A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
75 pág.
Cabeamento estruturado

Pré-visualização | Página 11 de 37

conectores. Provavelmente você tem conectores Amp nos cabos da sua
impressora e talvez nos seus cabos seriais RS-232 de alta qualidade. No mercado de cabeamento de rede, a
Amp tem produtos para extremidades de cabos, tomadas de parede, hubs de fiação e quadros de
distribuição de energia elétrica. 
LAN-Line Thinnet Tap A AMP demonstrou inovação no projeto do sistema de derivação LAN-
Line Thinnet Tap, mostrado na Figura 3.10. Essa tomada de parede exclusiva responde ao difícil desafio
de proporcionar uma conexão organizada e confiável. Um único cabo físico vai da tomada da parede ao
nó, eliminando a possibilidade de alguém desativar toda a rede ao desacoplar o cabo de um conector T.
Access Floor Workstation Module A localização das conexões de telefone, força e de rede é
uma das principais preocupações do projeto dos escritórios modernos. Mas os projetistas não têm como
antecipar as configurações de mesas e divisórias que as pessoas utilizarão quando habitarem o prédio. O
Access Floor Workstation Module da Amp, mostrado na Figura 3.11, permite aos projetistas ocultar
vários conectores no assoalho até que sejam necessários. Até que alguém coloque uma mesa perto desse
módulo, ele permanece oculto, acompanhando o nível do assoalho. Quando necessário, o sistema pode ser
configurado com vários conectores.
Sistema de Conexão Cruzada AMPIX Dentre seus muitos produtos, a Amp comercializa
um sistema de distribuição de conexão cruzada para voz e dados, que utiliza conexões de placa de circuito
impresso e terminações de fio de alta qualidade específicas entre a terminação do fio e a tomada RJ-45 do
sistema de derivação. A Figura 3.12 mostra uma tomada modular Amp com terminais cilíndricos para os
fios. A Amp também utiliza diversos equipamentos para divisão, terminação e teste de cabos coaxiais.
Produtos da Mod-Tap
A linha de produtos da Mod-Tap enfatiza a flexibilidade. A empresa comercializa produtos que atendem
aos requisitos da AT&T, IBM, Digital e de muitas outras empresas e comitês de padrões. A Mod-Tap
também tem uma excelente linha de produtos de fibra ótica, que abrange desde o cabo em si a conectores,
equipamentos de teste e materiais de suprimento. A empresa oferece completamente para uma grande
variedade de produtos, desde tomadas e conectores a todos os componentes de um quadro de distribuição
de energia elétrica. Ao contrário da AT&T, os produtos da Mod-Tap são compatíveis com inúmeras
especificações de fios, inclusive as da AT&T, Digital, IBM e Wang.
A tomada USO (Universal System Outlet) da Mod-Tap, mostrada na Figura 3.13, proporciona uma forma
interessante e flexível de terminar a fiação horizontal em um nó. Você pode colocar diversos módulos em
uma só caixa a fim de adaptar as conexões de qualquer tomada ou painel. Essa flexibilidade reduz o
tamanho e o custo das instalações ao mesmo tempo em que facilita modificações.
Modelo de Cabo da Anixter
A Anixter é um distribuidor mundial de produtos para sistemas de fiação. Ela também é uma empresa
prestadora de serviços que dispõe de uma equipe de assistência técnica formada por especialistas e
engenheiros que podem ajudar os clientes a escolher produtos e a responder perguntas em relação ao
projeto, às especificações e à instalação de uma rede. A empresa é conceituadíssima por ter desenvolvido o
modelo de desempenho multinivelado para cabos. O modelo da Anixter inclui cinco níveis que descrevem o
desempenho e as características elétricas de fios de vários tipos, que vão desde os fios telefônicos utilizados
em residências aos sofisticados fios de pares trançados capazes de transportar dados a 100 megabits por
segundo.
As especificações de nível de cabo da Anixter causaram uma grande revolução no setor. A UL e a EIA/TIA
utilizam uma versão "mais evoluída" do modelo de cabo da Anixter, que será descrito, com todas as novas
características, mais adiante neste capítulo.
Em meio à popularidade dos fios de pares trançados sem blindagem, vale a pena repetir que a maior parte
dos fios instalados em sistemas telefônicos não atende aos padrões de transmissão de dados de rede local
em velocidades superiores a 1 megabit por segundo. Em geral, a fiação telefônica de residências e de
muitas pequenas empresas consiste em um cabo que transporta quatro fios sem blindagem denominado
"quadra". O cabo do tipo quadra funciona bem com instalações telefônicas simples e com aplicações de
dados de baixa velocidade, mas é só isso.
Da mesma forma, alguns sistemas telefônicos PBX utilizam fios de pares trançados. Apesar de trançado,
esse fio não tem as características elétricas necessárias para atender aos requisitos de placas adaptadoras
de rede local de alta velocidade. As especificações dos Níveis 1 e 2 da Anixter descrevem esses produtos
com níveis de desempenho mais baixos.
NEC (NATIONAL ELECTRICAL CODE)
O código norte-americano NEC (National Electrical Code) é estabelecido pela associação de proteção
contra incêndio NFPA (National Fire Protection Association). O código é projetado de forma a permitir
sua adoção como lei através de procedimentos legislativos. Você verá o termo NEC em catálogos de cabo, e
não confunda com as especificações de um fabricante internacional de equipamentos que tem as mesmas
iniciais.
Em termos gerais, o NEC descreve a forma como um cabo pegará fogo. Durante um incêndio no prédio,
um cabo instalado nas paredes, percorrendo o poço do elevador ou atravessando a canalização de ar,
poderia se tornar uma tocha que transporta fogo de um andar ou de uma parte do prédio para outra (o).
Como em geral as coberturas dos cabos e os fios são de plástico, eles criam uma fumaça tóxica quando
queimam. Várias organizações, inclusive a UL, estabeleceram padrões de incêndio que se aplicam a cabos
de rede local. No entanto, o NEC contém os padrões mais aceitos por órgãos locais de licenciamento e
inspeção. Os padrões, dentre outras coisas, definem um limite de tempo para o cabo começar a queimar
em um incêndio. Outros padrões desenvolvidos pela NFPA e adotados pelo ANSI (American National
Standards Institute) também descrevem o tipo e o volume de fumaça que um cabo pode gerar ao ser
queimado.
Apesar de geralmente a indústria de cabos reconhecer e obedecer aos padrões do NEC, todas as cidades
norte-americanas podem decidir se irão ou não adotar sua versão mais recente para uso local. Em outras
palavras, os padrões NEC podem ou não fazer parte dos códigos de construção e de incêndio locais. De
qualquer forma, recomendamos que você selecione para a sua aplicação um cabo que atenda aos padrões
do NEC.
Códogos de Tipo
Você verá os códigos de tipo do NEC em catálogos de cabos e de materiais de suprimento. Esses códigos
classificam categorias específicas de produtos para determinados usos, como as seguintes: 
Tipo de Cabo Descrição
OFC (de fibra
ótica) Contém condutores metálicos, que proporcionam robustez.
OFN (fibra
ótica) Não contém metal.
CMP
(comunicação
plena)
Após testes, demonstrou uma propagação limitada do fogo e uma baixa produção de fumaça. Em
geral, o cabo pleno contém uma cobertura especial, como Teflon. A letra P (de plenum) desse
código define um meio físico, como um canal ou duto, cujo objetivo é conduzir o ar. (Tetos
falsos e assoalhos não entrão nessa categoria.)
CMR
(comunicação
vertical)
A letra R mostra que o cabo passou por testes semelhantes, mas com algumas diferenças, em
relação à propagação do fogo e à produção de fumaça. Por exemplo, o CMR é testado por suas
características de resistência ao fogo em uma posição vertical. De acordo com o código,
você deve utilizar um cabo adequado sempre que for necessário passá-lo através do assoalho ou
do teto. Normalmente, os cabos CMR têm uma cobertura externa de PVC.
Em geral, você encontrará cabos de rede local listados nas categorias de tipo CM (comunicação) ou MP
(finalidades diversas). Algumas empresas costumam fazer testes com cabos CL2 ou CL3 (classe 2 ou classe
3) e não com cabos CM ou MP, mas normalmente os critérios em relação a fogo e fumaça são os mesmos.
As diferenças entre

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.