Buscar

Qual a relevância social do adicional de penosidade, previsto na CR/88 e ainda não regulamentado?

#direitodotrabalho #constitucional #normaembranco

💡 1 Resposta

User badge image

Rangel Rocha da Silva

Ainda não regulamentado???? Não exite definição no Codigo Trabalhista, mas ja existem algumas definições não muito amplas sobre o  adicional de penosidade na legislação previdenciaria (Lei nº 3.807, de 26 de agosto de 1960 (Lei Orgânica da Previdência Social), Art. 9 e Decreto nº 58.831, de 25 de março de 1964. E algumas outras Convenção Coletivas de Trabalhadores.

\

\

\

A relevançia social basea-se no principio da dignidade da pessoa humana. Tendo isso, vamos discutir sobre a relação do trabalho x salario. A vida depende do trabalho. O trabalhador depende do trabalho para sobreviver e ter uma existência digna. Dessa forma, sem o trabalho não há dignidade.

Considerando o próprio conceito advindo do termo “penoso” que significa tudo aquilo que causa dor, dificuldades, que incomoda; considerando “as atividades penosas” como sendo aquelas que submetem o empregado a um desgaste físico maior, seja em decorrência do emprego de intensa força física, seja pela continuidade do trabalho que, nas condições peculiares de sua prestação, traz maior cansaço, dor e sofrimento; considerando a previsão contida no artigo 7°, inciso XXIII, da Constituição Federal, de que o adicional de penosidade define-se como sendo “o pagamento acrescido à remuneração ou ao salário do empregado para indenizar-lhe a prestação do trabalho em condições pessoalmente nocivas ao seu organismo ou à sua integridade física, não enquadrada no conceito legal de insalubridade ou periculosidade”; tal direito, a nosso ver, constitui como direito fundamental e como tal deve ter a proteção que merece.

Em forma simples, mesmo ainda não previsto no CTB, o reconhecimento e maior valoração do trabalhador que desempenha uma atividade "penosa", sob tal aspecto, tem-se que o ser humano não pode ser tratado como objeto. É o sujeito de toda a relação social e nunca pode ser sacrificada em homenagem a alguma necessidade circunstancial ou, mesmo, a propósito da realização de fins últimos de outros seres humanos ou de uma coletividade indeterminada.

0
Dislike0

✏️ Responder

SetasNegritoItálicoSublinhadoTachadoCitaçãoCódigoLista numeradaLista com marcadoresSubscritoSobrescritoDiminuir recuoAumentar recuoCor da fonteCor de fundoAlinhamentoLimparInserir linkImagemFórmula

Para escrever sua resposta aqui, entre ou crie uma conta

User badge image

Outros materiais

Outros materiais