Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
10 pág.
Avaliação da Disciplina - Atenção Integral à Saúde do Trabalhador

Pré-visualização | Página 1 de 4

Avaliação da Disciplina 
Disciplina: Atenção Integral à Saúde do Trabalhador (100983) 
Nota: 10.0 
Prova: 
 
1 A vigilância em saúde atualmente reúne as vigilâncias epidemiológica, sanitária, ambiental e saúde 
do trabalhador. 
Relativo aos componentes da vigilância em saúde, associe os itens, utilizando o código a seguir: 
I- Vigilância Epidemiológica. 
II- Vigilância Ambiental. 
III- Vigilância Sanitária. 
IV- Vigilância em Saúde do Trabalhador. 
( ) Relacionada às ações de intervenção e prevenção, identificando os riscos ambientais que possam 
prejudicar a saúde humana. 
( ) Relacionada às ações de eliminação, diminuição ou prevenção, identificando os problemas sanitários 
decorrentes da circulação de bens e produção que possam afetar a saúde. 
( ) Relacionada às ações de promoção e proteção, identificando os riscos inerentes às atividades produtivas 
que possam desencadear agravos à saúde. 
( ) Relacionada às ações de prevenção e controle, identificando os condicionantes e determinantes de saúde 
individual e coletiva. 
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA: 
 A) IV – I – III – II. 
 B) II – IV – I – III. 
 C) III – II – I – IV. 
 D) II – III – IV – I. 
 
2 O Capítulo 2, em seu subitem 2.3, aborda sobre a Política Nacional de Saúde do Trabalhador e 
Trabalhadora (PNSTT), bem como o Capítulo 3, em seu subitem 2.2, retrata sobre a Vigilância em Saúde do 
Trabalhador (VISAT), os quais se complementam. No que concerne aos assuntos acima citados, leia 
atentamente as seguintes afirmativas: I- A Vigilância em Saúde do Trabalhador (VISAT) e a Política Nacional 
de Saúde do Trabalhador e Trabalhadora (PNSTT) estão pautadas nos princípios do Sistema Único de Saúde 
(SUS), bem como estão em consonância com a promoção da saúde. II- O princípio de equidade na saúde do 
trabalhador, materializado na VISAT e PNSTT, pode ser identificado à medida que se prioriza os grupos mais 
vulneráveis, como os trabalhadores informais, em situação de precariedade ou em atividades de maior risco. 
III- A descentralização é outro princípio que rege a VISAT, uma vez que é a União a instância efetiva que 
desenvolve as ações em saúde do trabalhador, devendo atuar de forma segregada com os estados e municípios. 
IV- O princípio do controle a participação social garante que o trabalhador, por meio de seus representantes, 
participe do planejamento e formulação, bem como acompanhe e avalie as políticas e a execução das ações de 
VISAT no âmbito do SUS. Assinale a alternativa CORRETA: 
 A) As afirmativas III e IV estão corretas. 
 B) As afirmativas II, III e IV estão corretas. 
 C) As afirmativas I, II e IV estão corretas. 
 D) As afirmativas II e III estão corretas. 
3 A Estratégia Saúde da Família (ESF) está baseada no trabalho de equipes multiprofissionais, as quais 
acompanham uma determinada população (BRASIL, 2017). 
FONTE: BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria nº 2.436, de 21 de setembro de 2017. Aprova a Política 
Nacional de Atenção Básica, estabelecendo a revisão de diretrizes para a organização da Atenção Básica, no 
âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). Brasília: Ministério da Saúde, 2017. 
Com base na atuação da Estratégia Saúde da Família no contexto da saúde do trabalhador, analise as 
sentenças a seguir: 
I- As ações em Saúde do Trabalhador devem ser inseridas na agenda da rede básica de saúde, sendo 
exclusivamente desenvolvidas pelos agentes comunitários de saúde (ACS). 
II- É atribuição da equipe de Saúde da Família (ESF) identificar e registrar os integrantes da família que são 
trabalhadores formais e informais, bem como a existência de trabalho precoce (trabalho infantil). 
III- Ao ser identificado que na família visitada há trabalhador formal ou informal acidentado e/ou em 
situação de risco, o agente comunitário de saúde (ACS) deve comunicar imediatamente a equipe de saúde a 
que ele está alocado. 
IV- Os profissionais que atuam nas equipes de ESF são responsáveis pela população adscrita que vive e 
trabalha no território, devendo realizar ações de vigilância em saúde do trabalhador conforme as diretrizes 
prescritas, desconsiderando o perfil produtivo. 
Assinale a alternativa CORRETA: 
 A) As sentenças II e III estão corretas. 
 B) As sentenças I, II e III estão corretas. 
 C) As sentenças I e III estão corretas. 
 D) As sentenças II e IV estão corretas. 
 
4 No material didático da disciplina Atenção Integral à Saúde do Trabalhador, em seu Capítulo 3, o 
subitem 4.4 retrata brevemente sobre a Promoção da saúde e qualidade de vida do profissional de saúde, 
trazendo um panorama amplo sobre o tema. Considerando o acima exposto, leia as asserções que seguem e 
classifique-as com V para as verdadeiras e F para as falsas: ( ) A complexidade em executar suas atividades 
ao atender as pessoas que buscam resolver seus problemas de saúde, aliada à sobrecarga, falta de recursos 
materiais, deficiências estruturais e organizacionais, são alguns exemplos que justificam a necessidade de 
promover saúde, visando melhor qualidade de vida laboral ao profissional da saúde. ( ) Os trabalhadores da 
área da saúde do SUS, no Brasil, têm logrado alguns avanços no que se refere à promoção da saúde e qualidade 
de vida, dentre eles podemos citar as Diretrizes da Agenda Nacional do Trabalho Decente para Trabalhadores 
e Trabalhadoras e a Política Nacional de Humanização (PNH). ( ) Visando a melhoria das condições laborais 
dos trabalhadores da saúde do SUS, foram elaboradas as diretrizes da Política Nacional de Promoção da Saúde 
do Trabalhador do Sistema Único de Saúde, em 2012, vigorando desde então. ( ) Os gestores das áreas da 
saúde, tanto no âmbito privado quanto público, valorizam a importância da qualidade de vida no trabalho, 
atendendo de forma absoluta as reivindicações dos profissionais que buscam os seus direitos. Assinale a 
alternativa que apresenta a sequência CORRETA: 
 
 A) V – V – F – V. 
 B) F – F – V – V. 
 C) V – V – F – F. 
 D) V – F – V – F. 
 
5 A Política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora (Portaria GM/MS nº 1.823, de 23 de 
agosto de 2012) apresenta diversos objetivos, destacando-se o fortalecimento da Vigilância em Saúde do 
Trabalhador (VISAT). 
 
FONTE: BRASIL. Portaria nº 1.823, de 23 de agosto de 2012. Institui a Política Nacional de Saúde do 
Trabalhador e da Trabalhadora. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, nº 165, Seção I, p. 46-51, 
24 de agosto de 2012. 
Neste sentido, a PNSTT se integra com os demais componentes da Vigilância em Saúde, o que pressupõe a 
seguinte ação: 
 A) Adotar medidas especiais para as atividades de alto risco de doenças e acidente de trabalho. 
 B) Enfrentar os problemas estruturais dos serviços de saúde do trabalhador. 
 C) Realização da análise da situação de saúde dos trabalhadores. 
 D) Assegurar a oferta municipal das ações e serviços de saúde ao trabalhador formal. 
 
6 Transformações no mundo do trabalho em saúde associadas aos avanços tecnológicos trouxeram 
benefícios, mas também resultaram em um ambiente propício a situações de estresse, trazendo implicações 
tanto para a saúde do profissional de saúde como para o paciente (ANDOLHE et al., 2015). FONTE: 
ANDOLHE, R, et al. Estresse, coping e burnout da Equipe de Enfermagem de Unidades de Terapia Intensiva: 
fatores associados. 2015. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/reeusp/v49nspe/1980-220X-reeusp-49-
spe-0058.pdf. Acesso em: 25 maio 2020. Nesse contexto, analise as sentenças a seguir: I- Existe uma relação 
implícita entre estresse ocupacional e presenteísmo, sendo ambos considerados como fenômenos cada vez 
mais comuns na enfermagem. II- O estresse ocupacional pode evoluir para doenças físicas, podendo ocasionar 
a Síndrome de Burnout. III- O estresse ocupacional é privativo da área da enfermagem, especialmente aos que 
atuam nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI). IV- Na área da saúde, o estresse ocupacional
Página1234