A maior rede de estudos do Brasil

Quais são os fatores que fazem com que a articulação do quadril seja forte e estável?

Posso considerar: fixação de músculos, ligamentos fortes, lábio do acetábulo, resistência da cápsula, forma esferoidea com profundidade da cavidade do acetábulo? Falta mais algo? 


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

A articulação do quadril, assim como a do ombro, apresenta uma estrutura esferóidea, a qual permite grande amplitude de movimento. Esses movimentos ocorrem em todos os eixos, porém, são limitados pelos ligamentos das articulações e pela cavidade que é muito profunda.


Uma vez que o lábio do acetábulo é menor que a cabeça do fêmur, ela não irá escorregar com facilidade para fora do encaixe articular, fazendo com que sejam raras as luxações no quadril. As estruturas que fazem com que a articulação do quadril seja forte e estável são: acetábulo côncavo e profundo, lábio do acetábulo, cápsula articular, espessamentos ligamentares da cápsula, ligamento da cabeça do fêmur, tendões dos músculos que cruzam a articulação, encaixe profundo em forma de taça.


Portanto, concluímos que as estruturas que fazem com que a articulação do quadril seja forte e estável são: acetábulo côncavo e profundo, lábio do acetábulo, cápsula articular, espessamentos ligamentares da cápsula, ligamento da cabeça do fêmur, tendões dos músculos que cruzam a articulação, encaixe profundo em forma de taça.

MARIEB, Elaine; WILHELM, Patricia; MALLATT, Jon. Anatomia Humana. São Paulo, 2014.

A articulação do quadril, assim como a do ombro, apresenta uma estrutura esferóidea, a qual permite grande amplitude de movimento. Esses movimentos ocorrem em todos os eixos, porém, são limitados pelos ligamentos das articulações e pela cavidade que é muito profunda.


Uma vez que o lábio do acetábulo é menor que a cabeça do fêmur, ela não irá escorregar com facilidade para fora do encaixe articular, fazendo com que sejam raras as luxações no quadril. As estruturas que fazem com que a articulação do quadril seja forte e estável são: acetábulo côncavo e profundo, lábio do acetábulo, cápsula articular, espessamentos ligamentares da cápsula, ligamento da cabeça do fêmur, tendões dos músculos que cruzam a articulação, encaixe profundo em forma de taça.


Portanto, concluímos que as estruturas que fazem com que a articulação do quadril seja forte e estável são: acetábulo côncavo e profundo, lábio do acetábulo, cápsula articular, espessamentos ligamentares da cápsula, ligamento da cabeça do fêmur, tendões dos músculos que cruzam a articulação, encaixe profundo em forma de taça.

MARIEB, Elaine; WILHELM, Patricia; MALLATT, Jon. Anatomia Humana. São Paulo, 2014.

User badge image

Giulia

Há mais de um mês

Acho que os fatores citados são suficientes, principalmente ao compararmos a articulação do quadril com a articulação do ombro. 

User badge image

Andre

Há mais de um mês

A articulação do quadril, assim como a do ombro, apresenta uma estrutura esferóidea, a qual permite grande amplitude de movimento. Esses movimentos ocorrem em todos os eixos, porém, são limitados pelos ligamentos das articulações e pela cavidade que é muito profunda.


Uma vez que o lábio do acetábulo é menor que a cabeça do fêmur, ela não irá escorregar com facilidade para fora do encaixe articular, fazendo com que sejam raras as luxações no quadril. As estruturas que fazem com que a articulação do quadril seja forte e estável são: acetábulo côncavo e profundo, lábio do acetábulo, cápsula articular, espessamentos ligamentares da cápsula, ligamento da cabeça do fêmur, tendões dos músculos que cruzam a articulação, encaixe profundo em forma de taça.


Portanto, concluímos que as estruturas que fazem com que a articulação do quadril seja forte e estável são: acetábulo côncavo e profundo, lábio do acetábulo, cápsula articular, espessamentos ligamentares da cápsula, ligamento da cabeça do fêmur, tendões dos músculos que cruzam a articulação, encaixe profundo em forma de taça.

MARIEB, Elaine; WILHELM, Patricia; MALLATT, Jon. Anatomia Humana. São Paulo, 2014.

User badge image

Andre

Há mais de um mês

A articulação do quadril, assim como a do ombro, apresenta uma estrutura esferóidea, a qual permite grande amplitude de movimento. Esses movimentos ocorrem em todos os eixos, porém, são limitados pelos ligamentos das articulações e pela cavidade que é muito profunda.


Uma vez que o lábio do acetábulo é menor que a cabeça do fêmur, ela não irá escorregar com facilidade para fora do encaixe articular, fazendo com que sejam raras as luxações no quadril. As estruturas que fazem com que a articulação do quadril seja forte e estável são: acetábulo côncavo e profundo, lábio do acetábulo, cápsula articular, espessamentos ligamentares da cápsula, ligamento da cabeça do fêmur, tendões dos músculos que cruzam a articulação, encaixe profundo em forma de taça.


Portanto, concluímos que as estruturas que fazem com que a articulação do quadril seja forte e estável são: acetábulo côncavo e profundo, lábio do acetábulo, cápsula articular, espessamentos ligamentares da cápsula, ligamento da cabeça do fêmur, tendões dos músculos que cruzam a articulação, encaixe profundo em forma de taça.

MARIEB, Elaine; WILHELM, Patricia; MALLATT, Jon. Anatomia Humana. São Paulo, 2014.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas