A maior rede de estudos do Brasil

A Síndrome do impacto

A Síndrome do impacto é a afecção mais comum do ombro e caracteriza-se pela impactação do tendão do supraespinal, bursa subacromial e/ou porção longa do bíceps na borda anterior do acrômio e ligamento coracoacromial. Os fatores etiológicos podem ser variados, como por exemplo, o tipo de acrômio. Baseado nisso, marque a alternativa correta:  

a. Um dos sinais característicos da síndrome do impacto é melhora da dor ao movimento e piora ao repouso  

b. Os músculos do manguito rotador - supraespinal, infraespinal, peitoral menor e redondo maior - trabalham para gerar estabilidade dinâmica para a articulação glenoumeral e evitar a impactação  

c. O acrômio tipo ii é o que tem maior chance de gerar a síndrome do impacto  

d. alteração do ritmo escapuloumeral é um fator etiológico 

e. A alteração artrocinemática não tem relação com a impactação destas estruturas, uma vez que é o fator etiológico relaciona-se aos comprometimentos de tecidos moles  


Traumato

UNIBRA


1 resposta(s)

Essa pergunta já foi respondida por um dos nossos estudantes