A maior rede de estudos do Brasil

contabilidade comercial e financeira como montar um razonete

Contabilidade Básica

ESTÁCIO EAD


3 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

A contabilidade é responsável por atualizar e manter as contas de uma empresa organizadas, para que seja possível realizar o balanço da empresa periodicamente.

Para realizar a contabilidade, existe uma ferramenta intermediária chamada de razonete, composta pelos lançamentos a crédito e a débito, de forma que possamos manter contas em aberto, como com fornecedores, sempre atualizadas.

Os razonetes são utilizados tanto para ativos quanto para passivos, sendo seus componentes o título, do lado esquerdo os lançamentos a crédito e do direito a débito.

Portanto, para montar o razonete devemos determinar o nome da conta, fazer os lançamentos a crédito na esquerda e a débito na direita.

A contabilidade é responsável por atualizar e manter as contas de uma empresa organizadas, para que seja possível realizar o balanço da empresa periodicamente.

Para realizar a contabilidade, existe uma ferramenta intermediária chamada de razonete, composta pelos lançamentos a crédito e a débito, de forma que possamos manter contas em aberto, como com fornecedores, sempre atualizadas.

Os razonetes são utilizados tanto para ativos quanto para passivos, sendo seus componentes o título, do lado esquerdo os lançamentos a crédito e do direito a débito.

Portanto, para montar o razonete devemos determinar o nome da conta, fazer os lançamentos a crédito na esquerda e a débito na direita.

User badge image

Claudio Rodrigues

Há mais de um mês

Nome da conta
Data do lançamento:
 dia, mês e ano de ocorrência do fato que alterou o valor do componente patrimonial;
Contrapartida: é a conta que completa o lançamento de outra conta que está sendo escriturada;
Histórico do lançamento: descrição do fato administrativo do evento registrável na escrituração;
Débito e Crédito: indicação do valor que será acrescido e/ou diminuído do saldo da conta;
Saldo: diferença entre o somatório do débito e somatório do crédito; e
D/C: indicação da natureza do saldo - D (devedor) e C (credor).

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas