21.06 e 
providenciar uma bomba de vácuo. 
 
- Trocar os adsorventes 21.06 dos três 
pólos 10.00. Fazer vácuo e enchê-los de 
gás (conforme capítulo “correção de 
defeitos”). Substituição do adsorvente. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Emissão nº 04 42.020.087P/33 
 
 
 
 
 MONTAGEM 
 
Fig. 1 
 
- Preparar a garrafa de gás SF6 W59 (1) e 
a conexão de enchimento W56. 
(1) ou o carrinho de enchimento de gás 
SF6 W55. 
Ou o carrinho de enchimento de gás 
SF6 com bomba de vácuo W53 
Ou o carrinho de serviço W54 
 
- Ligar a conexão W56, através da 
mangueira flexível W64, à válvula 
redutora de pressão W65 da garrafa de 
gás. 
 
- Aumentar lentamente a pressão sobre a 
válvula redutora W65 até atuar a válvula 
de segurança S. 
 
- Comparar a pressão do manômetro M 
com o valor de resposta indicada pela 
válvula de segurança S, levando-se em 
consideração as escalas de pressão 
respectivas de M e de S. Esta última é 
sempre dada em valor de sobrepressão 
em bar enquanto M pode ser uma 
pressão definida pelo cliente. 
 
- Repetir a operação duas ou três vezes 
para purgar a mangueira W64. 
 
- Fechar a torneira V da garrafa. Apertar 
com um dedo a válvula de retenção R 
da conexão de abastecimento W56, 
para abaixar a pressão da mangueira 
W64 à pressão atmosférica. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Fig. 1
 
 
 
Emissão nº 04 42.020.087P/34 
MONTAGEM 
 
Fig. 2 
 
- Soltar as porcas M do suporte 80.02 do 
densímetro e retirar a placa de fixação 
da válvula 80.08 bem como a tampa de 
vedação 80.09 com os orings 80.13 e 
80.25 e

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.