A maior rede de estudos do Brasil

What was the importance of Roman Catholic Church monks to the Anglo-Saxon world?

They were not only responsible for the increase of local trade, leading to human and cultural development, but also, as they were basically the only ones who could read and write, they registered important social and political facts which occurred at the time.


4 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

CONTEXTUALIZAÇÃO

A Igreja Católica Romana, ou simplesmente Igreja Católica, é uma igreja cujos fiéis são chamados de cristãos e que existe há milhares de anos. Por outro lado, o mundo anglo-saxão corresponde aos povos que habitaram a região da atual Inglaterra.


RESOLUÇÃO

Durante o século XVI houve um movimento orientado pelo rei Henrique VIII no território anglo-saxão – o qual hoje se conhece pelo nome de Inglaterra. O que ocorreu foi que a Igreja Britânica rompeu suas ligações com a Igreja Romana e com o papa, num contexto histórico em que ocorreu a Reforma Propor. Enfim, pode-se dizer que a cisão das Igrejas originou a Igreja Anglicana. Os agentes que faziam parte, em grande medida da esfera religiosa da Inglaterra como, por exemplo, Monges, haviam desenvolvido, e muito, a escrita e a educação religiosa no território inglês. Dessa forma, pode-se afirmar também que o movimento de expansão da Igreja Anglicana deve muito para a contribuição em escrituras dos monges cristãos.


CONCLUSÃO

Os monges e todos aqueles que contribuíram para que a Igreja Católica Romana se expandisse no território Anglo-saxão foram importantes para o desenvolvimento da Igreja Anglicana porque formaram as bases teóricas, escritas do sistema de ensino religioso no território local.


CONTEXTUALIZAÇÃO

A Igreja Católica Romana, ou simplesmente Igreja Católica, é uma igreja cujos fiéis são chamados de cristãos e que existe há milhares de anos. Por outro lado, o mundo anglo-saxão corresponde aos povos que habitaram a região da atual Inglaterra.


RESOLUÇÃO

Durante o século XVI houve um movimento orientado pelo rei Henrique VIII no território anglo-saxão – o qual hoje se conhece pelo nome de Inglaterra. O que ocorreu foi que a Igreja Britânica rompeu suas ligações com a Igreja Romana e com o papa, num contexto histórico em que ocorreu a Reforma Propor. Enfim, pode-se dizer que a cisão das Igrejas originou a Igreja Anglicana. Os agentes que faziam parte, em grande medida da esfera religiosa da Inglaterra como, por exemplo, Monges, haviam desenvolvido, e muito, a escrita e a educação religiosa no território inglês. Dessa forma, pode-se afirmar também que o movimento de expansão da Igreja Anglicana deve muito para a contribuição em escrituras dos monges cristãos.


CONCLUSÃO

Os monges e todos aqueles que contribuíram para que a Igreja Católica Romana se expandisse no território Anglo-saxão foram importantes para o desenvolvimento da Igreja Anglicana porque formaram as bases teóricas, escritas do sistema de ensino religioso no território local.


User badge image

Andre

Há mais de um mês

Aspectos Antropológicos


CONTEXTUALIZAÇÃO

A Igreja Católica Romana, ou simplesmente Igreja Católica, é uma igreja cujos fiéis são chamados de cristãos e que existe há milhares de anos. Por outro lado, o mundo anglo-saxão corresponde aos povos que habitaram a região da atual Inglaterra.


RESOLUÇÃO

Durante o século XVI houve um movimento orientado pelo rei Henrique VIII no território anglo-saxão – o qual hoje se conhece pelo nome de Inglaterra. O que ocorreu foi que a Igreja Britânica rompeu suas ligações com a Igreja Romana e com o papa, num contexto histórico em que ocorreu a Reforma Propor. Enfim, pode-se dizer que a cisão das Igrejas originou a Igreja Anglicana. Os agentes que faziam parte, em grande medida da esfera religiosa da Inglaterra como, por exemplo, Monges, haviam desenvolvido, e muito, a escrita e a educação religiosa no território inglês. Dessa forma, pode-se afirmar também que o movimento de expansão da Igreja Anglicana deve muito para a contribuição em escrituras dos monges cristãos.


CONCLUSÃO

Os monges e todos aqueles que contribuíram para que a Igreja Católica Romana se expandisse no território Anglo-saxão foram importantes para o desenvolvimento da Igreja Anglicana porque formaram as bases teóricas, escritas do sistema de ensino religioso no território local.


User badge image

Andre

Há mais de um mês

CONTEXTUALIZAÇÃO

A Igreja Católica Romana, ou simplesmente Igreja Católica, é uma igreja cujos fiéis são chamados de cristãos e que existe há milhares de anos. Por outro lado, o mundo anglo-saxão corresponde aos povos que habitaram a região da atual Inglaterra.


RESOLUÇÃO

Durante o século XVI houve um movimento orientado pelo rei Henrique VIII no território anglo-saxão – o qual hoje se conhece pelo nome de Inglaterra. O que ocorreu foi que a Igreja Britânica rompeu suas ligações com a Igreja Romana e com o papa, num contexto histórico em que ocorreu a Reforma Propor. Enfim, pode-se dizer que a cisão das Igrejas originou a Igreja Anglicana. Os agentes que faziam parte, em grande medida da esfera religiosa da Inglaterra como, por exemplo, Monges, haviam desenvolvido, e muito, a escrita e a educação religiosa no território inglês. Dessa forma, pode-se afirmar também que o movimento de expansão da Igreja Anglicana deve muito para a contribuição em escrituras dos monges cristãos.


CONCLUSÃO

Os monges e todos aqueles que contribuíram para que a Igreja Católica Romana se expandisse no território Anglo-saxão foram importantes para o desenvolvimento da Igreja Anglicana porque formaram as bases teóricas, escritas do sistema de ensino religioso no território local.


Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas