A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
253 pág.
Livro - Engenharia para Aquicultura e Desenho Técnico para Engenharia Aquicola

Pré-visualização | Página 4 de 50

3·6.1.2.
3·7·
3·7·1.
3.7.2.
3.8.
LISTA DE FIGURAS .
LISTA DE TABELAS .
LISTA DE EQUAÇÕES .
LISTA DE QUADROS .
INTRODUÇÃO................................................. 35
ÁGUA 37
Introdução...................................................................... 37
Fontes de água para aquacultura................................... 37
Águas superficiais........................................................... 37
Águas subterrâneas... 38
Origem das águas subterrâneas..................................... 39
Qualidade das águas subterrâneas. 40
Fontes de águas subterrâneas.. 41
Abastecimento d'água para aquacultura....................... 42
Quantidade de água.. 43
Qualidade da água para aquacultura.. 45
SOLOS 49
Introdução.. 49
Definição e generalidades.. 50
Origem e formação dos solos...... 52
Pedologia......... 53
Perfil do solo....... 53
Levantamento de solos para aquacultura............ 55
Métodos de coleta de amostras de solo.......... 55
Método da trincheira...... 59
Método dos trados de sondagem.. 59
Alguns tipos de solos...................................................... 60
Tipos de solos de acordo com sua origem..................... 60
Descrição resumida sobre os principais tipos de solos 61
O que é o pH dos solos?................................................. 68
/
3·8.1
3·9·
3·9·1
3·9·2
3·9·2.1.
3·9·2.2.
2·9·2·3·
3·9·3·
3·9-4·
3·9·5·
3·9·5·1.
3·9·5·2.
3·10.
3·10.1
3·10.2.
3·10·3·
3·11.
3·11.1.
3·11.1.1.
3·11.1.2.
3·11.1.3·
3·12.
3·12.1.
3·13·
4·
4·1.
4·2.
4·3·
4·3·1.
4·3·1.1.
4·3·1.2.
4·3·2.
Como medir o pH........................................................... 71
Propriedades físicas dos solos ....................................... 71
Cor. 71
Textural .......................................................................... 72
Composição textural do solo ......................................... 73
Ensaios de campo para determinar a textura do solo ... 74
Determinação das proporções de areia, silte e argila... 75
Estrutura ......................................................................... 76
Porosidade... 78
Densidade aparente... 79
Determinação da densidade aparente........... 79
Densidade real de um solo ............................................. 81
Limites de consistência dos solos.................................. 82
Limite de liquidez........................................................... 83
Limite de plasticidade .................................................... 83
Índice de plasticidade..... 86
Infiltração........................................................................ 86
Capacidade de infiltração do Solo.................................. 87
Método dos anéis ou de Muntz...................................... 87
Método da trincheira permeáveL................................ 88
Método do poço de paredes impermeabilizadas........... 89
Permeabilidade dos solos 90
Medição da permeabilida~~'~~"""""""""""""""""""
condutividade hidráulica (K)......................................... 90
Resistência do solo ......................................................... 97
MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO........................ 98
Considerações gerais sobre os materiais de construção 98
Classificação dos materiais de construção..................... 98
Materiais de construção mais usados
na Engenharia Aquática................................................. 99
Osmateriaisaglutinantes ················································99
A cal ................................................................................ 100
O cimento 101
Os agregados.................................................................. 102
4.3.2.1.
4·3·2.2.
4·3·2·3·
4·3·3·
4·3·3·1.
4·3·3·2.
4·3·3·3·
4·3·3·4·
4·3-4·
4·3-4·1.
4.3-4.2.
4·3-4·3·
4·3-4-4·
4·3-4·5·
4.3.4.6.
4·3·5·
4·3·6.
4·3·7·
4·3.8.
4·3·9·
4·3·10.
5·
5·1.
5.2.
5·3·
5-4·
5·5·
5·6.
5·6.1.
5.6.2.
5·6·3·
As areias .
O saibro .
Asbritas eos pedregulhos .
As argamassas .
Traços das argamassas e utilizações mais comuns .
Tipos de argamassas .
Preparação das argamassas .
Cálculo das argamassas .
Os concretos .
Tipos de concretos .
Algumas propriedades dos concretos .
Traço dos concretos .
Algumas utilizações dos concretos .
Cálculo dos concretos .
Preparação e aplicação dos concretos .
As madeiras .
Os produtos cerâmicos .
Os produtos siderúrgicos .
Os produtos plásticos .
Materiais elétricos .
Materiais para pintura .
VIVEIROS .
Definições .
Constituição de um viveiro de água doce .
Classificação dos viveiros .
Diferenças entre viveiros e tanques .
Condições básicas e locais úteis para uma aquacultura
Sistemas de drenagem .
Sangra douro ou vertedouro .
Monge de placa centrada para viveiros .
Sistema de esvaziamento com placa
perfurada para viveiros .
Sistema de drenagem em "cachimbo" .
Tubulações plásticas .
103
103
104
104
107
107
108
108
109
110
110
111
112
112
113
115
117
120
121
123
124
124
139
139
140
144
144
145
146
146
148
149
151
5·7·
6.
6.1.
6.2.
6·3·
6·3.1.
6·3.2.
6-4.
6·5·
6·5.1.
6.5.2.
6·5·3·
6·5-4.
6·5·5.
6·5·6.
6.5.6.1.
6·5·7·
6·5·8.
6·5·9.
6·5.10.
7·
7·1.
7.2.
7·3·
7-4·
7-4·1.
7·4·2.
7·5·
7·6.
7.6.1.
7·6.2.
7.6·3·
7·7·
Construção de uma fazenda aquática de água doce...... 151
TANQUES PRÉ-MOLDADOS............................ 160
Introdução...................................................................... 160
Constituição dos tanques pré-moldados....................... 160
Água de abastecimento para tanques pré-moldados.... 161
Qualidade de água.......................................................... 161
Quantidade de água....................................................... 163
Dimensionamento de tanques....................................... 163
Etapas de construção..................................................... 164
Escolha do local............................................................. 164
Nivelamento do terreno................................................. 164
Locação da obra............................................................. 165
Escavação do solo.......................................................... 165
Construção da laje de fundo.......................................... 165
Construção da parede (estrutura de elevação)............. 167
Confecção da forma para moldagem das placas de parede 168
Confecção das placas de parede..................................... 169
Construção da parede dos tanques. 171
Reboco externo e interno da parede do tanque 174
Obras complementares 175
VIVEIRO-BARRAGEM DE TERRA................... 177
Considerações gerais..................................................... 177
Uso da água no meio rura!............................................ 177
Definição de barragens. 179
Nomenclatura usada para as pequenas
barragens de terra e alvenaria.. 179
Nomenclatura para as barragens de terra 179
Nomenclatura para as barragens de alvenaria.............. 180
Local de construção....................................................... 181
Fundação......................................................................... 182
Cava de fundação........................................................... 183
Tipos de fundações e sua preparação............................ 185
Dimensionamento da fundação..................................... 186
Maciço de barragem 186
7.7.1. Traçado longitudinal e transversal do maciço de barragem
7.7.2. Traçado da seção transversal máxima .
7.7.3. Largura da base .
7.7-4. Largura da crista .
7.7.5. Cálculo do volume do corpo de barragem .
7.8. Altura de uma barragem .
7.9. Percolação da água através do maciço de barragem .
7.10. Tubulação de descarga em sifão .
7.11. Construção do maciço de barragem de terra .
7.11.1. Compactação do maciço de terra da barragem .
7.11.2. Estabilidade do corpo de uma barragem de terra .
7.11.3. Verificação da compactação do aterro de barragem .
7.11.4. Impermeabilização do maciço de barragem .
7.11.5. Proteção dos taludes .
7.12. Bacia hidrográfica .
7.12.1. Cálculo da área da bacia hidrográfica .
7.12.2. Pluviometria .
7.12.3. Rendimento pluvial de uma bacia hidrográfica .
7.12.4. Determinação

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.