A maior rede de estudos do Brasil

Qual é o íon com maior concentração intraneural?


2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Para respondermos essa questão precisamos lembrar que dentro do neurônio, predominam-se íons potássio (K+)

Vamos lembrar um pouco da fisiologia da célula

No sistema nervoso diferenciam-se duas linhagens celulares: os neurônios e as células da glia (ou da neuróglia). Os  neurônios são as células responsáveis pela recepção e transmissão dos estímulos do meio (interno e externo), possibilitando ao organismo a execução de respostas adequadas para a manutenção da homeostase. Para exercerem tais funções, contam com duas propriedades fundamentais:  a irritabilidade (também denominada excitabilidade ou responsividade) e a condutibilidade. A existência do potencial de repouso deve-se principalmente a diferença de concentração de íons de sódio (Na+) e de potássio (K+) dentro e fora da célula. Essa diferença é mantida por meio de um mecanismo de bombeamento ativo de íons pelas membranas celulares, em que o sódio é forçado a sair da célula e o potássio a entrar.

fonte:http://www.academia.edu/30225519/UNIVERSIDADE_FEDERAL_DO_TOCANTINS_CAMPUS_UNIVERSIT%C3%81RIO_DE_ARAGUA%C3%8DNA_ESCOLA_DE_MEDICINA_VETERIN%C3%81RIA_E_ZOOTECNIA_RESUMOS_AULA_TE%C3%93RICA_DISCIPLINA_DE_FISIOLOGIA_VETERIN%C3%81RIA

Para respondermos essa questão precisamos lembrar que dentro do neurônio, predominam-se íons potássio (K+)

Vamos lembrar um pouco da fisiologia da célula

No sistema nervoso diferenciam-se duas linhagens celulares: os neurônios e as células da glia (ou da neuróglia). Os  neurônios são as células responsáveis pela recepção e transmissão dos estímulos do meio (interno e externo), possibilitando ao organismo a execução de respostas adequadas para a manutenção da homeostase. Para exercerem tais funções, contam com duas propriedades fundamentais:  a irritabilidade (também denominada excitabilidade ou responsividade) e a condutibilidade. A existência do potencial de repouso deve-se principalmente a diferença de concentração de íons de sódio (Na+) e de potássio (K+) dentro e fora da célula. Essa diferença é mantida por meio de um mecanismo de bombeamento ativo de íons pelas membranas celulares, em que o sódio é forçado a sair da célula e o potássio a entrar.

fonte:http://www.academia.edu/30225519/UNIVERSIDADE_FEDERAL_DO_TOCANTINS_CAMPUS_UNIVERSIT%C3%81RIO_DE_ARAGUA%C3%8DNA_ESCOLA_DE_MEDICINA_VETERIN%C3%81RIA_E_ZOOTECNIA_RESUMOS_AULA_TE%C3%93RICA_DISCIPLINA_DE_FISIOLOGIA_VETERIN%C3%81RIA

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas