A maior rede de estudos do Brasil

Qual a principal diferença entre a DNA polimerase dos retrovírus e a DNA polimerase de eucariotos?

Diferença, quanto a função, das DNA polimerases de retrovírus e eucariotos.


1 resposta(s)

User badge image

Mariana Tôrres de Castro

Há mais de um mês

Os retrovírus são conhecidos por possuir uma DNA-polimerase dependente do RNA, a transcriptase reversa. Nesse caso, seus virions de RNA, embora de sentido positivo, não funcionam como RNAm imediatamente após a infecção, visto que ele não é liberado do capsídeo para o citoplasma. Ao invés disso, ele serve como um template para a transcritase reversa e é copiado em DNA. A transcritase reversa não está disponível na célula, e assim esses vírus necessitam codificar para esta enzima e empacotá-la nos virions.

Em eucariotos há um grande número de DNA-polimerases. Para replicação, são necessárias as DNA-polimerases alfa, delta e epsilon. A DNA-polimerase beta está associada a correção de erros e a DNA-polimerase gama é responsável pela replicação do DNA mitocondrial. Caracteristicamente as DNA polimerases apresentam atividade polimerásica 5´-3´ e atividade exonucleásica 3´-5´. Esta última assegura a correção de possíveis erros de pareamento durante a síntese de DNA. O sistema funciona pela competição dos sítios catalíticos: Como a afinidade do sítio polimerásico é maior que a do sítio exonucleásico, apenas quando o nucleotídeo alocado não realiza o pareamento adequado é possível removê-lo. Há, ainda, a atividade exonucleásica 5´-3´ exibida pela DNA polimerase I, que permite a remoção dos iniciadores e auxilia no reparo a erros identificados após a replicação.

Os retrovírus são conhecidos por possuir uma DNA-polimerase dependente do RNA, a transcriptase reversa. Nesse caso, seus virions de RNA, embora de sentido positivo, não funcionam como RNAm imediatamente após a infecção, visto que ele não é liberado do capsídeo para o citoplasma. Ao invés disso, ele serve como um template para a transcritase reversa e é copiado em DNA. A transcritase reversa não está disponível na célula, e assim esses vírus necessitam codificar para esta enzima e empacotá-la nos virions.

Em eucariotos há um grande número de DNA-polimerases. Para replicação, são necessárias as DNA-polimerases alfa, delta e epsilon. A DNA-polimerase beta está associada a correção de erros e a DNA-polimerase gama é responsável pela replicação do DNA mitocondrial. Caracteristicamente as DNA polimerases apresentam atividade polimerásica 5´-3´ e atividade exonucleásica 3´-5´. Esta última assegura a correção de possíveis erros de pareamento durante a síntese de DNA. O sistema funciona pela competição dos sítios catalíticos: Como a afinidade do sítio polimerásico é maior que a do sítio exonucleásico, apenas quando o nucleotídeo alocado não realiza o pareamento adequado é possível removê-lo. Há, ainda, a atividade exonucleásica 5´-3´ exibida pela DNA polimerase I, que permite a remoção dos iniciadores e auxilia no reparo a erros identificados após a replicação.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes