A maior rede de estudos do Brasil

Descreva o caminho que percorre o estímulo nervoso desde o motoneuronio até sua chegada nos sacos laterais ?


3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

Visando responder a esse questionamento empregaremos nossos conhecimentos adquiridos acerca da disciplina de Educação Física.O corpo humano possui uma estrutura complexa, que começam com as células, o ajuntamento das células formam os tecidos, e dos tecidos os sistemas: musculares, esquelético, circulatório, nervoso. O sistema nervoso é um complexo conjunto de células e tecidos que comandam os movimentos voluntários e involutários do corpo humano. Ele é composto por células denominadas neurônios, sendo fracionado em dois:

  • Sistema nervoso central: encéfalo, cérebro, cerebelo e o tronco encefálico;

- Sistema nervoso periférico: nervos cranianos e os raquidianos.Sendo assim, quando ocorre o estímulo este se propaga através neurônios oriundos do tronco cerebral e medula chegando ao motoneurônios e por fim os músculos. Tal impulso fomentará uma irradiaçãoo por suas ramificações ao longo das fibras musculares, apresentando diversas interfaces com o músculo chamadas junções neuromusculares.  Sendo que na onde o músculo e o neurônio se encontram irá ocorrer uma interação, dando início ao movimento.

Visando responder a esse questionamento empregaremos nossos conhecimentos adquiridos acerca da disciplina de Educação Física.O corpo humano possui uma estrutura complexa, que começam com as células, o ajuntamento das células formam os tecidos, e dos tecidos os sistemas: musculares, esquelético, circulatório, nervoso. O sistema nervoso é um complexo conjunto de células e tecidos que comandam os movimentos voluntários e involutários do corpo humano. Ele é composto por células denominadas neurônios, sendo fracionado em dois:

  • Sistema nervoso central: encéfalo, cérebro, cerebelo e o tronco encefálico;

- Sistema nervoso periférico: nervos cranianos e os raquidianos.Sendo assim, quando ocorre o estímulo este se propaga através neurônios oriundos do tronco cerebral e medula chegando ao motoneurônios e por fim os músculos. Tal impulso fomentará uma irradiaçãoo por suas ramificações ao longo das fibras musculares, apresentando diversas interfaces com o músculo chamadas junções neuromusculares.  Sendo que na onde o músculo e o neurônio se encontram irá ocorrer uma interação, dando início ao movimento.

User badge image

William Martins

Há mais de um mês

O estímulo se propaga pelos neurônios das vias descendentes do tronco cerebral e medula até chegar pelos motoneurônios até o músculo. A estimulação do motoneurônio irá desencadear a propagação de um potencial de ação por suas ramificações ao longo das fibras musculares, apresentando diversas interfaces com o músculo chamadas junções neuromusculares. 

Na junção neuromuscular a interação entre o neurônio e o músculo ocorre na fenda sináptica (espaço entre o neurônio e o músculo). Cada junção neuromuscular comporta uma estrutura alargada do neurônio em sua porção terminal e uma extensa invaginação do musculoesquelético abaixo da extensão neural. Essencialmente, a estrutura dessa interligação é composta por um terminal pré-sináptico (motoneurônio) e por uma região pós-sináptica que inclui a membrana da fibra muscular e suas invaginações (placa motora terminal). A disposição da fibra muscular nessa região expõe uma vasta superfície de contato com extensa presença de receptores para interação com o neurotransmissor. 

O neurotransmissor liberado pelo motoneurônio a partir da chegada do potencial de ação no terminal pré-sináptico é a acetilcolina (Ach). Ao ser liberada na fenda sináptica a Ach liga-se a um receptor na membrana da fibra muscular (receptor nicotínico). Essa ligação leva a abertura de canais na membrana por onde passam substâncias iônicas (carregadas eletricamente) como o sódio (Na+) e o potássio (K+), que levarão a uma despolarização da membrana da fibra muscular e à produção de um potencial de ação que se propagará pelas suas invaginações (túbulos T transversos), gerando alterações que desencadearão o processo contrátil.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas