A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
43 pág.
AULA 2

Pré-visualização | Página 3 de 3

Finalmente, acompanhamos todo o percurso daquele “prato de macarrão” citado no início do tópico por nosso sistema digestório, aproveitando o que deveria ser aproveitado e eliminando o que não foi absorvido. 
Antes, vamos ver um pouco mais do que a ciência tem recentemente pesquisado. 
Você já leu ou ouviu falar sobre o transplante de fezes? 
Parece nojento à primeira vista, não é? 
Mas novas pesquisas têm demonstrado que esta técnica pode ser promissora para o tratamento de diversas doenças!
O transplante de fezes, apesar de não parecer muito convidativo inicialmente, parece ter um futuro promissor no tratamento de doenças do trato gastrointestinal, principalmente, mas esta técnica polêmica, também poderá ser utilizada no tratamento de doenças, como esclerose múltipla, doença de Crohn e, até mesmo, doença de Parkinson!
1 Analise a afirmativa e a justificativa da sentença a seguir:
Movimentos peristálticos são movimentos coordenados e exclusivos da musculatura esquelética fazendo com que o bolo alimentar seja impulsionado por todo o tubo esofágico em direção ao estômago, POIS estes movimentos ocorrem em decorrência da contração da musculatura esofágica posterior ao bolo alimentar, o que faz com que o mesmo seja empurrado adiante.
Com base na sentença anterior, responda:
(	) Afirmativa e justificativa estão corretas.
(	) Afirmativa está correta e justificativa está errada.
(	) Afirmativa e justificativa estão erradas.
(	) Afirmativa está errada e justificativa está correta.
(	) Afirmativa e justificativa não possuem nenhuma correlação entre si.
2 O estômago, apesar de possuir um pH extremamente baixo, o que impossibilita as ações de enzimas digestivas (com exceção da pepsina), que devem possuir pH ótimo (neutro) para desenvolver a sua ação, possui diversas outras funções que visam facilitar o processo de digestão e absorção de nutrientes. Com relação às funções do estômago, assinale a alternativa correta:
(	) Secreção do hormônio colecistocinina (CCK).
(	) Secreção de Vitamina B12.
(	) Secreção de H+.
(	) Reabsorção de água.
(	) Nenhuma das alternativas anteriores.
3 É sabido que fatores provenientes tanto do estômago quanto do duodeno são capazes de promover a regulação da velocidade de esvaziamento gástrico. Com base nestas informações, relacione as colunas, assinalando, posteriormente, a alternativa correta:
Fatores gástricos.
Fatores intestinais.
( ) Gastrina. ( ) CCK.
( ) Volume alimentar gástrico.
( ) Inibição por reflexos enterogástricos.
( ) I, I, I e II.
( ) II, II, I e I.
( ) II, II, II e I.
( ) I, II, I e II.
( ) I, I, II e II.
4 (IADES-UFBA, 2014) A doença celíaca (DC) é autoimune, sendo causada pela intolerância permanente ao glúten, principal fração proteica presente no trigo, no centeio, na cevada e na aveia, e se expressa por enteropatia mediada por linfócitos T em indivíduos geneticamente predispostos. A forma clássica ou típica caracteriza-se pela presença de diarreia crônica, em geral acompanhada de distensão abdominal e perda de peso.
Com relação ao tratamento e prognóstico da DC, assinale a alternativa correta.
( ) As deficiências nutricionais decorrentes da má absorção de macro e micronutrientes, por exemplo, deficiência de ferro, de ácido fólico, de vitamina B12 e de cálcio, são raras e corrigidas rapidamente com a exclusão do glúten da dieta.
( ) O tratamento da DC consiste em dieta sem glúten, devendo-se, portanto, excluir da alimentação todos os alimentos que contenham trigo, centeio, cevada e aveia, por toda a vida.
( ) Deve-se verificar a intolerância à lactose e à sacarose, ocasionadas pela deficiência na produção das dissacaridases, irreversíveis mesmo após a normalização das vilosidades.
( ) A dieta imposta na crise celíaca é restritiva, mas temporária, devendo haver a inclusão gradativa do glúten à dieta com a remissão das manifestações clínicas.
( ) O quadro de hipersensibilidade alimentar, que resulta em manifestações alérgicas, deve ser considerado quando o indivíduo responde adequadamente à dieta sem glúten e não apresenta negatividade nos exames sorológicos para DC.
5 O intestino grosso, além de secretar muco para promover a proteção da parede intestinal, também possui a finalidade de proporcionar meio adesivo para o material fecal. Entretanto, no que tange a formação das fezes, as principais atividades do intestino grosso consistem na reabsorção de água e de eletrólitos do quimo. Os movimentos peristálticos do intestino grosso, também denominados movimentos de massa, são decorrentes da estimulação reflexa. Os reflexos relacionados a estes movimentos são denominados:
(	) Reflexo gastrocólico e reflexo intestinal.
(	) Reflexo gastrocólico e reflexo mesocólico.
(	) Reflexo gastrocólico e duodenocólico.
(	) Reflexo gastrocólico e reflexo vagal.
(	) Nenhuma das alternativas anteriores.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.