Depreciação

A depreciação pode ser considerada como custo ou despesa de imobilizados decorrentes do desgaste pelo uso, ação da natureza ou obsolescência. Se a depreciação for de um ativo imobilizado diretamente empregado na produção, ela será tratada como custo indireto de fabricação. No entanto, se a depreciação for relativa aos ativos não utilizados na produção, será contabilizada como despesa. Acerca da depreciação, considere as seguintes afirmações: I - Depreciação é a alocação sistemática do valor depreciável de um ativo ao longo da sua vida útil e o valor depreciável é o custo de um ativo ou outro valor que substitua o custo, menos o seu valor residual. II - Um componente significativo de um item do ativo imobilizado pode ter a vida útil e o método de depreciação que sejam os mesmos que a vida útil e o método de depreciação de outro componente significativo do mesmo item. Esses componentes podem ser agrupados no cálculo da despesa de depreciação. III - A depreciação é reconhecida mesmo que o valor justo do ativo exceda o seu valor contábil, desde que o valor residual do ativo não exceda o seu valor contábil. A reparação e a manutenção de um ativo não evitam a necessidade de depreciá-lo. IV - Planta portadora é uma planta viva utilizada na produção ou no fornecimento de produtos agrícolas, é cultivada para produzir frutos por mais de um período, mas não terá depreciação porque é um ativo biológico.
 
 
(1 Ponto)
Disciplina:Contabilidade Rural1.519 materiais