A maior rede de estudos do Brasil

godoy (1995)

A natureza da pesquisa qualitativa exige um olhar aprofundado do contexto e do local em que é executada e, também, uma interação entre o pesquisador e o objeto. Godoy (1995) aponta três tipos de abordagens fundamentais no que tange às pesquisas qualitativas: o estudo de caso, a etnografia e a pesquisa documental. Além desses, soma-se, ainda, a pesquisa-ação. Considerando os tipos de abordagem relacione:


2 resposta(s) - Contém resposta de Especialista

User badge image

RD Resoluções Verified user icon

Há mais de um mês

As pesquisas científicas costumam ser classificadas em quantitativas e qualitativas.

A pesquisa qualitativa tem o objetivo de compreender fenômenos através da coleta de dados narrativos, analisando particularidades e experiências.

Por sua vez, a pesquisa quantitativa visa compreender os fenômenos por meio da coleta de dados numéricos que, após análise, indicaram preferências e comportamentos.

Em especial, a pesquisa qualitativa divide-se em:

  • Estudo de caso: método de pesquisa ampla acerca de um assunto específico, onde o conhecimento sobre ele é aprofundado a fim de tornar-se um subsídio para pesquisas futuras na área;
  • Etnografia: método de pesquisa caracterizado pelo contato direto entre o pesquisador e seu objetivo de estudo. Comumente empregado na área da Antropologia, quando o antropólogo se insere no meio de estudo (uma aldeia indígena, por exemplo) e lá realiza o trabalho. Em resumo, uma pesquisa etnográfica é um trabalho de campo;
  • - Pesquisa documental: método de pesquisa que procura levantar dados tanto nas ciências exatas quanto nas ciências humanas, ou seja, procura levantar informações sobre algum aspecto da realidade, dependendo de qual é o objeto de estudo e seu objetivo. A pesquisa documental é uma captação de dados e a análise destes dados que são retirados de documentos que ainda não foram analisados cientificamente. Tendo isto dito, vamos analisar as opções fornecidas e identificar qual delas oferece uma característica principal da pesquisa documental.
As pesquisas científicas costumam ser classificadas em quantitativas e qualitativas.

A pesquisa qualitativa tem o objetivo de compreender fenômenos através da coleta de dados narrativos, analisando particularidades e experiências.

Por sua vez, a pesquisa quantitativa visa compreender os fenômenos por meio da coleta de dados numéricos que, após análise, indicaram preferências e comportamentos.

Em especial, a pesquisa qualitativa divide-se em:

  • Estudo de caso: método de pesquisa ampla acerca de um assunto específico, onde o conhecimento sobre ele é aprofundado a fim de tornar-se um subsídio para pesquisas futuras na área;
  • Etnografia: método de pesquisa caracterizado pelo contato direto entre o pesquisador e seu objetivo de estudo. Comumente empregado na área da Antropologia, quando o antropólogo se insere no meio de estudo (uma aldeia indígena, por exemplo) e lá realiza o trabalho. Em resumo, uma pesquisa etnográfica é um trabalho de campo;
  • - Pesquisa documental: método de pesquisa que procura levantar dados tanto nas ciências exatas quanto nas ciências humanas, ou seja, procura levantar informações sobre algum aspecto da realidade, dependendo de qual é o objeto de estudo e seu objetivo. A pesquisa documental é uma captação de dados e a análise destes dados que são retirados de documentos que ainda não foram analisados cientificamente. Tendo isto dito, vamos analisar as opções fornecidas e identificar qual delas oferece uma característica principal da pesquisa documental.

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos especialistas