Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

direito do trabalho

Joao e empregado de um restaurante. Após otrabalho foi a um bar. Ao retornar de onibus para casa, houve um acidente e Joaõ fraturou as 2 maos. Foi hospitalizado, ficando internado por 2 meses, quando teve alta possibilitando o retorno ao trabalho.

A lesao ocorrida deve ser caracterizada como acidente de trabalho?

Durante o periodo de internação, o conttrato de trabalho ficou suspenso ou interrompido?

O empregador deve pagar o salario de João durante o periodo de afastamento?


2 resposta(s)

User badge image

Daiana Sousa

Há mais de um mês

1- Não poderá ser caracterizado acidente de trabalho pelo fato dele ter mudado o percurso (casa/trabalho);

2- Acidente de trabalho ou doença após o 15º dia é considerado suspensão do contrato de trabalho e

3- Na suspensão do contrato de trabalho ambos os contraentes suspendem suas obrigações contratuais. Nesse caso o empregado entra em gozo de auxílio-doença, pago pela Previdência.

1- Não poderá ser caracterizado acidente de trabalho pelo fato dele ter mudado o percurso (casa/trabalho);

2- Acidente de trabalho ou doença após o 15º dia é considerado suspensão do contrato de trabalho e

3- Na suspensão do contrato de trabalho ambos os contraentes suspendem suas obrigações contratuais. Nesse caso o empregado entra em gozo de auxílio-doença, pago pela Previdência.

User badge image

Paduan Seta Advocacia

Há mais de um mês

- A lesão ocorrida não deve ser caracterizada como acidente de trabalho, pelo fato de não se tratar do retorno do trabalhador à sua residência. Como após o trabalho João foi ao bar, não pode ser considerado um acidente de trajeto entre o restaurante e sua casa.

- O contrato ficou suspenso, e não interrompido

- O empregador deverá pagaro salário de João apenas durante os primeiros 15 dias de afastamento. Após tal período, João receberá indenização relativa ao INSS.

Essa pergunta já foi respondida!