A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Eixo 1 Parte 1 Questionário Avaliativo

Pré-visualização | Página 1 de 1

Eixo 1 – Parte 1 – Questionário Avaliativo
1. Considerando os temas debatidos nesta aula, assinale a alternativa correta:
Escolha uma opção:
a. As pesquisas e os levantamentos realizados nos últimos anos no Brasil revelam números alarmantes de adolescentes que consomem álcool ou outras drogas ainda nessa fase da vida. E, no recorte de gênero, para todas as substâncias psicoativas, a iniciação ocorre mais cedo para os meninos do que para as meninas.
b. O adolescente envolvido com a prática do ato infracional, em regra, enfrenta uma ou mais violações de direitos – infrequência ou evasão escolar, ruptura dos vínculos familiares, dificuldades ou ausência de acesso a serviços públicos em geral etc., como demonstrou a pesquisa realizada pelo CNJ. 
c. Os dados demonstram que, na última década, os crimes contra a vida foram os mais praticados por adolescentes, seguido do tráfico de drogas e do roubo.
d. No Brasil, há uma visão generalizada, apoiada por grande parte dos veículos de comunicação, de que um dos grandes fatores causadores da violência praticada pelos adolescentes é a “impunidade”. Essa visão é confirmada pelos estudos empíricos realizados.
2. Em termos legais, a adolescência inicia aos doze anos e se encerra aos dezoito, conforme disciplina o Estatuto da Criança e do Adolescente. Entretanto, pelo Estatuto da Juventude, são considerados jovens as pessoas entre quinze e vinte e nove anos. Ou seja, os adolescentes entre quinze e dezoito anos são protegidos por duas leis distintas. Assim, assinale a alternativa correta:
Escolha uma opção:
a. Entre os quinze e dezoito anos, tendo em vista a incidência das duas leis, compete ao Conselho Tutelar decidir qual das normas se aplicam ao caso concreto.
b. Entre os quinze e dezoito anos, o adolescente é protegido pelas duas leis, porém, havendo conflito entre elas, deve se aplicar o Estatuto da Juventude, já que o adolescente está mais próximo de ser um jovem do que ser uma criança.
c. Apesar desse aparente conflito na legislação, o próprio Estatuto da Juventude fez questão de apontar que, aos menores de 18 anos, deve-se aplicar, primeiramente, as normas estipuladas no Estatuto da Criança e do Adolescente, e, excepcionalmente, aquelas dirigidas aos jovens, desde que não conflitem com as normas de proteção integral do adolescente. 
d. Ao completar quinze anos, em razão do princípio da especialidade, o adolescente passa a ser protegido apenas pelo Estatuto da Juventude, mais específica em relação a ele do que ao Estatuto da Criança e do Adolescente.
3. Sobre a política de saúde mental para adolescentes, assinale a alternativa incorreta:
Escolha uma opção:
a. Há, na legislação brasileira, três modalidades de internação: a voluntária (que se dá com o consentimento do usuário), a involuntária (que se dá sem o consentimento do usuário e a pedido de terceiro) ou a compulsória (determinada pelo Poder Judiciário).
b. Fazem parte da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS), entre outros, as Unidades de Saúde (Atenção Básica) e os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) (Atenção Especializada Estratégica).
c. A internação compulsória, que é aquela determinada pelo Poder Judiciário, prescinde, nos termos da lei, de laudo médico circunstanciado que caracterize os seus motivos, pois compete ao Juiz analisar individualmente a situação social e psíquica do adolescente, após ouvido o Ministério Público. 
d. A internação psiquiátrica, em qualquer modalidade, deve ser indicada, sempre de maneira excepcional e transitória, apenas quando os recursos extra-hospitalares se mostrarem insuficientes.
4. Assinale V para as alternativas corretas e F para as falsas:
	Considerando que a criminalidade é um fenômeno que sempre esteve presente em todas as sociedades, pode-se afirmar que o envolvimento do adolescente com as drogas deve ser sempre tratado como um problema criminal, por meio da aplicação de medida socioeducativa de internação, na qual o adolescente poderá ser tratado de sua dependência química.
	Resposta 1 
	Segundo levantamento realizado pelo Conselho Nacional de Justiça, a maior parte dos adolescentes em conflito com a lei que cumprem medida de internação chegam à unidade sem sequer estarem alfabetizados.
	Resposta 2 
	No campo da Psicologia do Desenvolvimento, o consenso é de que a adolescência tem espaço dos 11 aos 20 anos, aproximadamente.
	Resposta 3 
	Os principais riscos para a saúde, na adolescência, emergem de questões comportamentais, tais como transtornos da alimentação e o abuso de drogas. Ao mesmo tempo, é nessa fase que são desenvolvidas a capacidade de pensar em termos abstratos e de utilizar o raciocínio científico, muito embora o pensamento imaturo persista em algumas atitudes e comportamentos, junto com a busca pela identidade.
	Resposta 4 
5. Assinale V para as alternativas corretas e F para as falsas:
	A criminalidade é uma subcultura que pode existir nas periferias (assim como nos bairros nobres, se formos falar da criminalidade de colarinho branco), mas não define a cultura das periferias e tampouco é única e hegemônica.
	Resposta 1 
	O modelo de atenção em Saúde Mental adotado pelo Ministério da Saúde, que tem como principal marco legal a Lei n. 10.216/2001 (Lei da Reforma Psiquiátrica), foi reorientado para o atendimento, prioritariamente, comunitário e ambulatorial.
	Resposta 2 
	Em comparação com o modelo que vigorava desde o Código Civil de 1916, pode-se dizer que não houve grandes inovações no Estatuto da Criança e do Adolescente no sentido do conceito e da proteção destinada ao adolescente.
	Resposta 3 
	A terminologia adotada pela literatura sociojurídica para designar os adolescentes que cometeram algum ato infracional é “adolescente infrator”, sendo errado utilizar o termo “menor infrator”, tão utilizado pela mídia.
	Resposta 4 
Falso
Falso
Verdadeiro
Verdadeiro
Verdadeiro
Verdadeiro
Falso
Falso

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.