A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Gestalt Terapia - resumo

Pré-visualização|Página 1 de 1

Gestalt Terapia - resumo


Fundação

A Gestalt Terapia foi fundada por Fritz e Laura Perls na década de 1940.

Foi fundada em 1951, a partir da publicação do livro Gestalt-Terapia, de Fritz Perls, Ralph Hefferline e Paul Goodman.

Essa abordagem possui uma base que se fundamenta na na fenomenologia, no existencialismo dialógico, no Holismo e na Teoria de Campo que orienta e conduz a um modo característico de atuação.

A Gestalt-Terapia traz uma proposta de psicoterapia que se baseia em uma visão do homem e da sociedade, constituindo-se em uma teoria acerca de suas relações.

Tomou como ponto de partida a psicanálise freudiana, primeira formação de Fritz e Laura Perls, e foi formulada a partir de teorias psicológicas quem vêm sendo discutidas e aprofundadas, ao longo dos anos, no âmbito da abordagem, com o objetivo de melhor fundamentar suas origens históricas e cunho teórico. 


Na Gestalt Terapia o foco é no momento atual (tempo) e espaço (ambiente), que são conceitos básicos.

O objetivo é a construção da compreensão e amadurecimento da pessoa.

Não é o terapeuta que resolve ou ameniza os problemas, mas sim conduz a pessoa à aceitação e responsabilização de si.


A Gestalt Terapia não foca na doença e nos problemas do paciente. No atendimento, a pessoa é chamada de cliente, enfatizando que não se trata de um processo de doença e cura, mas sim de desenvolvimento.

Trabalha-se o indivíduo como um todo, seguindo a filosofia da psicologia da Gestalt de que o todo é mais do que a soma de suas partes.

Sendo assim, as emoções, percepções e comportamentos do indivíduo se juntam para formar sua personalidade, única e com características diferentes de suas partes separadas.


Ela também recebe o nome de terapia do contato, fazendo referência ao contato consigo mesmo, suas necessidades e o ambiente.


Base teórica:

Fenomenologia significa estudo dos fenômenos, daquilo que aparece à consciência, buscando explorá-lo.

Existencialismo é uma doutrina filosófica centrada na análise da existência e do modo como seres humanos têm existência no mundo.

Holismo é um conceito que vem do campo das ciências humanas e naturais. Ele diz respeito ao entendimento de que um sistema não pode ser definido e caracterizado apenas pela soma de suas partes.

Teoria de Campo derivada da Gestalt, segundo ela são as forças do ambiente que levam indivíduos diferentes a reagirem de forma diferente ao mesmo tipo de estimulo.


Conceitos da Gestalt Terapia:

Aqui e agora - A Gestalt Terapia foca no aqui e no agora, buscando examinar as situações como elas se apresentam no presente.

O passado não é todo negado, mas é investigado pelo modo que ele se manifesta no momento atual.

É apenas no momento presente que a pessoa pode agir, então todo o trabalho é feito partindo do momento atual para que o cliente possa modificar aquilo que gera incômodos.

Consciência (awareness) - É um dos pontos chaves da Gestalt Terapia. É por meio dela que as transformações necessárias para o desenvolvimento de cada pessoa são possíveis.

Para que haja consciência, primeiro é necessário perceber o que acontece na vida, tanto no interior quanto no exterior. Para isso, é preciso atenção.

E para poder mudar e desenvolver-se, é necessário aceitar. O que não é aceito não é trabalhado, pois sua existência é negada. Quando a pessoa percebe e aceita os fatores que provocam a sua infelicidade, ela toma consciência do que acontece em sua vida.

Responsabilidade - A pessoa precisa se responsabilizar pelo que faz e sente, pelas suas vivências, pelas coisas que deixa de fazer, sem procurar culpar outras pessoas pelas coisas que ocorrem em sua vida.

Não se trata de jogar toda a culpa no cliente, mas sim de facilitar a percepção das coisas que podem ser mudadas. Assim, ajuda-se a pessoa a buscar e alcançar seus próprios objetivos.


Curiosidades:

Fritz Perls, Laura Perls e Paul Goodman foram os três principais formuladores da Gestalt-Terapia.

Todos eles estiveram profundamente envolvidos com a arte ao longo de suas vidas.

Fritz Perls desde a infância esteve envolvido com o teatro, que praticou formalmente na adolescência, quando participou da escola de teatro de Max Reinhardt.

Laura Perls, desde a infância como pianista e depois com a dança e a literatura.

Paul Goodman como poeta e escritor.