Buscar

Economia Brasileira Contemporânea II

189 materiais

688 seguidores

O que é?

A Economia Brasileira Contemporânea II é uma disciplina que se dedica ao estudo da economia brasileira a partir da década de 1930 até os dias atuais. Ela aborda as principais transformações econômicas, políticas e sociais que ocorreram no país nesse período, bem como as políticas públicas adotadas pelos governos para enfrentar os desafios econômicos e sociais. A disciplina tem como objetivo fornecer aos estudantes uma compreensão aprofundada da economia brasileira, suas características, desafios e perspectivas, permitindo que eles possam analisar criticamente os problemas econômicos e sociais do país e propor soluções para esses problemas.

Por que estudar essa disciplina?

A Economia Brasileira Contemporânea II é uma disciplina de extrema importância para entender a história econômica do Brasil e suas implicações no presente. Ela permite compreender as raízes dos problemas econômicos e sociais do país, bem como as políticas públicas adotadas pelos governos para enfrentá-los. Além disso, a disciplina fornece uma visão crítica sobre as políticas econômicas adotadas no passado e suas consequências no presente, permitindo que os estudantes possam propor soluções para os desafios econômicos e sociais do país. A compreensão da economia brasileira é fundamental para profissionais de diversas áreas, como economia, administração, direito, ciências sociais, entre outras, que precisam entender as dinâmicas econômicas do país para tomar decisões informadas e contribuir para o desenvolvimento sustentável do Brasil.

Conteúdo gerado por IA
Estamos aprimorando nossas páginas com Inteligência Artificial e trabalhando para garantir que as informações sejam corretas e úteis para você.

Materiais populares

O que se estuda na disciplina?

  • Desenvolvimentismo
  • Milagre Econômico
  • Crise da Dívida Externa
  • Plano Real
  • Neoliberalismo
  • Globalização
  • Desigualdade Social
  • Políticas Sociais

Áreas do conhecimento

A Economia Brasileira Contemporânea II abrange diversas áreas da economia, como macroeconomia, microeconomia, economia internacional, economia do desenvolvimento, entre outras. Ela se dedica a analisar as políticas econômicas adotadas pelos governos brasileiros, bem como as transformações econômicas, políticas e sociais que ocorreram no país nesse período. A disciplina aborda o desenvolvimentismo, uma corrente de pensamento que defendia a intervenção do Estado na economia para promover o desenvolvimento do país. Ela também analisa o período do Milagre Econômico, que ocorreu na década de 1970, quando o país experimentou um rápido crescimento econômico, mas que foi acompanhado por uma série de problemas sociais e políticos. A crise da dívida externa, que afetou o país na década de 1980, também é abordada na disciplina, bem como o Plano Real, que foi implementado na década de 1990 para combater a inflação. Além disso, a disciplina se dedica a analisar o neoliberalismo, a globalização e suas implicações na economia brasileira, bem como a desigualdade social e as políticas sociais adotadas pelos governos para enfrentá-la.

Conteúdo gerado por IA
Estamos aprimorando nossas páginas com Inteligência Artificial e trabalhando para garantir que as informações sejam corretas e úteis para você.

Como estudar Economia Brasileira Contemporânea II?

Para estudar Economia Brasileira Contemporânea II, é importante ter uma base sólida em economia, história e ciências sociais. É recomendável que os estudantes tenham cursado Economia Brasileira Contemporânea I, que aborda a história econômica do Brasil até a década de 1930. Além disso, é importante ler livros e artigos sobre a economia brasileira, bem como acompanhar as notícias econômicas do país. A disciplina exige uma leitura crítica dos textos e uma análise cuidadosa dos dados econômicos. É importante que os estudantes estejam familiarizados com as principais teorias econômicas e suas aplicações na economia brasileira. A resolução de exercícios e a participação em debates e discussões em sala de aula são fundamentais para consolidar o aprendizado. Além disso, é importante que os estudantes estejam atualizados sobre as políticas econômicas e sociais adotadas pelos governos brasileiros e suas implicações na economia do país.

Aplicações na prática

A Economia Brasileira Contemporânea II tem diversas aplicações práticas, tanto no setor público quanto no setor privado. Profissionais de diversas áreas, como economia, administração, direito, ciências sociais, entre outras, podem se beneficiar do conhecimento adquirido na disciplina para tomar decisões informadas e contribuir para o desenvolvimento sustentável do país. No setor público, os conhecimentos adquiridos na disciplina podem ser aplicados na formulação e implementação de políticas públicas que visem promover o desenvolvimento econômico e social do país. No setor privado, os conhecimentos adquiridos na disciplina podem ser aplicados na análise de investimentos, na gestão de empresas e na tomada de decisões estratégicas. Além disso, a disciplina pode ser útil para profissionais que atuam em organizações não governamentais e movimentos sociais que buscam promover a justiça social e a igualdade no país. Em suma, a Economia Brasileira Contemporânea II é uma disciplina fundamental para entender a economia brasileira e suas implicações no presente, permitindo que os estudantes possam contribuir para o desenvolvimento sustentável do país.

Conteúdo gerado por IA
Estamos aprimorando nossas páginas com Inteligência Artificial e trabalhando para garantir que as informações sejam corretas e úteis para você.

Materiais enviados recentes