A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
37 pág.
N2 Desafios contemporaneios

Pré-visualização | Página 8 de 10

correta: Adoção de um modelo econômico justo, que objetive a preservação da natureza e de seus recursos para gerações vindouras – pois trata do objetivo central do desenvolvimento sustentável, de consumo consciente dos recursos naturais com os quais temos acesso.
	
	
	
 
· Pergunta 9
1 em 1 pontos
	 
	 
	 
	[...] Enclaves fortificados são espaços privatizados, fechados e monitorados para residência, consumo, lazer ou trabalho. Esses espaços encontram no medo da violência uma de suas principais justificativas e vêm atraindo cada vez mais aqueles que preferem abandonar a tradicional esfera pública das ruas para os pobres, os "marginais" e os sem-teto. Enclaves fortificados geram cidades fragmentadas em que é difícil manter os princípios básicos de livre circulação e abertura dos espaços públicos que serviram de fundamento para a estruturação das cidades modernas.
Fonte: CALDEIRA, Tereza. Enclaves fortificados: a nova segregação urbana. Revista Novos Estudos, 1997.
Dentro desta perspectiva, o fenômeno dos enclaves fortificados pode ser analisado dentro do contexto de:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
Segregação socioespacial.
	Resposta Correta:
	 
Segregação socioespacial.
	Feedback da resposta:
	Resposta correta: Trata-se de um processo de que causa a marginalização ou a periferização de determinados grupos sociais por fatores econômicos, históricos, sociais dentro do espaço das cidades. A origem deste fenômeno pode ser encontrada na divisão social do trabalho, que estabeleceu a formação de classes sociais, um dos exemplos desta realidade são os condomínios de luxo com seus grandiosos muros.
	
	
	
 
· Pergunta 10
1 em 1 pontos
	 
	 
	 
	Os processos de industrialização e urbanização estão intrinsecamente interligados. Foi com os avanços e transformações proporcionados, por exemplo, pelas Revoluções Industriais na Europa que esse continente concebeu o crescimento exponencial de suas principais cidades, aquelas mais industrializadas. Ao mesmo tempo, o processo de urbanização intensifica o consumo nas cidades, o que acarreta a produção de mais mercadorias e o aumento do ritmo da atividade industrial. A industrialização é um dos principais fatores de transformação do espaço geográfico, pois interfere nos fluxos populacionais, reorganiza as atividades nos contextos da sociedade e promove a instrumentalização das diferentes técnicas e meios técnicos, que são essenciais para as atividades humanas. A atividade industrial, por definição, corresponde ao arranjo de práticas econômicas em que o trabalho e o capital transformam matérias-primas ou produtos de base em bens de produção e consumo.Fonte: PENA. R. F. A. Industrialização e urbanização. Disponível em: <https://mundoeducacao.bol.uol.com.br/geografia/industrializacao-urbanizacao.htm>. Acesso em: 09 jul. 2019.
O início do período moderno é responsável por uma das principais reorganizações geoespaciais, esse fenômeno social é conhecido por:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
Êxodo rural.
	Resposta Correta:
	 
Êxodo rural.
	Feedback da resposta:
	Resposta correta: Com a produção em massa, a produção artesanal do meio rural não conseguiu concorrer, fazendo com que houvesse enorme êxodo rural, isto é, a migração de pessoas do campo para a cidade em busca de sustento. Isso fez com que surgisse uma classe de trabalhadores, que passou a vender sua força de trabalho em troca de um salário, e um grupo de proprietários, donos das máquinas e fábricas, os burgueses.
	
	
	
 
	Resultados exibidos
	Respostas enviadas, Respostas corretas, Comentários
 
· Pergunta 1
1 em 1 pontos
	 
	 
	 
	“Em fevereiro de 1968, artistas e intelectuais se uniram e saíram às ruas do Rio de Janeiro para protestar contra o regime militar brasileiro e seu projeto de censura das artes. [...] Em momentos mais amenos, distantes das crises e das eleições, o ativismo estelar é menos polêmico, embora igualmente eficiente. A UNICEF reconheceu o poder de comoção que estas personalidades produzem na divulgação de campanhas humanitárias ao escolhê-las como seus embaixadores.”
Fonte: WAIBERG, Jacques. O ativismo das estrelas e a comunicação dissidente. Disponível em: http://meriva.pucrs.br/dspace/bitstream/10923/9847/2/O_ativismo_das_estrelas_e_a_comunicacao_dissidente.pdf
É comum que artistas, intelectuais e personalidades utilizem de seu prestígio em prol de uma causa, no Brasil isso não é diferente, desta forma, aponte um importante ativista brasileiro e sua importante ação social:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
Herbert de Souza, Bentinho e sua Campanha contra a Fome, a Miséria e pela Vida.
	Resposta Correta:
	 
Herbert de Souza, Bentinho e sua Campanha contra a Fome, a Miséria e pela Vida.
	Feedback da resposta:
	Resposta correta – Herbert de Souza, o Bentinho, sociólogo brasileiro que chegou a ser indicado ao Prêmio Nobel pela Paz.
	
	
	
 
· Pergunta 2
1 em 1 pontos
	 
	 
	 
	“John Rawls, o autor do clássico tratado Uma Teoria da Justiça (1971), é um filósofo político elusivo e, ao mesmo tempo, onipresente na discussão pública contemporânea. [...] "Uma Teoria da Justiça foi o resultado de um trabalho que ocupou o espírito de Rawls por mais de dez anos. A partir da década de 1950, ele praticamente ficou possuído pela ideia da “justiça como equidade” ( justice as fairness) e de como ela poderia ser transmitida não só para as instituições democráticas de uma sociedade liberal como deveriam ser os Estados Unidos, mas também para a construção completa de uma comunidade bem-ordenada"
Fonte: CUNHA, Martin. O que diz “Uma Teoria da Justiça”, de John Rawls, que moldou a discussão política atual. Disponível em: https://www.gazetadopovo.com.br/ideias/o-que-dizuma-teoria-da-justica-de-john-rawls-que-moldou-a-discussao-politica-atual-cdm84kxulw0k7i765zxy51np8/
Considerando os apontamentos acima, indique os pontos fundamentais da teoria da justiça de John Rawls.
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
Garantia de liberdades fundamentais, igualdade de oportunidades e garantia que os menos favorecidos alcancem a cidadania.
	Resposta Correta:
	 
Garantia de liberdades fundamentais, igualdade de oportunidades e garantia que os menos favorecidos alcancem a cidadania.
	Feedback da resposta:
	Resposta Correta: Conforme John Rawls são necessários três princípios para alcançar a equidade, condição essencial da justiça social, listados como garantias fundamentais, igualdade de oportunidade e garantias de alcance a cidadania.
	
	
	
 
· Pergunta 3
1 em 1 pontos
	 
	 
	 
	“Ao longo da primeira década do século XXI, o Brasil conheceu uma redução da sua desigualdade socioeconômica.  Três momentos marcaram o movimento quando este é analisado a partir do comportamento da renda corrente das famílias. Um primeiro associado ao contexto de forte constrangimento econômico ocorrido entre 1999 e 2003, expresso pela sustentação dos rendimentos dos estratos inferiores com queda generalizada dos níveis dos estratos médios e superiores. O outro ocorrido com a recuperação e o crescimento da economia de 2004 a 2008, quando os níveis de rendimento de todos os estratos se elevaram, sendo que aqueles dos estratos inferiores mais rapidamente. E, um último, desde 2009, que reiterou as características do segundo, mas em uma situação de crise internacional e crescimento instável da economia brasileira.”
Fonte: DEDDECA, Cláudio. A redução da desigualdade e seus desafios. Disponível em: http://repositorio.ipea.gov.br/bitstream/11058/3383/1/td_2031.pdf
Apesar de períodos de prosperidade econômica, o Brasil ainda precisa enfrentar os problemas sociais causadores da desigualdade, a alternativa que melhor aponta para tais soluções é:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	 
A valorização de um sistema educacional amplo, subsidiado pelo governo, que garanta a liberdade de consciência e o acesso igual a todos os cidadãos, além, de garantir renda mínima para todas as famílias para os direitos básicos.
	Resposta Correta:
	 
A valorização de um sistema educacional amplo, subsidiado pelo governo, que garanta