Intr. à Erg. e Hig. 6 -10
25 pág.

Intr. à Erg. e Hig. 6 -10


DisciplinaErgonomia, Higiene e Segurança do Trabalho2.269 materiais21.137 seguidores
Pré-visualização7 páginas
contratado, ou não, como empregado.
Isto significa dizer que, nessa hipótese, o responsável
pelo PCMSO da empresa pode ser um médico não
empregado da empresa.
Responsabilidade da Empresa
9
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
Já existem profissionais especializados prestando
esses serviços que são cobrados em função do número
de empregados da empresa.
Se na localidade onde estiver situada a empresa não
existir médico do trabalho, poderá ser contratado um
médico de outra especialidade para coordenar o
PCMSO.
Responsabilidade da Empresa
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
Empresas desobrigadas de indicar médico-coordenador do
PCMSO.
A. Com até 25 empregados, desde que enquadradas no grau
1 ou 2.
B.Até 10 empregados, desde que enquadradas no grau de
risco 3 ou 4.
Obrigatoriedade
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
Mediante negociação coletiva de trabalho, também
poderão ficar dispensadas de médico-coordenador as
empresas cujo número de empregados esteja
compreendido entre:
A. Entre 26 e 50, se enquadrada no grau de risco 1 ou 2.
B. Entre 11 e 20, se enquadrada no grau de risco 3 ou 4.
Obrigatoriedade
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
Na hipótese da letra b, a negociação coletiva deverá ser
obrigatoriamente assistida por profissional do órgão
competente em segurança e saúde no trabalho.
Todavia, as empresas mencionadas neste item poderão ser
obrigadas a indicar um médico responsável pelo PCMSO
por determinação da Delegacia Regional do Trabalho, com
base em parecer técnico-conclusivo da autoridade
regional competente em matéria de segurança e saúde do
trabalhador, ou em decorrência de negociação coletiva.
Obrigatoriedade
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
Realizar os exames médicos ou encarregar os mesmos a
um profissional médico familiarizado com os princípios da
patologia ocupacional e suas causas, bem como com o
ambiente, as condições de trabalho e os riscos a que está
ou será exposto cada empregado da empresa a ser
examinada.
Atribuições do médico-coordenador
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
1. Admissional \u2013 Esse exame deve ser realizado antes do
empregado assumir suas atividades.
2. Periódicos - A avaliação clínica no exame médico
periódico deve observar os seguintes prazos:
A- Anualmente, para os empregados menores de 18 anos e
maiores de 45 anos de Idade.
Exames médicos
10
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
B- No caso de trabalhadores expostos a riscos ou situações
de trabalho - que impliquem no desencadeamento ou
agravamento de doença ocupacional - ou ainda para
aqueles que sejam portadores de doenças crônicas, os
exames devem respeitar a seguinte periodicidade:
B.1 - A cada ano, ou a intervalos menores, a critério do
médico encarregado, ou se notificado pelo médico agente
da inspeção do trabalho ou ainda como resultado de
negociação coletiva do trabalho.
Exames médicos
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
3. De retorno ao trabalho \u2013 Exame médico de retorno ao
trabalho somente será obrigatório quando o empregado
ficar afastado da atividade por período igual ou superior a
30 dias, em virtude de doença ou acidente de natureza
ocupacional, ou parto.
Exames médicos
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
4. De mudança de função - Esse exame somente será
obrigatório quando a nova função expuser o empregado a
riscos diferentes daqueles a que estava exposto antes da
mudança.
O referido exame deverá ser realizado antes de o
empregado passar a exercer a nova função.
Exames médicos
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
5. Demissional -Ficou definido que o exame médico
demissional deve ser realizado, obrigatoriamente, até a data
da homologação da rescisão do contrato de trabalho, desde
que o último exame tenha ocorrido há mais de:
135 dias, quando se tratar de empresas com grau de risco 1
ou 2 , podendo esse prazo ser ampliado por mais 135 dias
em decorrência de negociação coletiva.
90 dias no caso de empresas enquadradas em grau de risco 3
ou 4 esse prazo também poderá ser ampliado por até mais 90
dias, em decorrência de negociação coletiva.
Exames médicos
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
Para cada exame médico realizado pelo PCMSO deverá ser 
emitido, em duas vias, o Atestado de Saúde Ocupacional 
(ASO).
1- A primeira via do ASO deve ficar à disposição da 
fiscalização do trabalho, devidamente arquivada no local de 
trabalho, inclusive nas frentes de trabalho ou canteiros de 
obras.
Atestado de Saúde Ocupacional - ASO
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
2- A segunda via do atestado deve ser obrigatoriamente 
entregue ao empregado, mediante recibo na primeira 
via.
Atestado de Saúde Ocupacional - ASO
11
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
O atestado médico deverá conter, no mínimo:
1- Nome completo do empregado, o número de registro de 
sua identidade e sua função.
2- Os riscos ocupacionais específicos existentes, ou a 
ausência deles, na atividade do empregado, conforme 
instruções técnicas expedidas pela Secretaria de Segurança 
e Saúde no Trabalho (SSST).
Atestado de Saúde Ocupacional - ASO
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
3- Indicação dos procedimentos médicos a que foi 
submetido o empregado, inclusive os exames 
complementares e a data em que foram realizados.
4- Nome do médico-coordenador, quando houver o 
respectivo CRM.
5- Definição de apto ou inapto para a função específica que
o trabalhador vai exercer, exerce ou exerceu.
Atestado de Saúde Ocupacional - ASO
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
6- Nome do médico encarregado do exame e endereço ou 
forma de contato.
7- Data e assinatura do médico encarregado do exame e 
carimbo contendo seu número de inscrição no CRM.
Atestado de Saúde Ocupacional - ASO
Todo o histórico do empregado deve ser guardado, por no 
mínimo 20 após o seu desligamento da empresa.
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
Em todos os estabelecimentos deve ser mantido material 
necessário à prestação de primeiros socorros, guardado em 
local adequado e sob os cuidados de pessoa devidamente 
treinada para esse fim.
O equipamento destinado à prestação do socorro deve ser 
apropriado às características da atividade desenvolvida na 
empresa.
Primeiros Socorros
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
Resumindo 
\ufffd Descrever o que é um Programa de 
Controle Médico e Saúde Ocupacional
\ufffd Conhecimento sobre o PCMSO.
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
Aula 8 \u2013 Doenças Ocupacionais
12
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
Conteúdo Programático desta aula
\ufffd Explicar a relação saúde-doença
\ufffd Fatores que causam as doenças 
ocupacionais
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
Conceito
Doenças ocupacionais são aquelas que estão relacionadas à
atividade desempenhada pelo trabalhador ou às condições de
trabalho às quais ele está submetido.
A saúde do trabalhador constitui um importante fator que as
empresas deveriam buscar como prevenção, é fato que
muitas não pensam desta forma.
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
O campo de saúde do trabalhador
A Saúde do Trabalhador constitui uma área da Saúde Pública que
tem como objeto de estudo e intervenção as relações entre o
trabalho e a saúde. Tem como objetivos a promoção e a
proteção da saúde do trabalhador, por meio do desenvolvimento
de ações de vigilância dos riscos presentes nos ambientes e
condições de trabalho, dos agravos à saúde do trabalhador.
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
Conceito de Trabalhadores
Nessa concepção, 
trabalhadores são todos 
os homens e mulheres 
que exercem atividades 
para sustento próprio