_MECANISMO DE DOR.ppt

_MECANISMO DE DOR.ppt

Disciplina:Tópicos Regionais em Fisioterapia440 materiais531 seguidores
Pré-visualização1 página
*
*
*

MECANISMO DE DOR
Samantha Batista Amui

*
*
*

Dor
“É uma experiência sensorial e emocional desagradável, associada a um dano de tecido real ou potencial, ou descrita em termos de dum dano” ( Merskley, 1986)

É mais um percepção do que uma sensação. É uma percepção real tenha ou não ocorrido uma lesão.

*
*
*

*
*
*

Classificação da dor
Em dores periféricas e centrais:
 Dores periféricas: músculos, tendões, fáscias, nos próprios nervos periféricos;
Dores centrais: SNC;

Outra classificação:
Dor nociceptiva: Os nervos enviam informação ao SNC;
Dor neuropática: Alterou o SNC ou o periférico;

*
*
*

As vias de condução da dor
“ A noscicepção nasce no corno dorsal da medula, mas nós só chamamos de dor quando esta alcança o cérebro.”

Lesão tecidual → provoco uma queda do pH → liberação de substâncias químicas ( histaminas, bradquininas) = substâncias que são conduzidas por vias nervosas tipo C

*
*
*

As fibras tipo C respondem → geram impulso elétrico → que viaja ao longo do nervo → entra na medula;

No corno dorsal as fibras tipo C → liberam neurotransmissores excitatórios ( substância P).

Após isso a informação de dor → chega ao tálamo ( via espinotalâmico lateral = via de condução específica da dor no SNC).

Lá no tálamos → tenho processamento da informação → chega ao cérebro a percepção da dor, discriminação da dor.

*
*
*

*
*
*

Mecanismo de inibição da dor
Quando tenho um estimulo de vibração, pressão ( propriocepção) → estímulo elétrico → através da via nervosa tipo A beta →chegam na medula ( corno posterior).

Após entrar na medula → a informação é processada e enviada ao tálamo via espinotalâmico anterior → chega no cérebro → a informação é percebida e discriminada.

*
*
*

Quando eu tenho dois estímulos diferentes ( dor e pressão) → os dois vão chegar na medula ( corno posterior), cada um com sua via.

As fibras A beta e C entram na medula → envolvem a substância gelatinosa → dirige-se as células de transmissão ( células T).

Nas células T os dois circuitos são bem diferenciados.

*
*
*

 Existe um mecanismo de comportas ( portão) que permite somente a passagem de uma ou outra transmissão). A da via A beta, ou da via C!!!!!!

Se a informação da via A beta for predominante, o sinal doloroso da via C é:
INIBIDO

Mas se a informação dolorosa for predominante a dor vai se MANIFESTAR

FAMOSA TEORIA DO PORTÃO = TEORIA DAS COMPORTAS

*
*
*

Vantagens da fibra A beta sobre a C
As fibras A beta são mielinizadas ( + rápidas)
As fibras A beta são mais grossas ( + rápidas)
As fibras C necessitam de fortes estímulos para transmitir impulsos até as células T

*
*
*

*
*
*

Inibição da dor via hipotálamo
Além do mecanismo de comportas, o meu sistema nervosos central consegue modular a dor: INIBI-LA

A informação chega ao cérebro → via trato espinotalâmico lateral → é processada.

O cérebro (área do hipotálamo) envia a informação → via trato córtico-espinal → inibindo a dor ( CONTROLE VOLUNTÁRIO)

*
*
*