A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
CADERNO DE PRÁTICA JURIDICA JUDICIAL I

Pré-visualização | Página 1 de 1

RACHEL LOPES 2021.1
CADERNO DE PRÁTICA JURIDICA JUDICIAL I
- assistir 4 audiências e fazer um relatório para cada uma delas para a segunda unidade 
PETIÇÃO INICIAL 
1 – PROCEDIMENTO: O art. 318 determina a aplicação do procedimento comum em tosas as causas, exceto quando houver previsão em contrário fazendo com que não mais exista o procedimento sumario 
Assim, passa-se a ter apenas o procedimento comum e especiais 
Em relação aos procedimentos regidos pela lei 9099/95, fica mantido o rito sumario, ate que seja editada norma que discipline a matéria 
Olhar art. 319 a 321 do CPC
2.1 – ENDEREÇAMENTO PARA O JUIZO COMPETENTE 
- a primeira questão é a seguinte: qual é a justiça competente? Se não for competente a justiça especializada, a competência será da justiça comum 
- Observar a competência atentando para eventuais alterações em decorrência de algum privilégio processual do réu (art. 8º da lei 9099/95)
2.2 – QUALIFICAÇÃO DAS PARTES: qualificação do autor e do réu deve ser informado se eles estão ou não em regime de união estável e fornecidos seus endereços eletrônicos. Como as informações sobre o réu podem ser desconhecidas, o advogado da outra parte pode pedir ajuda ao juiz para promover atos necessários para descobrir essas informações. (art. 317 do CPC)
- nas ações petitórias com base na posse é necessário a anuência do cônjuge (outorga uxória)

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.