A maior rede de estudos do Brasil

diferenças e semelhanças entre taylorismo, fordismo e toyotismo

História

PUC-RIO


5 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Taylorismo, Fordismo e Toyotismo são modelos de produção que se desenvolveram no capitalismo.


O Taylorismo é responsável pela divisão do trabalho com o objetivo de otimizar o tempo, onde, assim como no Fordismo, cada trabalhador é responsável por uma tarefa, fato que deixa de ser verdade com o desenvolvimento do Toyotismo, onde um trabalhador se desenvolve em mais de uma função. Porém, para Ford, que deveria ser responsável por ditar o ritmo do trabalhador era a máquina, não a velocidade individual como no Taylorismo.


No Fordismo, as máquinas são responsáveis por uma produção em série de modelos idênticos, eternizando a imagem do Ford T, preto, enquanto no Toyotismo ficou conhecido como “just in time”, onde a produção era feita sob demanda e com itens diferenciados entre os modelos.


Portanto, os três modelos têm como objetivo definir a melhor forma de produção, sendo o Taylorismo e o Fordismo com uma alta divisão do trabalho, o Fordismo responsável por linhas de produção em massa e o Toyotismo definindo sua produção com base na demanda.

Taylorismo, Fordismo e Toyotismo são modelos de produção que se desenvolveram no capitalismo.


O Taylorismo é responsável pela divisão do trabalho com o objetivo de otimizar o tempo, onde, assim como no Fordismo, cada trabalhador é responsável por uma tarefa, fato que deixa de ser verdade com o desenvolvimento do Toyotismo, onde um trabalhador se desenvolve em mais de uma função. Porém, para Ford, que deveria ser responsável por ditar o ritmo do trabalhador era a máquina, não a velocidade individual como no Taylorismo.


No Fordismo, as máquinas são responsáveis por uma produção em série de modelos idênticos, eternizando a imagem do Ford T, preto, enquanto no Toyotismo ficou conhecido como “just in time”, onde a produção era feita sob demanda e com itens diferenciados entre os modelos.


Portanto, os três modelos têm como objetivo definir a melhor forma de produção, sendo o Taylorismo e o Fordismo com uma alta divisão do trabalho, o Fordismo responsável por linhas de produção em massa e o Toyotismo definindo sua produção com base na demanda.

User badge image

Laurence Alves

Há mais de um mês

O Taylorismo, Fordismo e o Toyotismo são três modos de produção industrial utilizadas no capitalismo. Porém, eles tem diferenças estruturais no processo como os produtos são feitos, o ritmo de trabalho, o papel do funcionário, os objetivos, entre outros.

O taylorismo e o fordismo enfatizaram basicamente os princípios de produção. O primeiro iniciou o período de produção industrial, organizando o trabalho de modo a obter grande produtividade. O fordismo manteve o mecanismo de produção e organização, porém adicionou a esteira rolante, ditando um novo ritmo de trabalho.

O toyotismo, por sua vez, se concentrou no aspecto da cultura organizacional e sua importância para a competitividade de uma empresa.

Características do Taylorismo

  1. Divisão do trabalho em tarefas específicas;
  2. Aumento da produtividade;
  3. Grande nível de subordinação;

Características do Fordismo

  1. Padronização dos produtos;
  2. Produção em grande escala;
  3. Uso de linhas de montagem;
  4. Divisão do trabalho em pequenas tarefas.

Características de produção

  1. Produção diversificada;
  2. Eliminação de desperdício;
  3. Autonomia;
  4. Trabalhadores com múltiplas tarefas;
User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

Taylorismo, Fordismo e Toyotismo são modelos de produção que se desenvolveram no capitalismo.


O Taylorismo é responsável pela divisão do trabalho com o objetivo de otimizar o tempo, onde, assim como no Fordismo, cada trabalhador é responsável por uma tarefa, fato que deixa de ser verdade com o desenvolvimento do Toyotismo, onde um trabalhador se desenvolve em mais de uma função. Porém, para Ford, que deveria ser responsável por ditar o ritmo do trabalhador era a máquina, não a velocidade individual como no Taylorismo.


No Fordismo, as máquinas são responsáveis por uma produção em série de modelos idênticos, eternizando a imagem do Ford T, preto, enquanto no Toyotismo ficou conhecido como “just in time”, onde a produção era feita sob demanda e com itens diferenciados entre os modelos.


Portanto, os três modelos têm como objetivo definir a melhor forma de produção, sendo o Taylorismo e o Fordismo com uma alta divisão do trabalho, o Fordismo responsável por linhas de produção em massa e o Toyotismo definindo sua produção com base na demanda.

User badge image

Andre Smaira

Há mais de um mês

Taylorismo, Fordismo e Toyotismo são modelos de produção que se desenvolveram no capitalismo.


O Taylorismo é responsável pela divisão do trabalho com o objetivo de otimizar o tempo, onde, assim como no Fordismo, cada trabalhador é responsável por uma tarefa, fato que deixa de ser verdade com o desenvolvimento do Toyotismo, onde um trabalhador se desenvolve em mais de uma função. Porém, para Ford, que deveria ser responsável por ditar o ritmo do trabalhador era a máquina, não a velocidade individual como no Taylorismo.


No Fordismo, as máquinas são responsáveis por uma produção em série de modelos idênticos, eternizando a imagem do Ford T, preto, enquanto no Toyotismo ficou conhecido como “just in time”, onde a produção era feita sob demanda e com itens diferenciados entre os modelos.


Portanto, os três modelos têm como objetivo definir a melhor forma de produção, sendo o Taylorismo e o Fordismo com uma alta divisão do trabalho, o Fordismo responsável por linhas de produção em massa e o Toyotismo definindo sua produção com base na demanda.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas