A maior rede de estudos do Brasil

Alguém, por favor, me dê exemplos de filiação judicial e extrajudicial, como diz o art. 10, inciso 2, do Código Civil?

Direito Civil
Direito Civil IUNICEUB

5 resposta(s)

User badge image

Karina

Há mais de um mês

Gabirel,

O Art. 10, II não fala em filiação judicial ou extrajudicial e sim de atos judiciais e extrajudiciais, o que é bem diferente. Este artigo fala que far-se-á averbação, ou seja, escrever à margem de um título ou registro, os atos (manifestação da administração pública)  judiciais ou extrajudiciais que reconheça ou declare a filiação. Exemplo, em um registro de nascimento que só consta a mãe, pode ococrrer que através de uma açaõ de reconhecimento de parternidade acrescente no tal registro o nome do pai.

 

Gabirel,

O Art. 10, II não fala em filiação judicial ou extrajudicial e sim de atos judiciais e extrajudiciais, o que é bem diferente. Este artigo fala que far-se-á averbação, ou seja, escrever à margem de um título ou registro, os atos (manifestação da administração pública)  judiciais ou extrajudiciais que reconheça ou declare a filiação. Exemplo, em um registro de nascimento que só consta a mãe, pode ococrrer que através de uma açaõ de reconhecimento de parternidade acrescente no tal registro o nome do pai.

 

User badge image

RICARDO

Há mais de um mês

Caro Gabriel, o artigo 10, trata de averbação em registro público de atos da vida civil, no inciso II, relata a necessidade de averbação da filiação em cartório de registro público, no caso em questão, no cartório de registro de pessoas naturais, onde far-se-á o registro civil de filiação, seja ela judicial, mediante sentença que confirma tal filiação ou extrajudicial, onde os pais declarem de ofício(assumem a criança) a filiação com a criança.

User badge image

Gabriel

Há mais de um mês

Então, filiação trata-se apenas de designar o pai de alguém?

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes