A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Série Botânica Adaptação foliares

Pré-visualização | Página 1 de 1

Série Botânica: Adaptações foliares 
As folhas estão presentes nos vegetais e são responsáveis pelo processo da 
fotossíntese. Muitos vegetais apresentam folhas modificadas para se adaptarem 
melhor ao ambiente em que vivem, e com isso garantem a descendência da 
espécie. 
 
Os espinhos presentes em algumas 
espécies de vegetais têm a função de reduzir a superfície de contato, e com isso 
impedir que a folha perca água. Nesses vegetais, a fotossíntese é realizada pelo 
caule. Os espinhos também ajudam na proteção da planta, mantendo os 
predadores à distância. Não confunda espinhos com acúleos. Os acúleos são 
projeções rígidas e pontudas que se formam na epiderme do caule. 
 
As brácteas são folhas modificadas encontradas 
na base do pedicelo das flores, ou inflorescências. Em algumas espécies de 
plantas em que as pétalas são pequenas ou até inexistentes, as brácteas são 
coloridas, e conseguem atrair animais polinizadores. 
 
As gavinhas foliares possuem um 
movimento chamado de tigmotropismo, e conseguem se enrolar a suportes para 
manterem-se fixas. 
 
Os catafilos, também chamados de 
escamas, são modificações encontradas na porção basal das folhas de algumas 
espécies vegetais. Essas escamas têm a função de proteger a gema da planta ou 
também de acumular substâncias nutritivas. 
 
Os cotilédones são as primeiras folhas 
embrionárias, e tem a função de armazenar substâncias nutritivas para alimentar 
o embrião da planta. 
 
Chamamos de filódio as folhas 
reduzidas que não possuem limbo, onde o pecíolo se achata fazendo as funções 
de limbo. 
 
As plantas carnívoras apresentam folhas modificadas que servem como 
armadilhas na captura de insetos e pequenos animais. Esses animais são 
digeridos por enzimas produzidas nas células das folhas. Após a digestão, os 
compostos liberados são absorvidos pela planta para completar a demanda de 
nitrogênio, raro no ambiente onde vivem essas espécies de planta. 
 
As folhas das plantas carnívoras são especializadas em digerir pequenos animais 
 
As adaptações foliares visam uma melhor adaptação do vegetal no ambiente