A maior rede de estudos do Brasil

Ação Penal

O que caracteriza a Ação Penal Pública condicionada e incondicionada?requisitos para a sua existência?


3 resposta(s)

User badge image

Marcos

Há mais de um mês

O art.24 do Código Processual Penal, preceitua:

" Art. 24.  Nos crimes de ação pública, esta será promovida por denúncia do Ministério Público, mas dependerá, quando a lei o exigir, de requisição do Ministro da Justiça, ou de representação do ofendido ou de quem tiver qualidade para representá-lo."

Quando a ação penal for promovida pelo Ministério Público sem que haja necessidade de manifestação de vontade da vítima ou de outra pessoa, a ação pena; é Incondicionada; quando, entretanto, por lei o Órgão Ministerial depende da representação da vítima ou da requisição o Ministro da Justiça para a interposição da ação, esta é classificada como Ação Penal Pública Condicionada.

Caracteriza-se assim a ação penal pública incondicionada por ser a promovida pelo Ministério Público sem que esta iniciativa dependa ou se subordine a nenhuma condição, tais como as que a lei prevê para os casos de ação penal pública condicionada, tais como representação do ofendido e requisição do ministro da Justiça.

Na ação penal incondicionada, desde que provado um crime, tornando verossímil a acusação, o órgão do Ministério Público deverá promover a ação penal, sendo irrelevante a oposição por parte da vítima ou de qualquer outra pessoa. É a regra geral na moderna sistemática processual penal.

 

Fonte: Âmbito Jurídico

Ação Penal Pública Condicionada e Incondicionada, Karla Karênina Andrade Carlos Cavalcante

O art.24 do Código Processual Penal, preceitua:

" Art. 24.  Nos crimes de ação pública, esta será promovida por denúncia do Ministério Público, mas dependerá, quando a lei o exigir, de requisição do Ministro da Justiça, ou de representação do ofendido ou de quem tiver qualidade para representá-lo."

Quando a ação penal for promovida pelo Ministério Público sem que haja necessidade de manifestação de vontade da vítima ou de outra pessoa, a ação pena; é Incondicionada; quando, entretanto, por lei o Órgão Ministerial depende da representação da vítima ou da requisição o Ministro da Justiça para a interposição da ação, esta é classificada como Ação Penal Pública Condicionada.

Caracteriza-se assim a ação penal pública incondicionada por ser a promovida pelo Ministério Público sem que esta iniciativa dependa ou se subordine a nenhuma condição, tais como as que a lei prevê para os casos de ação penal pública condicionada, tais como representação do ofendido e requisição do ministro da Justiça.

Na ação penal incondicionada, desde que provado um crime, tornando verossímil a acusação, o órgão do Ministério Público deverá promover a ação penal, sendo irrelevante a oposição por parte da vítima ou de qualquer outra pessoa. É a regra geral na moderna sistemática processual penal.

 

Fonte: Âmbito Jurídico

Ação Penal Pública Condicionada e Incondicionada, Karla Karênina Andrade Carlos Cavalcante

User badge image

Guilherme

Há mais de um mês

Os crimes de ação penal pública não são mencionados no Código Penal: todos os crimes que não possuem menção a representação dizem respeito à ação penal pública e é o Ministério Público o detentor do poder de movê-la e a polícia pode efetuar quaisquer diligências necessárias para apuração da autoria e da materialidade.

 

Os crimes de ação penal pública condicionada, por sua vez, são condicionadas à manifestação da vítima, através da representação, feita, normalmente, no momento da denúncia do crime perante a autoridade policial. A representação é condição de procedibilidade para que a Ação Penal Condicionada tome seu curso, movida pelo Ministério público após o fim do inquérito. O exemplo clássico é o crime de estupro (art. 213 c/c 225, CP).

Requisitos:

Interesse de agir (jus puniendi);

Legitimidade das partes;

Possibilidade Jurídica do Pedido (houver cominação legal para o pedido expresso na denúncia);

Justa Causa (se há razão para o réu ser punido e ação movida, se não há incidência de excludente de tipicidade, culpabilidade ou antijuridicidade, ou seja, se os fatos narrados na denúncia são um fato típico, ilícito e culpável, e se há indícios de autoria que imputem o crime ao réu e de materialidade, que comprovem que o crime de fato existiu).

User badge image

jackson

Há mais de um mês

ação penal pública condicionada a representação ou a requisição do ministro da justiça

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes