A maior rede de estudos do Brasil

Qual a diferença da Ação monitoria para Execução de título extrajudicial?


2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

DLRV Advogados Verified user icon

Há mais de um mês

A ação monitória busca do juiz a declaração da existência do direito pessoal de crédito, ou seja, requer o reconhecimento de que há uma obrigação a ser cumprida por uma parte devedora em face da parte credora.

De acordo com o artigo 700 do CPC, esta ação "pode ser proposta por aquele que afirmar, com base em prova escrita sem eficácia de título executivo, ter direito de exigir do devedor capaz”. A inicial deverá explicitar:

  • a importância devida, instruindo-a com memória de cálculo;
  • o valor atual da coisa reclamada; e
  • o conteúdo patrimonial em discussão ou o proveito econômico perseguido.

A ação de execução de título extrajudicial é ação atravez da qual o autor (exquente) requer o provimento jurisdicional com o interesse de obrigar o réu (exequido ou executado) a cumprir determinado direito consubstanciado em um título executivo.

A ação de execução “fundar-se-á sempre em título de obrigação certa, líquida e exigível”.

Não basta existir um título executivo. O mesmo deverá, adicionalmente, ser dotado dos atributos da certeza, liquidez e exigibilidade.

Na ação monitória, portanto, não há ainda título executivo, mas apenas prova escrita sem esta eficácia. Na ação de execução, por sua vez, já há titulo executivo.

Fonte:

https://exceptio.jusbrasil.com.br/artigos/515195280/cobranca-monitoria-e-execucao-qual-a-diferenca

A ação monitória busca do juiz a declaração da existência do direito pessoal de crédito, ou seja, requer o reconhecimento de que há uma obrigação a ser cumprida por uma parte devedora em face da parte credora.

De acordo com o artigo 700 do CPC, esta ação "pode ser proposta por aquele que afirmar, com base em prova escrita sem eficácia de título executivo, ter direito de exigir do devedor capaz”. A inicial deverá explicitar:

  • a importância devida, instruindo-a com memória de cálculo;
  • o valor atual da coisa reclamada; e
  • o conteúdo patrimonial em discussão ou o proveito econômico perseguido.

A ação de execução de título extrajudicial é ação atravez da qual o autor (exquente) requer o provimento jurisdicional com o interesse de obrigar o réu (exequido ou executado) a cumprir determinado direito consubstanciado em um título executivo.

A ação de execução “fundar-se-á sempre em título de obrigação certa, líquida e exigível”.

Não basta existir um título executivo. O mesmo deverá, adicionalmente, ser dotado dos atributos da certeza, liquidez e exigibilidade.

Na ação monitória, portanto, não há ainda título executivo, mas apenas prova escrita sem esta eficácia. Na ação de execução, por sua vez, já há titulo executivo.

Fonte:

https://exceptio.jusbrasil.com.br/artigos/515195280/cobranca-monitoria-e-execucao-qual-a-diferenca

User badge image

Thiago

Há mais de um mês

Putz!! Não sei mano -(

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas