A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
Eritrograma

Pré-visualização | Página 1 de 1

Aline Oliveira
Eritrograma
Avaliação de hemácias e sua
morfologia
➮ VG - (volume globular médio): mede o
tamanho das hemácias.
Macrocítica – eritrócitos de tamanhos
maiores.
Microcítica – eritrócitos de tamanhos
menores.
Normocítica – eritrócitos de tamanho
normal.
Gatos: 39 a 55
Cães: 60 a 77
➮ CHCM - (Concentração de
hemoglobina corpuscular média):
concentração de hemoglobina por volume
de sangue (coloração das células).
Hipocrômica - coloração mais clara.
Normocrômica - coloração normal.
Gatos: 30 a 35
Cães: 32 a 36
➮ Anisocitose - hemácias de tamanhos
diferentes.
➮ Policromasia - várias hemácias de
colorações diferentes. Com quantidades de
hemoglobina diferente.
Hemácias jovens (reticulócitos) na
circulação: são células maiores e com
menos hemoglobina, podem causar
aumento do VCM e diminuição do
CHCM.
HCM – Hemoglobina corpuscular
média
✔ Anemia
➮ É uma condição secundária à uma
doença. Onde ocorre a diminuição do
número de eritrócitos que gera uma
diminuição de oxigenação para os tecidos.
Sinais clínicos: letargia, intolerância ao
exercício, palidez das mucosas e icterícia,
aumento da F.C e F.R.
Pode acontecer por perda de sangue aguda
e crônica, hemólise intra e extravascular,
defeito de maturação.
✔ Anemia relativa
➮ Ocorre por hiper hidratação, coleta no
mesmo soro, fêmeas gestantes, neonatos,
Aline Oliveira
essas condições ocasionam aumento do
volume plasmático, causando uma
hemodiluição e apresentando uma anemia
laboratorialmente, porém não verdadeira.
✔ Anemia absoluta
➮ Ocorre por perdas sanguíneas,
produção inadequada das células,
destruição excessiva dos eritrócitos.
✔Anemia regenerativa
➮ A produção de hemácias na medula
óssea se mantém normal, são causadas por
hemorragias ou hemólise, onde nessa
situação a redução da quantidade de
hemácias no sangue estimula a produção
de eritropoetina que vai atuar na medula
óssea favorecendo a proliferação e
diferenciação das células precursoras.
Em cães, gatos e suínos são sinais de
regenerativas: Anisocitose, reticulocitose,
macrocitose, policromasia, metarrubrícito
e corpúsculos de Howell Jolly.
➮ Importante: Em equinos a medula
óssea geralmente não libera reticulocitose
no sangue periférico, assim a reticulocitose
e policromasia não é observado como
resposta regenerativa.
✔Anemia arregenerativa
➮ A medula óssea não consegue manter
ou aumentar a produção de hemácias em
consequência de lesões na medula óssea
ou carência de substratos necessários para
produção de eritropoiese, ferro, vitamina
de complexo B, hormônios e etc...
Causas: Insuficiência renal crônica,
doenças inflamatórias crônicas,
hemoparasitose crônica, endocrinopatia,
drogas, neoplasia e leucemias.
Classificação das anemias e
interpretação clínica
VGM CHCM INTERPRETAÇÃO
CLÍNICA
Normocítica Normocrômica Arregenerativas, anemias
das doenças crônicas.
Normocítica Hipocrômica Início da deficiência de
ferro.
Macrocítica Hipocrômica Anemias regenerativas,
hemorragia e hemólise.
Macrocítica Normocrômica Deficiência de vitamina
B12, fosfato, cobalto em
ruminantes, mielose
eritrêmica, macrocitose
em Poodles.
Microcítica Normocrômica Deficiência de ferro e cão
da raça Akita.
Microcítica Hipocrômica Deficiência de ferro,
cobalto e vitamina B6.
Perda de sangue crônica.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.