A maior rede de estudos do Brasil

No lançamentos contábeis:

Administração

Anhanguera


3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Para responder essa pergunta, vamos deixar claro quais as diferenças entre crédito e débito.

Débito é tudo aquilo que a pessoa possui, tudo que ela tem, tudo que adquiriu, que é dela. E crédito responde como a pessoa conseguiu aquilo que ela possui, a origem do “débito”, de onde veio o que ela tem.

Se você compra uma mercadoria a prazo, você tem a mercadoria (débito), cuja origem, procedência, é ter sido comprada a prazo – dívida (crédito). Para quem vendeu esta mercadoria, ele tem (débito), ou seja um valor a receber de você. Se você vende uma mercadoria à vista, você tem dinheiro (débito), cuja origem foi a venda da mercadoria (crédito). Para quem comprou a mercadoria, ele tem a mercadoria (débito), cuja origem era o dinheiro pago (crédito).

A distinção “se a contabilidade é dele ou sua” deve ser feita sempre que é feita sua interpretação. Se eu depositar dinheiro no banco, eu tenho um comprovante de depósito (débito) que me possibilita sacar esse dinheiro posteriormente. Para o banco, o dinheiro que ele recebeu (débito) tem como origem você (crédito). Para o banco, você é “crédito”, pois representa a origem do dinheiro que ele recebeu. (fonte: http://aulas.goldstep.com.br/contabilidade/contabilidade-publica/debito-e-credito-em-contabilidade/1548/. Acesso em 15 de outubro de 2018).

Agora vamos analisar e interpretar o que são cada operação:

Ítem 1: O pagamento de um aluguel mensal resulta em um crédito para quem está pagando pois gerou uma diminuição de ativo do mesmo. É um valor que tem origem no aluguel do imóvel.

Ítem 2: A compra de móveis e utensílios em dinheiro resulta em um débito, pois você está pagando diretamente, ou seja, você possui aquele dinheiro

Ítem 3: A despesa com fretes é um valor debitado, pois é um custo e você possui tal valor.

Para responder essa pergunta, vamos deixar claro quais as diferenças entre crédito e débito.

Débito é tudo aquilo que a pessoa possui, tudo que ela tem, tudo que adquiriu, que é dela. E crédito responde como a pessoa conseguiu aquilo que ela possui, a origem do “débito”, de onde veio o que ela tem.

Se você compra uma mercadoria a prazo, você tem a mercadoria (débito), cuja origem, procedência, é ter sido comprada a prazo – dívida (crédito). Para quem vendeu esta mercadoria, ele tem (débito), ou seja um valor a receber de você. Se você vende uma mercadoria à vista, você tem dinheiro (débito), cuja origem foi a venda da mercadoria (crédito). Para quem comprou a mercadoria, ele tem a mercadoria (débito), cuja origem era o dinheiro pago (crédito).

A distinção “se a contabilidade é dele ou sua” deve ser feita sempre que é feita sua interpretação. Se eu depositar dinheiro no banco, eu tenho um comprovante de depósito (débito) que me possibilita sacar esse dinheiro posteriormente. Para o banco, o dinheiro que ele recebeu (débito) tem como origem você (crédito). Para o banco, você é “crédito”, pois representa a origem do dinheiro que ele recebeu. (fonte: http://aulas.goldstep.com.br/contabilidade/contabilidade-publica/debito-e-credito-em-contabilidade/1548/. Acesso em 15 de outubro de 2018).

Agora vamos analisar e interpretar o que são cada operação:

Ítem 1: O pagamento de um aluguel mensal resulta em um crédito para quem está pagando pois gerou uma diminuição de ativo do mesmo. É um valor que tem origem no aluguel do imóvel.

Ítem 2: A compra de móveis e utensílios em dinheiro resulta em um débito, pois você está pagando diretamente, ou seja, você possui aquele dinheiro

Ítem 3: A despesa com fretes é um valor debitado, pois é um custo e você possui tal valor.

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

Para responder essa pergunta, vamos deixar claro quais as diferenças entre crédito e débito.

Débito é tudo aquilo que a pessoa possui, tudo que ela tem, tudo que adquiriu, que é dela. E crédito responde como a pessoa conseguiu aquilo que ela possui, a origem do “débito”, de onde veio o que ela tem.

Se você compra uma mercadoria a prazo, você tem a mercadoria (débito), cuja origem, procedência, é ter sido comprada a prazo – dívida (crédito). Para quem vendeu esta mercadoria, ele tem (débito), ou seja um valor a receber de você. Se você vende uma mercadoria à vista, você tem dinheiro (débito), cuja origem foi a venda da mercadoria (crédito). Para quem comprou a mercadoria, ele tem a mercadoria (débito), cuja origem era o dinheiro pago (crédito).

A distinção “se a contabilidade é dele ou sua” deve ser feita sempre que é feita sua interpretação. Se eu depositar dinheiro no banco, eu tenho um comprovante de depósito (débito) que me possibilita sacar esse dinheiro posteriormente. Para o banco, o dinheiro que ele recebeu (débito) tem como origem você (crédito). Para o banco, você é “crédito”, pois representa a origem do dinheiro que ele recebeu. (fonte: http://aulas.goldstep.com.br/contabilidade/contabilidade-publica/debito-e-credito-em-contabilidade/1548/. Acesso em 15 de outubro de 2018).

Agora vamos analisar e interpretar o que são cada operação:

Ítem 1: O pagamento de um aluguel mensal resulta em um crédito para quem está pagando pois gerou uma diminuição de ativo do mesmo. É um valor que tem origem no aluguel do imóvel.

Ítem 2: A compra de móveis e utensílios em dinheiro resulta em um débito, pois você está pagando diretamente, ou seja, você possui aquele dinheiro

Ítem 3: A despesa com fretes é um valor debitado, pois é um custo e você possui tal valor.

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

No lançamentos contábeis:

#Balancete#Lançamentos#contabéis


Para responder essa pergunta, vamos deixar claro quais as diferenças entre crédito e débito.

Débito é tudo aquilo que a pessoa possui, tudo que ela tem, tudo que adquiriu, que é dela. E crédito responde como a pessoa conseguiu aquilo que ela possui, a origem do “débito”, de onde veio o que ela tem.

Se você compra uma mercadoria a prazo, você tem a mercadoria (débito), cuja origem, procedência, é ter sido comprada a prazo – dívida (crédito). Para quem vendeu esta mercadoria, ele tem (débito), ou seja um valor a receber de você. Se você vende uma mercadoria à vista, você tem dinheiro (débito), cuja origem foi a venda da mercadoria (crédito). Para quem comprou a mercadoria, ele tem a mercadoria (débito), cuja origem era o dinheiro pago (crédito).

A distinção “se a contabilidade é dele ou sua” deve ser feita sempre que é feita sua interpretação. Se eu depositar dinheiro no banco, eu tenho um comprovante de depósito (débito) que me possibilita sacar esse dinheiro posteriormente. Para o banco, o dinheiro que ele recebeu (débito) tem como origem você (crédito). Para o banco, você é “crédito”, pois representa a origem do dinheiro que ele recebeu. (fonte: http://aulas.goldstep.com.br/contabilidade/contabilidade-publica/debito-e-credito-em-contabilidade/1548/. Acesso em 15 de outubro de 2018).

Agora vamos analisar e interpretar o que são cada operação:

Ítem 1: O pagamento de um aluguel mensal resulta em um crédito para quem está pagando pois gerou uma diminuição de ativo do mesmo. É um valor que tem origem no aluguel do imóvel.

Ítem 2: A compra de móveis e utensílios em dinheiro resulta em um débito, pois você está pagando diretamente, ou seja, você possui aquele dinheiro

Ítem 3: A despesa com fretes é um valor debitado, pois é um custo e você possui tal valor.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas