Intr. à Erg. e Hig. 6 -10
25 pág.

Intr. à Erg. e Hig. 6 -10


DisciplinaErgonomia, Higiene e Segurança do Trabalho2.252 materiais20.787 seguidores
Pré-visualização7 páginas
e/ou de seus 
dependentes.
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
Assalariados
Autônomos
Servidores públicos
Políticos
Trabalhadores rurais
Empresários
Domésticos
Profissionais liberais
Composição
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
Os trabalhadores podem adoecer ou morrer por causas
relacionadas ao trabalho, em consequência da profissão ou
em condições adversas em que seu trabalho é ou foi
realizado.
Relações com o trabalho
13
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
Doenças comuns \u2013 sem relação com o trabalho
Doenças comuns (crônico-degenerativas)- Os trabalhadores
podem adoecer ou morrer por causas relacionadas ao
trabalho, em consequência da profissão ou em condições
adversas em que seu trabalho é ou foi realizado.
Doenças comuns que são agravadas em função das
condições de trabalho a que estamos expostos \u2013 Asma,
Perda Auditiva.
Doenças Ocupacionais
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
Agravos à saúde específicos - Típicos dos acidentes do trabalho
e pelas doenças profissionais. As relações entre mortes
violentas e acidentes de trabalho tornam-se cada vez mais
estreitas. O desemprego crescente e a ausência de mecanismos
de amparo social para os trabalhadores que não conseguem se
inserir no mercado de trabalho contribuem para o aumento da
criminalidade e da violência.
Doenças Ocupacionais
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
1. Manter o mais alto grau e bem-estar físico, mental e
social dos trabalhadores em todas as organizações.
2. Proteger todo prejuízo causado à saúde dos
trabalhadores pelas condições do seu trabalho.
3. Proteger os trabalhadores, no ambiente do trabalho,
contra os riscos causados por agentes nocivos à saúde.
4. Colocar e manter o trabalhador em uma função que
convenha às suas aptidões fisiológicas e psicológicas.
Âmbito de atuação
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
Aquele que ocorre pelo exercício do trabalho provocando
lesão corporal ou perturbação funcional que cause a morte
ou a perda ou redução da capacidade permanente ou
temporária para o trabalho. Ou seja, o acidente de
trabalho, trata-se de um evento único, não desejado,
imprevisto, bem configurado no espaço e no tempo e de
consequências geralmente imediatas.
Conceito de Acidente
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
As doenças profissionais são também conhecidas como
\u201cergopatias\u201d, \u201ctecnopatias\u201d ou \u201cdoenças profissionais
típicas\u201d, são as produzidas ou desencadeadas pelo
exercício profissional peculiar a determinada
atividade. Devido a sua tipicidade, não precisa de
comprovação do nexo de causalidade com o trabalho.
Classificação das doenças ocupacionais
É decorrente do trabalho, da profissão, da função em 
qualquer empresa durante sua vida profissional
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
Os trabalhadores da 
mineração que estão 
expostos ao pó de sílica.
Sendo essa então 
considerada uma doença 
profissional.
Doença Profissional
14
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
As doenças do trabalho, também chamadas de
\u201cmesopatias\u201d, ou \u201cmoléstias profissionais atípicas\u201d, são
aquelas desencadeadas em função de condições
especiais em que o trabalho é realizado e com ele se
relacionem diretamente.
Classificação das doenças ocupacionais
É a resultante das condições do exercício, do ambiente e dos 
instrumentos laborais, não necessariamente acompanhando o 
trabalhador
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
Uma bronquite asmática 
normalmente possui 
risco genético e pode 
acometer qualquer 
pessoa.
Doença do Trabalho
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
A pele oferece uma área de 
contato com o meio 
ambiente muito grande, 
por isso é uma região do 
corpo que fica muito 
exposta às agressões do 
trabalho.
Classificação das doenças
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
Os locais de trabalho têm 
oferecido, cada vez mais, 
ambientes poluídos por 
diversos elementos, 
gasosos e sólidos, presentes 
no ar como gases e 
micropartículas.
Classificação das doenças
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
Muitos riscos presentes no 
ambiente de trabalho são 
lesivos no sistema nervoso, 
tanto central quanto 
periférico. Estes riscos são 
particularmente os riscos 
químicos e físicos.
Classificação das doenças
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
O órgão mais acometido devido 
à exposição ocupacional é o 
fígado. O fígado é o grande 
responsável pela metabolização 
de substâncias estranhas ao 
organismo humano e, neste 
processo, pode entrar em 
sofrimento ou mesmo falência. 
Classificação das doenças
15
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
Os solventes e 
principalmente os metais 
podem levar à nefropatia 
tóxica. É o caso do 
chumbo, do arsênio e do 
mercúrio.
Classificação das doenças
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
As patologias relacionadas 
ao trabalho que podem 
atingir o sistema 
musculoesquelético são 
principalmente as Lesões 
por Esforços Repetitivos 
(LER) e as lombalgias.
Classificação das doenças
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
Resumindo 
\ufffd Explicar a relação saúde-doença
\ufffd Fatores que causam as doenças 
ocupacionais
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
Aula 9 \u2013 Ergonomia
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
Conteúdo Programático desta aula
\ufffd Relações da ergonomia na 
execução do trabalho.
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
Conceito
É a disciplina científica que trata da compreensão das
interações entre os seres humanos e outros elementos de um
sistema, e a profissão que aplica teorias, princípios, dados e
métodos, a projetos que visam otimizar o bem estar humano
e a performance global dos sistemas
16
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
Objetivos
A ergonomia objetiva modificar os sistemas de trabalho para
adequar as atividades nele existentes às características,
habilidades e limitações das pessoas com vistas ao seu
desempenho eficiente, confortável e seguro
(Associação Brasileira de Ergonomia, ABERGO \u2013 2000).
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
Legislação
A NR - 17 visa a estabelecer 
parâmetros que permitam a 
adaptação das condições de 
trabalho às características 
psicofisiológicas dos 
trabalhadores, de modo a 
proporcionar um máximo de 
conforto, segurança e 
desempenho eficiente. 
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
Desde os tempos do homem das 
cavernas, a ergonomia já existia 
e era aplicada. Quando se 
descobriu que uma pedra 
poderia ser afiada até ficar 
pontiaguda e transformar-se em 
uma lança ou machado, a 
ergonomia estava sendo 
aplicada. 
Existência da Ergonomia
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
A ergonomia é a ciência 
aplicada para facilitar o 
trabalho executado pelo 
homem, sendo que aqui a 
palavra \u201ctrabalho\u201d é 
interpretada como algo muito 
abrangente em todos os ramos 
e áreas de atuação.
Aplicação da Ergonomia
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
Várias outras ciências influenciam no estudo de 
Ergonomia, são elas:
Fisiologia
Antropometria
Higiene do Trabalho
Doenças Ocupacionais
Física
Estudos da Ergonomia
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
Oficialmente, a ergonomia nasceu em 1949 e é derivada
da época da 2ª Guerra Mundial. Durante a guerra,
centenas de aviões, tanques, submarinos e armas foram
rapidamente desenvolvidos, bem como sistemas de
comunicação mais avançados e radares.
Histórico da Ergonomia
17
PPRA\u2013 AULA 6
ERGONOMIA, HIGIENE E SEGURANÇA DO TRABALHO
Ocorre que muitos destes equipamentos não estavam
adaptados às características