A maior rede de estudos do Brasil

Lei delegada

 Eu sei que primeiro o presidente pede aprovação do congresso e depois elabora o texto da lei. Minha dúvida é se depois de elaborado o texto ele é novamente votado pelo Congresso para entrar em vigor, ou se já entra automatiamente depois de o presidente ter escrito o texto.


3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

DLRV Advogados Verified user icon

Há mais de um mês

Primeiro, há o pedido. O Congresso Nacional deve então delegar expressamente, via resolução na qual conste o conteúdo juntamente com os termos do exercício desta atribuição, ao Presidente da República o poder de disciplinar determinado assunto. 

Depois de criada a Lei pelo Chefe do Executivo, ela é remetida ao Legislativo para avaliação e aprovação. Considerando que os limites foram respeitados e que a Lei é conveniente, o legislativo a aprova, e a norma entra no sistema jurídico com status de Lei Ordinária. As Leis Delegadas não admitem emendas.

A lei delegada tem restrições e não pode ter como objeto, por exemplo, as seguintes matérias:

  • atos de competência exclusiva do Congresso Nacional;
  • matéria reservada a lei complementar;
  • legislação sobre planos plurianuais; e
  • diretrizes orçamentárias e orçamentos.

Primeiro, há o pedido. O Congresso Nacional deve então delegar expressamente, via resolução na qual conste o conteúdo juntamente com os termos do exercício desta atribuição, ao Presidente da República o poder de disciplinar determinado assunto. 

Depois de criada a Lei pelo Chefe do Executivo, ela é remetida ao Legislativo para avaliação e aprovação. Considerando que os limites foram respeitados e que a Lei é conveniente, o legislativo a aprova, e a norma entra no sistema jurídico com status de Lei Ordinária. As Leis Delegadas não admitem emendas.

A lei delegada tem restrições e não pode ter como objeto, por exemplo, as seguintes matérias:

  • atos de competência exclusiva do Congresso Nacional;
  • matéria reservada a lei complementar;
  • legislação sobre planos plurianuais; e
  • diretrizes orçamentárias e orçamentos.
User badge image

Thyeli

Há mais de um mês

Ajudou muito! Obrigada.

User badge image

Rodrigo

Há mais de um mês

Prezada Thyeli,

Como praticamente tudo em direito, a resposta é: Depende.

Existem duas formas de delegação para o chefe do executivo elaborar uma lei.

Se for a delegação plena, não existe condicionantes, ou seja, o chefe do executivo irá elaborar, promulgar e públicar a lei, sem qualquer participação do legislativo.

Já se há a delegação condicionada, o chefe do executivo irá elaborar o projeto e o encaminhará ao legislativo, que por sua vez, irá votar se aprova ou não tal projeto. Nessa situação, o que o legislativo poderá fazer é apenas aprovar ou rejeitar, ou seja, não pode apresentar emendas. Caso aprovado, irá para promulgação e publicação, caso rejeitado o projeto, ele será arquivado.

 

Espero ter ajudado!

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas