Buscar

Grupo-Higiene e Seguranca no Trabalho.

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 13 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 6, do total de 13 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 9, do total de 13 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

Joseph Filipe 
Elcilia Lucas Chave 
Maria António Mucochua 
Guilhermina Sandra Chale 
Bernadete Nhamo Barros Manheche 
Frigildo Paulino Joaquim Risco Pereira 
 
 
 
 
 
Compensações e benefícios sociais de higiene e segurança no trabalho 
 
Licenciatura em Administração e Gestão de Educação 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Universidade Licungo 
Beira 
2021 
 
 
 
 
Joseph Filipe 
Elcilia Lucas Chave 
Maria António Mucochua 
Guilhermina Sandra Chale 
Bernadete Nhamo Barros Manheche 
Frigildo Paulino Joaquim Risco Pereira 
 
 
 
 
 
Compensações e benefícios sociais de higiene e segurança no trabalho 
 
Licenciatura em Administração e Gestão de Educação 
 
 
 
 
 
Docente: 
Mcs: Armindo Vilanculo. 
 
 
 
 
 
Universidade Licungo 
Beira 
2021 
 
 
 
Índice 
1. Introdução ................................................................................................................................... 1 
1.1. Objectivos do trabalho ............................................................................................................. 2 
1.1.1. Geral ...................................................................................................................................... 2 
1.1.2. Específicos ............................................................................................................................ 2 
1.2. Procedimentos Metodológicos ................................................................................................. 2 
II CAPÍTULO ................................................................................................................................. 3 
FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA .................................................................................................. 3 
2. Compensações e benefícios sociais de higiene e segurança no trabalho .................................... 3 
2.1. Prevenção de acidentes ............................................................................................................ 7 
3. Conclusão .................................................................................................................................... 9 
4. Bibliografia ............................................................................................................................... 10 
 
 
 
1 
 
1. Introdução 
O trabalho que se apresenta tem como objectivo abordar a respeito das compensações e 
benefícios sociais de higiene e segurança no trabalho. A responsabilidade pela Saúde e 
Segurança do Trabalho, não é exclusiva de uma só pessoa e ninguém se convença que, neste 
domínio, consegue fazer progressos se não contar com a motivação e o envolvimento de todos, 
assumindo, cada um, a sua quota-parte da responsabilidade na prevenção dos acidentes e doenças 
profissionais. 
 
 
 
2 
 
1.1. Objectivos do trabalho 
1.1.1. Geral 
Analisar as compensações e benefícios sociais de higiene e segurança no trabalho. 
1.1.2. Específicos 
 Mencionar as compensações e benefícios sociais de higiene e segurança no trabalho. 
 Descrever as compensações e benefícios sociais de higiene e segurança no trabalho. 
 Descrever as formas de garantir de higiene e segurança no trabalho. 
 
1.2. Procedimentos Metodológicos 
Segundo MARCONI e LAKATO, (2006:43-44), dizem que método: é o “caminho pelo qual se 
chega a determinado lugar, ainda que esse caminho não se tenha sido fixado de antemão de 
modo reflectido deliberado”. 
Método é o conjunto coerente de procedimento racional ou prático-racionais que orienta o 
pensamento para serem alcançados conhecimento validos. (NERICI. 1978:15). 
Para a elaboração deste trabalho foi necessário o uso do método bibliográfico, com isso fez-se a 
leituras de várias obras que abordam do tema já mencionado e também foi necessário o método 
analítico com vista a se tomar conclusões precisas. 
 
 
3 
 
II CAPÍTULO 
FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA 
2. Compensações e benefícios sociais de higiene e segurança no trabalho 
Segurança do trabalho: Corresponde a um conjunto de medidas técnicas, educacionais, 
médicas e psicológicas utilizadas para prevenir acidentes, quer eliminando as condições 
inseguras do ambiente, quer instruindo ou convencendo as pessoas sobre a implantação de 
práticas preventivas. CHIAVENATO (1999). 
 
Higiene do trabalho: Integra um conjunto de metodologias não médicas necessárias à 
prevenção das doenças profissionais, tendo como principal campo de acção o controlo dos 
agentes físicos, químicos e biológicos presentes nos componentes materiais do trabalho. Assenta 
fundamentalmente em técnicas e medidas que incidem sobre o ambiente de trabalho. (EAP. 
2002: 11). 
 
Nos dias de hoje é comummente aceite que o sucesso das organizações está intimamente 
relacionado com a qualidade das condições de trabalho que as entidades empregadoras 
providenciam aos seus colaboradores. Desta forma, as condições de Segurança e Saúde no 
Trabalho, tornam-se importantes para o aumento da motivação dos colaboradores, o que, por sua 
vez, resulta num potencial aumento da competitividade, num aumento da produtividade, e na 
redução do absentismo com a diminuição de ocorrência de acidentes e doenças profissionais. 
(IGAS. 2018: 3). 
 
A higiene e segurança do trabalho é outra forma onde as organizações estabelecem um plano de 
manter condições adequadas à saúde e ao bem-estar dos funcionários. Para (TACHIZAWA, 
FERREIRA e FORTUNA. 2001: 229) a higiene no trabalho “é uma ciência voltada para o 
conhecimento, avaliação e controle dos riscos para a saúde dos funcionários, visando à 
prevenção das doenças ocupacionais, aquelas relacionadas à profissão”. 
Programas eficazes de saúde e segurança no local de trabalho podem ajudar a salvar as vidas dos 
trabalhadores, através da eliminação ou redução dos riscos e das suas consequências. Os 
 
4 
 
programas de saúde e segurança têm igualmente efeitos positivos, quer no estado de espírito, 
quer na produtividade do trabalhador, constituindo benefícios importantes. Ao mesmo tempo, um 
programa eficaz poderá poupar imenso dinheiro aos empregadores. (BAA. 2009: 3). 
 
A actividade de higiene e segurança do trabalho ou higiene industrial, no contexto da gestão de 
RH, segundo CARVALHO E NASCIMENTO (1998. 296), “inclui uma série de normas e 
procedimentos”. Ela tem por objectivo a protecção da saúde física e mental do empregado, 
procurando resguardá-lo dos riscos de saúde relacionados com o exercício de suas funções e com 
o ambiente físico onde o trabalho é executado. 
 
De acordo com, (SILVA. 2013: 21), diz que, a higiene do trabalho tem carácter eminentemente 
preventivo, pois objectiva a saúde e o conforto do trabalhador, evitando que adoeça e se ausente 
provisória ou definitivamente do trabalho. Os principais objectivos são: 
 Eliminação das causas das doenças profissionais; 
 Prevenção de agravamento de doenças e lesões; 
 Manutenção da saúde dos trabalhadores e aumento da produtividade por meio do controle 
do ambiente de trabalho; e 
 Redução dos efeitos prejudiciais provocados pelo trabalho em pessoas 
 doentes ou Portadoras de Necessidades Especiais (PNE). 
 
Segundo CHIAVENATO (1989), diz que, por causa das novas descobertas, das crescentes 
inovações e da rapidez no processamento das informações sobre a prevenção dos riscos 
profissionais, tornou-se imprescindível à valorização da qualidade de vida, da saúde e do 
conforto do trabalhador no seu ambiente de trabalho, tendo como principais objectivos: a 
eliminação das causas das doenças profissionais; a redução dos efeitos prejudiciais provocados 
pelo trabalho, em pessoas doentes ou portadoras de defeitos físicos; a prevenção do agravamento 
de doenças e de lesões e pelos estudos e observações dos novos processos ou materiais a serem 
utilizados. 
A higiene do trabalho está ligada ao diagnóstico e à prevenção das doenças ocupacionais, a partirdo estudo e do controle do homem e seu ambiente de trabalho. Ela tem carácter preventivo por 
promover a saúde e o conforto do funcionário, evitando que ele adoeça e se ausente do trabalho. 
 
5 
 
Envolve, também, estudo e controle das condições de trabalho. Já a segurança do trabalhador 
durante o desenvolvimento de suas actividades necessita, principalmente, de medidas por parte 
das empresas, que visem o treinamento e a conscientização dos mesmos. (RODRIGUES e 
REAL. 2017: 2). 
 
As empresas se aperfeiçoam cada vez mais na área de qualidade de vida de seus funcionários, 
criando ferramentas e serviços de segurança. De modo genérico a Higiene e Segurança do 
Trabalho constituem duas actividades intimamente relacionadas, no sentido de garantir 
condições pessoais e materiais de trabalho, capazes de manter certo nível de saúde dos 
empregados. 
 
De acordo com, (BAA. 2009: 1), diz que, a saúde e a segurança no trabalho consistem numa 
disciplina de âmbito alargado, 
que envolve muitas áreas de especialização. Num sentido mais abrangente, deverá 
ter os seguintes objectivos: 
 A promoção e a manutenção dos mais elevados níveis de bem-estar físico, 
 mental e social dos trabalhadores de todos os sectores de actividade.; 
 A prevenção para os trabalhadores de efeitos adversos para a saúde decorrentes 
 das suas condições de trabalho; 
 A protecção dos trabalhadores no seu emprego perante os riscos resultantes de 
 condições prejudiciais à saúde; 
 A colocação e a manutenção de trabalhadores num ambiente de trabalho 
 ajustado às suas necessidades físicas e mentais; 
 A adaptação do trabalho ao homem . 
 
Por outras palavras, a saúde e a segurança no trabalho englobam o bem-estar social, 
mental e físico dos trabalhadores, ou seja, da “pessoa no seu todo”. 
 
A higiene do trabalho está ligada ao diagnóstico e à prevenção das doenças ocupacionais, a partir 
do estudo e do controle do homem e seu ambiente de trabalho. Ela tem carácter preventivo por 
promover a saúde e o conforto do funcionário, evitando que ele adoeça e se ausente do trabalho. 
 
6 
 
Envolve, também, estudo e controle das condições de trabalho. Já a segurança do trabalhador 
durante o desenvolvimento de suas actividades necessita, principalmente, de medidas por parte 
das empresas, que visem o treinamento e a conscientização dos mesmos. (RODRIGUES e 
REAL. 2017: 2). 
 
Quando se fala em saúde, higiene e segurança do trabalho, não se tem como tratar de apenas um 
desses assuntos, uma vez que esses estão interrelacionados de maneira a formar um tripé (Figura 
1.1). 
 
Figura 1.1 – Tripé Higiene, Saúde, Segurança do Trabalho. 
 
Fonte: (SILVA, 2013) 
Acontece da seguinte forma, se um ambiente possui higiene, esse garante a saúde e segurança do 
trabalhador. Já um ambiente que possibilita saúde ao trabalhador, com certeza, é um ambiente 
que se tem higiene e dessa forma também oferece segurança ao trabalhador. E um ambiente que 
garante a segurança (ambiente seguro) tem que possibilitar a higiene e saúde do trabalhador. 
(SILVA. 2013: 20). 
 
 
 
7 
 
2.1. Prevenção de acidentes 
A incorporação das boas práticas de gestão de saúde e segurança no trabalho contribui para a 
protecção contra os riscos presentes no ambiente de trabalho, prevenindo e reduzindo acidentes e 
doenças e diminuindo consideravelmente os custos. (RODRIGUES e REAL. 2017: 17). 
Em todos os casos, a participação dos trabalhadores na identificação dos riscos assume 
um papel de extrema importância para o êxito do programa de gestão. 
 
 Equipamentos de Protecção 
Para prevenir os acidentes e as doenças decorrentes do trabalho, a ciência e a tecnologia 
 à nossa disposição uma série de medidas e equipamentos de protecção, colectiva e individual. 
 
 Equipamentos de Protecção Colectiva ( EPC) 
É toda medida ou dispositivo, sinal, imagem, som, instrumento ou equipamento destinado à 
protecção de uma ou mais pessoas expostos a risco durante a realização de um trabalho. 
Exemplos: 
➢ Limpeza e organização dos locais de trabalho; 
➢ Sistema de exaustão colocado em um ambiente de trabalho onde há poluição; 
➢ Colocação de aterramento eléctrico nas máquinas e equipamentos; 
➢ Protecção nas escadas através de corrimão, rodapé e pastilha antiderrapante; 
 
 Equipamento de Protecção Individual (EPI) 
É todo dispositivo de uso individual, destinados a ser utilizados por uma pessoa contra possíveis 
riscos ameaçadores da sua saúde ou segurança durante o exercício de uma determinada 
actividade. Seu uso será quando não for possível tomar medidas que permitam eliminar os riscos 
do ambiente em que se desenvolve a actividade. (SILVA, 2013). 
 
Devemos utilizá-lo quando não for possível eliminar o risco por outras medidas ou equipamentos 
de protecção colectiva, para complementar a protecção colectiva, em trabalhos eventuais ou 
emergenciais e em exposição de curto período. 
 
 
8 
 
A escolha do EPI deve ser feita por pessoal especializado, conhecedor não só do equipamento, 
como também das condições em que o trabalho é executado. É preciso conhecer também o tipo 
de risco, a parte do corpo atingida, as características e qualidades técnicas do EPI, se possui 
Certificado de Aprovação do Ministério do Trabalho e Emprego e, principalmente, o grau de 
protecção que o equipamento deverá proporcionar. Os equipamentos de protecção individual são 
classificados de conformidade com a parte do em corpo que deve ser protegida. (RODRIGUES e 
REAL. 2017: 17). 
 
 
9 
 
3. Conclusão 
Em função das literaturas visitadas e de acordo com as análises feitas percebe-se que, a aplicação 
das medidas de higiene e segurança no trabalho traz consigo vários benefícios e compensações 
para as instituições e empresas, que por sua vez, possibilita na redução dos acidentes de trabalho, 
melhoria da qualidade de vida no trabalho, melhoria na produtividade, melhoria da qualidade, 
melhoria da imagem externa da empresa, a empresa assegura a saúde e segurança dos 
trabalhadores, a empresa assegura a criação e manutenção dos serviços de prevenção e 
emergência, reforço da informação e formação no domínio da segurança e saúde, reforço da 
consulta e participação dos trabalhadores em aspectos relacionados com a segurança e saúde, 
aior competitividade empresarial, baixa de sinistralidade laboral, menor absentismo, mais saúde, 
satisfação e bem-estar, maior harmonia nas relações de trabalho e diminuição dos custos com as 
seguradoras. 
 
 
10 
 
4. Bibliografia 
1. MARCONI e LAkATOS. Metodologia de trabalho cientifica.6ed- 2006. 
2. NÉRICI. Introdução a orientação educacional. 1978. 
3. CHIAVENATO. Gestão de Pessoas: o novo papel dos recursos humanos nas 
organizações. Rio de Janeiro: Campus, 1999. 
4. ASSOCIAÇÃO EMPRESARIAL DE PORTUGAL. Higiene e segurança no trabalho. 
2002. 
5. INSPECÇÃO GERAL DAS ACTIVIDADES EM SAÚDE. Manual de segurança e 
saúde no trabalho. 2018. 
6. TACHIZAWA, FERREIRA e FORTUNA. Gestão em pessoas: uma abordagem 
aplicada às Estratégias de negócios. São Paulo: FGV, 2001. 
7. CARVALHO, A. E NASCIMENTO, L. P. Administração de recursos humanos. São 
Paulo: Pioneira, 1998. 
8. BUREAU PARA AS ACTIVIDADES DOS TRABALHADORES. Introdução à saúde 
e segurança no trabalho. 2009. 
9. RODRIGUES e REAL. Noções básicas de higiene e segurança do trabalho. 2017. 
10. SILVA. Atos inseguros e condições inseguras. 2013

Materiais relacionados

Perguntas relacionadas

Materiais recentes

Perguntas Recentes